Consultor, Formador, Speaker e Fundador de vários projetos nacionais e internacionais. Google Certified Professional, com diversas certificações internacionais de SEO, Web Development e Marketing Digital, áreas em que é Consultor.

Melhorar a Sua Credibilidade e Notoriedade Online – Homogeneidade

Na sequência dos artigos já publicados da Série Melhorar a Sua Credibilidade e Notoriedade Online, que se ainda não leu, pode ler através destes links:

Como Melhorar a Sua Credibilidade e Aumentar a Sua Notoriedade Online

Melhorar a Sua Credibilidade e Notoriedade Online – 2 – Suporte e Testemunhos

publico agora mais um artigo, onde abordo um tema muito importante e em muitos casos não tão cuidado: A Sua Presença na Internet!


A presença em redes sociais e directórios de sites/empresas não é novidade que é uma boa opção de se “mostrar”, mas tão importante como lá estar é a forma como se está. Isto é, é importante estar presente em vários portais e redes, onde poderão estar os seus potenciais clientes, ou que ajudem a potenciar a sua presença junto destes, no entanto, é igualmente importante que, a sua informação ou da sua empresa, que está disponível na rede A, seja igual à da rede B e ao portal de sites ou empresas em que você está registado.

Por vezes, encontra-se informação de certas empresas que, nas páginas amarelas, têm uma informação diferente da informação que consta no site, ou diferente da informação que consta da sua página no Facebook.

Manter a consistência e homogeneidade, é fundamental para não passar uma imagem de desorganização, desleixo ou de incongruência na informação de contacto, de produtos ou serviços e/ou na informação da empresa.

Esta homogeneidade é particularmente importante, quando diz respeito a vários tipos de informação, como são

  • produtos ou serviços disponíveis
  • campanhas e respectivas condições e validades
  • informação sobre a empresa
  • conteúdos com tempos verbais e referências a datas passadas, que na altura seriam futuras
  • localização, contactos e pessoas responsáveis

O que é sempre aconselhável, é que mantenha o registo das suas diversas presenças online, de forma a ser-lhe mais fácil proceder a alguma actualização ou modificação de conteúdos, sem perder noção da sua presença e da qualidade de informação que é passada aos seus clientes e prospectos. Nem que seja através de uma folha de excel – planilha para os amigos brasileiros :), ou que use uma ferramenta que ajude a gerir todas as redes sociais, que não cobrindo todas as situações, sempre pode ajudar

Até porque, não deverá ser algo tão trabalhoso quanto isso, pois em princípio, não deverão haver assim tantas alterações ou actualizações que requeiram muito tempo de volta desse assunto, ou pelo menos com muita frequência, pelo menos no que respeita à informação da localização, contactos, etc.

No entanto, da mesma forma que ficamos mal impressionados, quando vemos um site desactualizado, os nossos visitantes ou prospectos, também o ficam quando a informação que apresentamos não é válida ou está desactualizada. Por isso, é sempre conveniente ter em atenção os sites ou portais onde se regista e manter um log dessa actividade, para que lhe seja mais fácil proceder a actualizações ou alterações quando seja caso disso.

Como disse atrás, não se preocupe se para isso utiliza um método mais “rudimentar” como uma folha de excel. O importante é que funcione!

Como Gerir Todas as Suas Redes Sociais Com Facilidade

É um fato que as redes sociais, além da vertente pessoal, se tornaram num pilar importante de web marketing e comunicação com clientes, prospetos e interessados nos mais variados temas.

Por este motivo, é fundamental que, numa estratégia de utilização das redes sociais para aumentar as visitas do seu site e o respectivo negócio, se invista algum tempo na animação da sua presença nestas redes, e isto pode ser, e é, muito consumidor de tempo e energia. Por isso, é importante aproveitar todos os recursos possíveis para otimizar o tempo que dispende na animação da sua presença nas redes sociais, como é o exemplo do Hootsuite.

O Hootsuite é uma ferramenta gratuita que lhe permite poupar imenso tempo na gestão da sua presença em várias redes sociais.

É, sem dúvida, extremamente útil, e permite inclusive, gerir mais que um perfil em várias redes sociais, visto esse ser o caso de muitas pessoas ou empresas, que optaram por ter perfis de utilizador diferentes para diferentes finalidades ou ramos de negócio.

Neste momento, o Hootsuite supporta as seguintes redes sociais:

  • Twitter
  • Facebook
  • Facebook Pages
  • LinkedIn
  • Foursquare
  • MySpace
  • WordPress.com
  • Ping.fm

Em termos de funcionalidades, o Hootsuite apresenta algumas bastante interessantes e úteis, como são estes exemplos:

  • integração de RSS feeds automaticamente (especialmente útil para quem tem um blog)
  • gestão de vários utilizadores na mesma conta
  • estatísticas detalhadas (com possilidade de exportação)
  • upload de ficheiros para as suas mensagens
  • alertas e notificações, entre outras

O Hootsuite disponibiliza um excelente e detalhado guia de utilização que eu achei muito útil e que poderá encontrá-lo aqui. Disponibiliza igualmente uma grande série de artigos e tutoriais sobre como utilizar a ferramenta, com a mais variada informação, que poderá encontrar aqui.

