Sabe Como o Seu Site Está Posicionado no Google?

Um dos aspectos fundamentais para perceber como melhorar os resultados do seu site ou blog, é, antes de tudo, perceber como é que ele está posicionado nos motores de busca. No caso particular, no Google.

Antes de se lançar de cabeça a investir em publicidade paga, ou a implementar estratégias de link building, ou até a implementar técnicas para melhorar a performance do seu site, deve, primeiro, descobrir e analisar como o seu site está posicionado nos resultados das pesquisas no Google.
Isto, por que vai ser importante mais tarde perceber o que é que deu melhores resultados, e qual foi a melhoria verificada.

resultadospesquisas

Para isso deve fazer uma análise cuidada, em vários passos:

1 – Quais são as minhas keywords de eleição?

É fundamental que tenha muito bem definido, para que termos ou keywords você deseja que o site esteja optimizado. A optimização só por si não existe, é sempre dirigida a um ou vários termos ou keywords.
Seja preciso na sua definição e evite escolher muitas keywords diferentes.

Quantas menos forem, menos difícil será realizar a optimização do site para essas keywords. O ideal será 1, mas até 3 keywords é razoável. No entanto, se puder dessas 3, eleger uma keyword que para si é mais importante, aconselho a manter-se com essa. Publiquei recentemente um artigo sobre como escolher as melhores keywords.

2 – Onde está o meu site?

Perceber onde “anda” posicionado o seu site é fundamental.

Pode utilizar software específico, que é o meu caso que como sou um bocado comodista, tenho uma ferramenta – WEB CEO – que desempenha várias tarefas e me dá vários tipos de informação sem ter de andar de janela em janela. Ou, caso não tenha nenhum programa pode utilizar ferramentas que se encontram online, algumas delas gratuitas, como são este dois exemplos:

– http://www.searchenginegenie.com/google-rank-checker.html

– http://exactfactor.com/

3 – Os meus resultados são o que eu estava à espera?

Agora que está na posse dos resultados, pode aferir se existe algum desvio na performance do seu site ou não. Com isto, quero dizer que, poderá estar a ser encontrado com mais facilidade para keywords que não são aquelas que você pretende, e, em simultâneo, estar menos bem posicionado para a sua keyword de eleição.

4 – O que tenho de corrigir?

Uma vez que já percebeu, não só como o seu site está posicionado, mas também se a optimização está bem “direccionada” ou implementada, está na altura de verificar o que tem de corrigir. Este passo poderá passar por algumas alterações ao nível do código (Títulos das páginas, etc – veja esta série de artigos sobre como optimizar o seu site “on-page”) e por alguns ajustes ao nível dos conteúdos.

No que respeita aos conteúdos, reveja com atenção os títulos dos seus artigos, o conteúdo das suas páginas estáticas, e o que tem maior destaque no seu site ou blog segundo os motores de busca.

5 – E agora, como corrijo os problemas?

Para resolver os eventuais problemas com que se possa estar a deparar, alguns dos quais poderia até nem ter conhecimento que eles existiam, pode utilizar o Google Analytics ou outra ferramenta equivalente, para perceber que keywords estão a levar tráfego para o seu site.

Aí, poderá também perceber quais são as keywords que lhe levam o tráfego que você não quer, pois vão atrás de conteúdos que não são aqueles que você pretende destacar, o que pode ter uma Bounce Rate ou Taxa de Rejeição elevada.
Na posse dessa informação, poderá realizar as modificações mencionadas no ponto anterior, de acordo com os termos que elegeu como principais.
Tenha atenção neste passo, de forma a não prejudicar a usabilidade do site