Já agora, convém dizer que, o Hootsuite não é a única ferramenta deste tipo, mas é talvez uma das mais conhecidas e utilizadas em todo o mundo, por isso decidi escolhe-la para este artigo.

E você, dispende de quando tempo por dia ou semana para as redes sociais?

Já usou ou usa alguma ferramenta deste tipo?

Melhorar a Sua Credibilidade e Notoriedade Online – 2 – Suporte e Testemunhos

No segundo artigo da série Melhorar a Sua Credibilidade e Notoriedade Online, vou abordar 2 dicas que considero muito interessantes e que me têm trazido bons resultados em vários projetos.

Estas duas dicas, estão intimamente relacionadas com a forma como você é “visto” pelos visitantes do seu site, bem como se é visível ou não o seu empenho em tornar a apresentação do seu site e dos seus serviços mais “transparente”.

Várias Formas de Suporte Aos Seus Clientes/Visitantes

Quando os seus clientes ou visitantes chegam ao seu site, se por algum motivo precisam de o contatar, ou porque têm dúvidas sobre algum serviço ou porque querem a sua opinião sobre algo, é importante dar-lhe várias opções de contato.

Seja um formulário, uma opção de chat, um telefone, ou outras, a melhor forma da pessoa se sentir confiante que está a lidar com alguém sério, honesto e credível, é disponibilizar-lhe várias formas que este pode utilizar para o contatar.

Além de oferecer várias formas de contato, seja ainda mais pro-ativo, e convide as pessoas a contatá-lo, dizendo-lhes que terá todo o gosto em receber a sua mensagem e ajudar no que lhe for possível.

Disponibilize Testemunhos Reais de Pessoas Reais

Apresentar testemunhos reais de clientes reiais, é uma excelente forma de mostrar aos utilizadores que estão indecisos, que você é capaz, através dos seus produtos ou serviços, de satisfazer as suas necessidades, e manter os seus clientes satisfeitos.

Será sempre uma base de comparação ou uma referência que as pessoas terão em conta no momento de escolher um fornecedor de um produto ou serviço.

Note que eu disse, testemunhos reais de pessoas reais. Não estou a insinuar que você é mentiroso, longe disso, mas por vezes há pessoas que tendem a procurar atalhos para conseguirem atingir os seus objectivos. Grande Erro!

Os testemunhos têm de ser reais e genuínos, para que você consiga manter uma boa reputação a médio/longo prazo, caso contrário, mais tarde ou mais cedo, cairá tudo por terra.

Espero que tenha gostado destas dicas e fique atento ao próximo artigo da série com mais dicas úteis para Melhorar a Sua Credibilidade e Notoriedade Online.

Deixe o seu comentário ou sugestão de dica!

Como Melhorar a Sua Credibilidade e Aumentar a Sua Notoriedade Online

Melhorar a sua credibilidade e aumentar a sua notoriedade online são factores de extrema importância, e, no entanto, são tantas vezes descuidados, quer por puro desleixo, quer por simples desconhecimento das implicações.

Com tantos e tantos sites, portais, blogs e empresas online, por vezes torna-se difícil para o utilizador comum, escolher a melhor opção para si, além de considerar o aspecto Preço como factor de decisão. Como já disse aqui no blog, o preço não é tudo. Em muitos casos, nem é o mais importante!

identidade-clara

Por isso, é cada vez mais relevante certificar-se que consegue criar e manter uma boa reputação online, juntos dos utilizadores em geral e dos seus clientes em particular.

A reputação online tem vindo a ganhar importância com a Web 2.0, em que os utilizadores dão mais credibilidade a recomendações de outros utilizadores – que na maior parte das vezes nem sequer conhecem – do que à publicidade tradicional ou a estudos “independentes”.

Por vários motivos, em que este é o que tem claramente mais peso, resolvi escrever uma pequena série de artigos com dicas para que consiga atingir o objectivo de melhorar (ainda mais) a sua credibilidade e, simultaneamente, aumentar a sua notoriedade online, o que consequentemente, lhe trará mais visitas, mais clientes e mais negócio.

Sem mais demora, aqui fica a primeira dica:

Identidade Clara e Sem Receios

Dê-se a conhecer e/ou à sua empresa, de forma clara e sem problemas.

Seja um particular ou uma empresa, as pessoas gostam de lidar com pessoas. Ninguém gosta de falar com máquinas ou de sentir que está a falar para as paredes, ou ainda, e mais importante, de não saber com quem está a falar.

Não tem que ter receios ou qualquer tipo de problema de se dar a conhecer online, e dar a cara pelo seu site ou pela sua empresa. Só o simples fato de ter uma página no seu site, em que descreve a empresa e quem são as pessoas por trás dela, ou em que descreve um pouco de si, atribui-lhe quase automaticamente mais credibilidade, face a outros que não o fazem. Logo aqui, está a ganhar pontos face a outros concorrentes.

É claro que é preciso dar continuidade a este trabalho, mas é sempre um excelente ponto de partida para melhorar a sua credibilidade.

Alguns dos próximos artigos da série “Como Melhorar a Sua Credibilidade e Aumentar a Sua Notoriedade Online“, terão várias dicas em cada artigo, para que não perca a vertente prática e seja mais fácil de “digerir”.

Entrentato, e apesar de eu já ter a série completa, se quiser partilhar algum conselho ou dica comigo e com os outros leitores, é muito bem-vindo, como é sempre!

O Melhor Software de Email Marketing – Web Based vs Local

O Email Marketing como o prática de marketing, consiste na utilização do email para realizar comunicações mais ou menos frequentes e de forma facilitada com uma lista de contactos, sejam eles clientes, prospectos ou assinantes, como é o caso do Web Marketing.

Para mim, o Email Marketing tem uma maior latitude, mas, no sentido mais restrito do termo, e no mais prático, é uma ferramenta muito importante e que potencia em muito as relações entre quem tem um site ou blog, e os seus utilizadores.

Os serviços existentes de Email Marketing estão divididos em 2 categorias:

– Software de Email Marketing Local

– Serviços de Email Marketing Web Based (ou online)

Os serviços de Email Marketing locais, são prestados através de um programa que é instalado – localmente – no seu computador, e fazendo uso de uma ligação a um servidor específico para o efeito, procede ao envio e gestão dos emails para os seus destinatários.

Os serviços de Email Marketing web based ou online, são, como o próprio nome diz, serviços que são prestados ao nível da internet e que você pode utilizar, subscrevendo os mesmos no site do fornecedor, onde é feita toda a gestão e configuração do envio das comunicações, sem que seja necessário fazer a instalação de qualquer programa.

Ambos os sistemas têm vantagens e desvantagens, e aqui deixo as minha análise com base nos sistemas que já usei e que uso ainda hoje, para que tenha uma ideia mais concreta das possibilidades e vantagens de cada tipo de serviço de Email Marketing.

Os vários aspectos analisados, estão qualificados com SIM/NÃO/Alguns para identificar se tem ou não essa opção, ou com a minha avaliação qualitativa das mesmas de 1 a 5 (sendo 5 a melhor).

Esta avaliação e qualificação é genérica para cada uma das categorias, pois há serviços e programas melhores que outros.

Web Based
Software Local
Opções Disponíveis
5
4
Facilidade de Utilização
4
5
Criação de Campanhas de Email Marketing
5
5
Agendamento de Envio de Emails
SIM
Alguns
Reportes e Estatísticas
5
4
Integração com Google Analytics
SIM
Alguns
Suporte e Apoio
4
4
Importação de Listas de Emails
Alguns
SIM
Múltiplas Listas de Emails
SIM
SIM
Fiabilidade
5
4
Templates de Emails/Newsletter Gratuitos
SIM
Alguns
Importar Newsletters em HTML
SIM
Alguns
Personalização dos Emails
SIM
SIM
Configuração de Mensagens em HTML e Texto
SIM
Alguns
Gestão de emails devolvidos
SIM
SIM
Gestão de exclusão de emails
SIM
SIM
Criação de Formulários de Captura de Emails
5
4
Criação de Mensagens Automáticas de Resposta
SIM
NÃO
Preço
4
4

É claro que as avaliações podem variar – e variam – consoante as opções escolhidas, mas de qualquer forma, antes de analisar as opções mais a fundo, é fundamental ter uma ideia das possibilidades de vantagens e cada serviço.

Espero que esta análise tenha contribuído para ajudar a clarificar um pouco mais as diferenças entre cada um, de forma a que esteja melhor preparado para tomar uma decisão.

Brevemente, irei analisar com pormenor várias opções em concreto, para que fique ainda melhor informado sobre este tema.

Qual é o serviço de Email Marketing que utiliza? Ou que pensa vir a utilizar?

Como Personalizar o Endereço da Sua Página no Facebook

Actualmente, estar presente no Facebook, com uma estratégia clara e bem definida, e não apenas porque toda a gente diz que é importante estar no Facebook, é um aspecto muito importante para conseguir atingir os objectivos da sua presença nesta rede social.

A divulgação da sua página no Facebook deve sempre ser feita em 2 vertentes mais ou menos óbvias: dentro e fora do Facebook. Porquê?

Porque, mesmo que você implemente acções ou campanhas dentro do Facebook para angariar fãs, muitas das pessoas que se juntarão à sua página irão encontrá-la através da divulgação que você fará dela também fora do Facebook.

À semelhança do que acontece com as regras básicas para escolher bons domínios, como mencionado neste artigo que aborda 10 erros que não se devem cometer quando se lança um site, se for possível que a sua página tenha um endereço fácil de memorizar e relacionado com o conteúdo da mesma, tanto mais será o potencial de ser facilmente lembrada e acedida pelos utilizadores que a procuram.

O endereço da sua página do Facebook, normalmente é longo e cheio de caractéres “estranhos”, tipo este:

http://pt-pt.facebook.com/people/nome-apelido/100000312163994

Ora, um endereço destes, não só é difícil de memorizar, como não tem qualquer relação com o seu conteúdo. Tanto pode ser uma página de uma pessoa qualquer, como uma página de uma fábrica de sapatos de borracha.

Agora, imagine que, o endereço da sua página do Facebook, seria algo assim:

http://pt-pt.facebook.com/webmarketingpt

Muito mais fácil e lógico, certo?
Além de que, é imediatamente perceptível o que está nesta página antes de aceder a ela.

O Facebook disponibiliza-lhe essa mesma opção, ou seja, a de personalizar o endereço da sua página do Facebook.

Para isso, deve aceder a esta página: http://www.facebook.com/username/ (necessita fazer o login para aceder ao conteúdo da página), e inserir o que quer que conste na parte do endereço que é personalizável. No caso daqui do blog, a parte do url que é personalizável está assinalada a bold:
http://pt-pt.facebook.com/webmarketingpt

Poderá obter mais informação sobre as regras das páginas do Facebook, nesta página.

Desta forma, não será apenas mais fácil para si divulgar o endereço da sua página, como aos utilizadores darem com ela.

Espero que tenha gostado desta dica e que o ajude a personalizar a sua página do Facebook.

Se quiser ver um exemplo, veja a página do Web Marketing, clicando neste link.

Conheça o Incrível Poder do Vídeo

O vídeo é, segundo os utilizadores, a melhor forma de consumir conteúdos na internet, não fosse esta também uma das formas mais eficazes de comunicar e de fazer passar mensagens por este meio.

Como prova desta evolução, estão os sites de partilha de vídeo, entre os quais, o YouTube, que é o mais conhecido e o que melhor representa este movimento que tem apresentado resultados impressionantes, como é o caso de haver dias em que o próprio YouTube tem mais tráfego que o Google.

Não entanto, existem muitos outros sites de partilha de vídeo além do YouTube. Todos eles em conjunto têm uma presença ainda mais significativa, e coom maior cobertura a nível mundial.

Infelizmente para todos nós utilizadores, o vídeo em português ainda é muito pouco utilizado para fins que não humor, desporto ou música.

Digo infelizmente, porque acredito que uma melhor e mais vasta utilização do vídeo seria enriquecedor para todos, pois disponibilizaria uma quantidade consideravelmente maior de conteúdos informativos, e com os quais, todos ficaríamos a ganhar.

No entanto, por falta de crença, por vergonha, ou por se pensar que é dispendioso e que só está ao alcance de alguns, ainda vivemos numa realidade carente de conteúdos em vídeo, que não os mencionados atrás.

O Vídeo Não Funciona Só Com o Humor

Existe ainda a percepção de que o vídeo só tem impacto e resultados se for um vídeo cómico, o que é completamente falso!

O vídeo é de facto muito poderoso, e tem um potencial enorme que o torna uma ferramenta capaz de ser utilizada em qualquer mercado e sobre qualquer assunto.

No mercado internacional, o reconhecimento do vídeo como ferramenta eficaz de marketing, é um facto indiscutível. No mercado de língua portuguesa, existe ainda muita resistência à utilização do vídeo, o que para mim não faz qualquer sentido, mas é ainda uma realidade.

Porque é Que o Vídeo é Mais Poderoso

O que atribui ao vídeo maior eficácia quando comparando com outros métodos, é o facto deste fazer uso de uma quantidade superior de sentidos. Isto é, no seguimento de estudos que foram feitos sobre a utilização e consumo de vídeo, é um facto que, quantos mais sentidos forem utilizados por uma pessoa para consumir um determinado conteúdo, melhor será o desepnho do seu cérebro em termos de capacidade de apreensão e “digestão” da informação que está a ser consumida.

Se, estivermos a ler, estamos a utilizar primordialmente a visão; se estivermos a ouvir um podcast ou algo em formato audio, estamos a utilizar a audição, etc. No caso do vídeo, estamos a utilizar a visão e a audição em conjunto, o que aumenta exponencialmente a capacidade de recolha e tratamento de informação.

Ler vs. Ver

Como preferência de consumo de conteúdos também leva a melhor sobre texto ou audio.

Basta pensarmos que, se nos dessem a escolher entre, ler o último livro do Harry Potter e ver o filme sobre a mesma aventura, a grande maioria (para não arriscar dizer “todos”), escolheríamos ver o filme.

Consumos Rápidos

Um outro facto que trabalha a favor do vídeo, é o nosso ritmo de vida. Nos dias de hoje, vivemos constantemente com pressa. Ou estamos com pressa de ir ou com pressa de voltar, mas andamos sempre “a 200 K/h”, e isso faz com que tenhamos pouco tempo disponível. O vídeo também facilita o consumo de conteúdos de forma mais rápida.

Fazer Vídeos NÃO é Caro

Um dos mitos qua ainda existe, é que é preciso gastar muito dinheiro para fazer vídeos.

Quem pensa assim, não está actualizado. De facto, hoje é muito acessível obter software ou harware para fazer vídeos. Um dos exemplos, é um programa que lancei há pouco tempo, o ScreenShowPT. O ScreenShowPT, à data em que estou a escrever este artigo custa apenas 9,90€ (o preço normal é 27€) e permite-lhe fazer vídeos baseados na captura de tela ou em vídeos capturados com uma máquina de filmar, e editá-los para a web.

Não tem de ser este programa, pode escolher outro qualquer. Esta é apenas uma opção para lhe mostrar como fazer vídeos para a internet não é dispendioso.

Conclusão

Se ainda tem dúvidas sobre o potencial do vídeo, este é o momento para se desfazer delas e para começar a pensar em como vai integrar o vídeo na sua estratégia de marketing.

Espero que este artigo tenha contribuído para começar a olhar para o vídeo de outra forma, e que lhe reconheça o valor e o potencial que ele tem.

Num próximo artigo, irei explicar como é possível fazer vídeos simples e eficazes, sem precisar ser uma estrela de cinema ou da televisão, algo que eu também não sou! 🙂

E você, porque é que ainda não utiliza o vídeo?

Deixe o seu comentário e talvez eu possa ajudá-lo a ultrapassar qualquer que seja a dificuldade que enfrenta!

Canal do WebMarketingPT no YouTube – “I’ll Be Back!”

O Web Marketing PT tem um canal no YouTube desde Junho de 2009, onde são publicados todos os vídeos que tenho feito, recheados de dicas, tutoriais e outros conteúdos de interesse.

Já passou um ano desde a sua “abertura”, em que personalizei a aparência do canal para ganhar mais destaque que o visual “normal” e quero partilhar aqui no blog, esta experiência, bem como convidar todos os leitores e assinantes a subscreverem o canal do Web Marketing PT no YouTube.

canal webmarketingpt youtube

Não sou, nunca fui nem nunca serei estrela da televisão ou da rádio, mas também nunca me importei nada com isso.

Sempre pensei que seria sempre mais importante passar os conteúdos e o conhecimento para quem estivesse interessado em aprender, do que ser muito eloquente ou profissional na realização e edição dos vídeos.

Diga-se de passagem, que para fazer um vídeo de 5 minutos, entre preparação e organização do conteúdo, fazer o vídeo, editar o vídeo, publicá-lo, etc, muito raramente me toma menos de 1 hora/ 2 horas.

Mas isso é porque, eu também sou um pouco exigente, e se as coisas não me saiem minimamente em condições, prefiro gravar o vídeo outra vez.

O Vídeo Marketing é, sem qualquer dúvida, uma das melhores formas de comunicação e de web marketing que eu tenho visto e implementado, além de funcionar muito bem para captar audiências e aumentar as visitas do blog, bem como de outros projectos meus, ou de qualquer outro projecto.

Por este motivo, será também um dos temas que irei abordar em maior detalhe aqui no blog, em que passarei dicas práticas sobre como fazer vídeos, como divulgá-los, e como utilizá-los para aumentar as visitas do seu site.

canal do webmarketingpt no youtube - homepage

Entretanto, fico muito satisfeito se aceitar o meu convite e se juntar a mim, subscrevendo o canal do Web Marketing PT no YouTube.

Tal como já disse imensas vezes, é importante termos feedback do trabalho que fazemos, seja em que área for, por isso gostaria muito que me deixasse o seu feedback nos videos no Youtube.

Veja os vídeos, vote, comente e subscreva o canal que eu estarei por lá a acompanhar e a responder aos comentários, tal como faço aqui no blog, além de que podemos sempre partilhar outros vídeos de interesse entre nós.

Para os mais distraídos, deixo o aqui link mais uma vez 🙂 : Web Marketing PT no YouTube!

E como este artigo merece uma despedida cinéfila:

“I’ll be back” 🙂

Email Marketing Bate Social Media Aos Pontos

Em 2010, embora haja um crescimento muito grande das redes sociais, o Email Marketing, continua a ser a melhor ferramenta de marketing para dar a conhecer os seus sites, produtos e serviços, ou os de terceiros através de programas de afiliados.

Enquanto que o Facebook afirma que o email vai desaparecer, o facto é que, é mesmo o email que tem melhores resultados em termos de gerar negócio.

estudo email marketing

Um estudo realizado pela eConsultancy, revela que o email continua a ser o meio de comunicação preferido pelos consumidores, e que o email marketing continua a ser a técnica que melhor resultados apresenta.

Sem dúvida que as redes sociais são importantes para qualquer site ou negócio online, mas abdicar do email marketing para apostar apenas nas redes sociais é, a meu ver, um erro crasso!

Na minha opinião, são métodos que se complementam e que devem ser implementados em conjunto para que possa ter melhores resultados, tanto em termos de visitas no seu site, como em termos de negócio.

Outra questão que revelou resultados curiosos, foi quando se questionou os utilizadores, para saber quantas empresas lhe enviam emails com real valor.

Curiosamente, apenas metade destes emails são considerados de valor pelos utilizadores, o que representa ainda assim, uma oportunidade excelente para quem está realmente disposto em oferecer conteúdos de valor aos seus assinantes, e não apenas promoções dos seus produtos ou serviços ou promoções de outros produtos em troca de comissões.

Como é sabido, os utilizadores são cada vez mais exigentes – eu próprio testemunhei isso no questionário que fiz recentemente aos assinantes do blog – e, se você se empenhar apenas em “impingir” a venda de produtos ou serviços, dificilmente será visto com bons olhos, mesmo que gere algumas vendas.

O pior erro que pode cometer, é mesmo este! Não criar uma relação com os seus assinantes ou prospectos, de forma a ganhar a sua confiança e a ser visto como um parceiro, e não como um vendedor.

Pessoalmente, já utilizo os serviços de email marketing da Aweber há mais de um ano e estou muito satisfeito com o seu serviço, pelo que me sinto confortável para o recomendar. Mas seja este ou outro qualquer que você decida adoptar, é importante é que tenha consciência do seu potencial e da sua importância.

O meu conselho, é o seguinte:

Se ainda não utiliza o email marketing no seu site e no seu negócio, comece já! Não perca mais tempo a pensar que não funciona e que não apresenta resultados.

Pode visitar aqui o site da Aweber.

Design VS Usabilidade – Video Case Study

Um dos maiores conflitos de sempre na criação e manutenção de sites e blogues, é entre o design e a usabilidade!

Situações em que se gosta muito de um design, mas que ele não é a melhor opção por vários motivos, tendem a ser muito prejudiciais quando se opta pelo lado do design. Neste vídeo, eu mostro-lhe um caso prático, de como pode ser prejudicial não ter atenção ao que é mais importante!

Quando o Web Marketing celebrou o seu primeiro aniversário, uma das alterações que eu fiz, foi alterar o design do blog para outro template, com um visual (na minha opinião) mais moderno e mais atraente.

De qualquer forma, os mais atentos, certamente já perceberam que voltei a mudar o design do blog para o template que tinha anteriormente, com algumas alterações e melhoramentos. Eu sei que alguns de vocês gostam mais do design anterior, que é quase igual ao actual, mas gostos são gostos e não se discutem, certo? 🙂

De qualquer forma, o mais importante, será o design? Se é bonito ou feio?

Veja este vídeo, onde lhe mostro, como você se pode prejudicar se não der importância ao mais importante!

Depois de ver este vídeo e os resultados que partilhei consigo, provavelmente considerará realizar algumas mudanças no layout do seu site. É certamente uma atitude inteligente, pois muitas vezes pequenas mudanças podem fazer uma grande diferença, como foi o caso da existência ou não de um menu com as categorias no topo do blog, por exemplo.

O facto é que, por vezes estamos tão “viciados” a um determinado visual, que nos esquecemos que se podem fazer muitas alterações que podem melhorar bastante o desempenho do nosso site.

Por isso é igualmente importante, utilizar uma ferramenta de Web Analytics, como o Google Analytics, para conseguir perceber o impacto das mudanças que faz e como pode melhorar o desempenho e resultados do seu site.

Já experimentou melhorar os resultados do seu site fazendo alterações ao layout/design?

O Seu Site é Mobile? Saiba o Que Perde!

Ter um site mobile ou não, pode começar a fazer muita diferença, não fosse o número de utilizadores de internet móvel estar a aumentar consideravelmente de dia para dia.

Tal como já tinha avançado aqui no Web Marketing PT, uma das tendências para 2010, é o mobile!

web marketingpt mobile

Com mobile, refiro-me claro, à internet móvel, ou melhor ainda, à utilização da internet em dispositivos móveis, dos quais o melhor e mais utilizado exemplo é o telemóvel (ou “celular” como dizem os amigos brasileiros 🙂 ).

A questão, é que até mesmo em Portugal, já se têm feito estudos e os resultados até a mim me surpreenderam, não só no número de utilizadores que já aderira à internet móvel, mas em vários outros aspectos, como é o caso das horas do dia em que existe maior utilização, que nem sequer é durante o dia (como eu pensava) mas sim à noite.

Não é novidade que o mundo está em constante mutação, todos sabemos disso, mas é exactamente por esse motivo, que eu acho que aderir a esta nova tendência deve ser uma prioridade também para si.

Um outro estudo realizado nos Estados Unidos, revela que o telemóvel serve cada vez menos para se falar ao telefone (quem diria…) e que embora o número de telemóveis em circulação tenha aumentado consideravelmente, o número de minutos utilizados em conversa estagnou.

Este estudo aponta as maiores utilizações do telemóvel, como sendo o acesso à internet, ao email, jogar, utilizar aplicações, mandar sms’s. (Fonte: New York Times)

Se olharmos para os resultados de outros estudos recentes, como é o caso de um estudo efectuado pela Pew Internet & American Life Project, chamado “O Futuro da Internet III”, uma das conclusões desse estudo é que os telemóveis vão ser o principal meio de acesso à Internet em 2020.

Ok não é já para o ano que vem, mas a mudança também é gradual.

Pense nisto como a fase inicial da Internet, onde haviam muitas empresas que achavam desnecessário ter um site na internet, e agora, uma empresa que não tenho um site, por simples que seja, é “coxa” em termos de imagem e de canais de negócio.

O próprio Web Marketing PT, já tem uma versão mobile!

Esta é uma excelente notícia para os utilizadores do wordpress, porque já existem vários plugins que tornam tudo muito mais fácil.

O que eu uso aqui no blog, é o WP-PDA, mas existem imensos, para todos os gostos.

E o seu site, já é mobile?

Google vs Facebook… Quem Ganhará?

Está oficiosamente instalada a guerra entre a Google e o Facebook!

Recentemente, um fuga de informação aponta no sentido da Google estar a prepara a sua própria rede social para competir com o Facebook, a Google Me.

google vs facebook

Foto original: Flikr

A Google reconhece assim que tem perdido terreno no campo das redes sociais e que o Facebook é o seu maior concorrente, não fosse este ter muito recentemente atingido a distintiva marca dos 500 Milhões de utilizadores em todo o mundo.

Esta notícia veio a lume através de uns comentários do CEO do Digg e de um ex-responsável do Facebook que afirmam que as suas fontes são fidedignas.

Oficialmente, a Google não confirma, mas também não desmente.

“That would be a product announcement and I won’t say,”

disse o Chief Executive da Google Eric Schmidt.

Eu acredito que seja verdade, pois como sabemos, as redes sociais são uma das áreas em maior expansão na Internet.

Por outro lado, o Facebook, está a aproveitar o seu botão “Gosto” (“Like” em inglês), para testar e organizar os resultados das pesquisa efectuadas no próprio Facebook.

Poderá o Facebook, considerar a opção de criar um motor de busca no futuro?

Seja como for, é um facto que a Google perdeu terreno no campo da publicidade para o Facebook e no campo das redes sociais para os players já existentes.

Inclusivamente, a Google já está a tomar medidas no sentido de associar as contas do YouTube às contas Google, o que poderá ser um indício da recolha e integração de informação para potenciar a sua própria rede social Google Me.

Normalmente, com a concorrência quem fica a ganhar são os utilizadores, por isso, estão criadas as condições para uma guerra interessante de seguir.

E por falar em seguir, já conhece a página do Web Marketing PT no Facebook?

A página é algo recente, por isso junte-se a mim no Facebook e marque a sua preferência com um “Gosto”!

Encontramo-nos lá! 🙂


O Que é Um Video Sitemap e Porque é Que Você Deve Ter Um

Muito provavelmente o seu site também tem vídeos inseridos nas suas páginas. Se assim é, um video sitemap pode ajudá-lo a melhorar a performance do seu vídeo/site junto do Google e dos restantes motores de busca.

Actualmente, são poucos os sites ou blogues que não têm vídeos embebidos nos seus conteúdos e nas suas páginas, não fosse o vídeo uma ferramenta de comunicação indispensável nois dias de hoje.

O Que é Um Video Sitemap?

Um Video Sitemap é um ficheiro em formato de texto que inclui informação sobre os vídeos que tem embebidos ou inseridos no seu site, e é especialmente útil porque ajuda os motores de busca a lerem melhor este tipo de conteúdos, nomeadamente o Google, mas não só.

Porque é Que Você Deve Ter Um Vídeo Sitemap?

Este novo tipo de sitemap, é um complemento ao sitemap “tradicional”, que normalmente apenas incluí páginas e urls.

Além disso, o Video Sitemap irá também contribuir para uma presença e um melhor posicionamento das suas páginas nos rankings do Google, tanto nas pesquisas de vídeos (video search) como nas pesquisas universais (ou genéricas).

Veja este vídeo sobre Video Sitemaps gravado por um responsável da Google ou visite esta página no site do Google para saber mais sobre video sitemaps.

Se você tem um site ou blog em WordPress, então tem a tarefa facilitada, uma vez que, se utilizar o plugin XML Sitemap, este já suporta vídeos do YouTube (mas apenas estes).

Também estará ainda mais facilitada, porque existe um outro plugin específico para criar video sitemaps, que é o Video Sitemap Plugin, que cria o seu video sitemap, apenas com alguns cliques, e sem precisar “meter as mãos na massa”.

Se o seu site não é baseado em WordPress, também não há problema, pois eu encontrei uma solução simples e gratuita para si.

Vá até ao Video Sitemap Pro e pode fazer o download de um programa gratuito que faz o efeito necessário.

Depois de criar o seu vídeo sitemap, basta ir até ao Google Webmaster Tools, ao Bing Webmaster Center e ao Yahoo Site Explorer e submeter o seu novo sitemap a cada um dos motores de busca.

Se utiliza vídeo no seu site ou blog, então criar o seu vídeo sitemap deve ser uma prioridade, dadas as vantagens em termos de SEO e posicionamento nos rankings das pesquisas nos motores de busca.

Já conhecia o video sitemap e a sua importância?

Backlinks: Como Conseguir Mais Links Para o Seu Site

Como conseguir backlinks ou links que apontam para o seu site, é uma questão importante para o ajudar a obter bons rankings nos motores de busca.

A este processo chama-se Link Building, e é um dos processos fundamentais para implementar a optimização do seu site ou blog, de forma a conseguir mais visitas.

No entanto, quando se fala em conseguir backlinks, estes podem ser criados por si, ou criados por outras pessoas, e é sobre esta segunda hipótese, que vou falar neste artigo.

Existem muitas formas de conseguir backlinks para o seu site. Algumas delas mais eficazes que outras, mas no entanto, (quase) todas elas são válidas e contribuem de alguma forma para melhorar o seu posicionamento nas páginas dos resultados das pesquisas nos motores de busca, ou SERP’s (Search Engine Result Pages).

Como já disse aqui no Web Marketing, é muito importante que o seu site esteja presente na primeira página do Google, e dos outros motores de busca, quando alguém realiza uma pesquisa utilizando um termo ou expressão relacionada com o seu site, caso contrário, dificilmente conseguirá aumentar as visitas sem ter de pagar por isso.

Assim, e porque para conseguir bons rankings nos motores de busca, é fundamental que o seu site tenha backlinks, torna-se necessário implementar uma estratégia de Link Building.

Embora já tenha falado sobre como implementar uma estratégia de Link Building, como considero este assunto importante em termos de SEO, deixo aqui mais algumas dicas práticas para conseguir mais backlinks, desta vez de forma natural, isto é, sem que seja você a criá-los activamente.

Os métodos que abordo neste artigo, são algo diferentes, pois são métodos que assentam na criação de algo que seja apelativo para os interessados no tema em questão, de tal forma, que sejam eles mesmos a criar os links para o seu site de forma natural, a título de recomendação para os seus visitantes, leitores e/ou amigos:

1. Publicar um Recurso

A publicação de um recurso de importância reconhecida para os interessados na sua área, é sem dúvida, uma excelente forma de conseguir que outros o referenciem noutros sites, blogs, fóruns ou redes sociais.

Naturalmente, é fundamental que seja um recurso que sirva para corresponder a uma necessidade existente, caso contrário, não terá o impacto esperado.

Imagine um site sobre plantas (não sei porquê, mas foi o que me veio à cabeça). Se este site disponibilizar um guia com todas as plantas de interiores, ou com todas as plantas carnívoras, ou todas as plantas existentes numa certa região ou país, muito provavelmente será algo interessante e diferente, o que fará como que, os seus leitores, divulguem espontaneamente o link para este recurso em outros sites.

2. Oferecer Software

Oferecer um software ou licenças para um determinado software relacionado com os interesses dos utilizadores do seu site é outra excelente forma de conseguir a criação espontânea de backlinks para o seu site.

3. Sorteios ou Passatempos

Sem dúvida uma iniciativa que, normalmente gera muito interesse à volta de um site é a realização de sorteios ou de passatempos. No entanto, para que tenha bons resultados, tenha sempre em consideração o que é que os seus utilizadores gostam ou estão interessados. Se sortear algo que não seja do seu interesse, certamente não terá muita aderência.

4. Tutoriais e Manuais

Publicar artigos informativos sobre como fazer algo é sempre uma referência para as pessoas que procuram esse tipo de conteúdos. E se for um tutorial ou manual bem detalhado e executado, será concerteza, alvo de mais buzz e referência em outros sites, fóruns ou blogs do mesmo nicho.

5. Criar Comunidades

Todas as pessoas gostam de pertencer a algo. Faz parte da natureza humana, pois o Homem é um ser comunitário, e como tal, gosta de pertencer e participar em comunidades.

Através de algumas redes sociais como o Facebook, e de alguns sites de comunidades como o Ning, é possível você criar uma comunidade e permitir aos seus leitores, assinantes, visitantes, ou clientes, juntarem-se a essa comunidade e partilharem conteúdos, informações, etc. Para o caso específico de criar uma comunidade, até é mais indicado o Ning.

6. Conteúdos de Qualidade

Last, but not least; e embora não seja propriamente uma novidade, pelo menos para os leitores do blog, pois eu já fiz essa referência varias vezes, a criação de conteúdos com qualidade, é muitas vezes alvo de criação de backlinks de forma espontânea, pois todos gostamos (ou quase todos) de dar mais e melhor aos nossos leitores ou a quem procura saber informação sobe algo em particular.

Conclusão

Esta é, a meu ver, uma abordagem um pouco diferente, pois normalmente, é mais comum, o tema centrar-se em ser o próprio webmaster a criar os seus próprios backlinks.

Utilizando estas dicas, aumenta consideravelmente a probabilidade de haver uma criação espontânea de backlinks para o seu site sem que você tenha qualquer intervenção, o que é sempre de valor.

Haverá, naturalmente outras formas de o fazer, e se quiser acrescentar algo a este artigo, pode fazê-lo.

Espero que tenha gostado e que use estas dicas, para contribuir para aumentar o número de backlinks para o seu site.

Curso de SEO e de Web Marketing Terminado… Finalmente!

Depois de meses de muito estudo, consegui finalmente concluir mais um curso, desta vez o de Professional Internet Marketer.

É um curso bem mais vasto que o que eu pensava e deu-me ainda mais conhecimento sobre temas tão importantes como SEO, Social Media, Web Marketing, Web Analytics, entre outros.

Estou muito satisfeito com mais este marco no meu curriculum, e apesar de haver muitas matérias em que eu já tinha conhecimentos, nós nunca sabemos tudo e há sempre alguma coisa a aprender.

Deixo aqui o link para o meu certificado do curso, que terminei com 97 em 100 e que é ministrado pela Web CEO, para os mais interessados poderem consultar.

Os conteúdos do curso estão divididos por 100 aulas, e em várias temáticas:

  • Internet niche research, advanced keyword competitiveness analysis and keyword strategy;
  • On-page and off-page search engine optimization for enhanced Web visibility;
  • Advanced and site-specific optimization techniques;
  • Website structural optimization;
  • Rank monitoring and ranking trends analysis;
  • Setting up link partnerships, improving link popularity and external site theme;
  • Site quality assessment and site quality management;
  • Applying effective social media tactics;
  • Social media optimization;
  • Advertizing in social media;
  • Tracking your performance in social media;
  • Web analytics, visitors’ behavior analysis;
  • Website conversion and ROI analysis and improvement;
  • Advanced PPC strategies;
  • Advanced Bid management;
  • Setting up, running and analyzing e-mail marketing campaigns;
  • Setting up affiliate programs and optimizing their performance.

Com isto, além de me ajudar a melhorar o meu posicionamento nas minhas áreas de eleição: SEO, aumento de visitas e Web Marketing, também será do benefício dos assinantes do Web Marketing, pois passarei mais conhecimento para vocês.

Espero que partilhem da minha satisfação, pois, como uma vida tão ocupada, é cada vez mais difícil conseguir arranjar tempo para tudo.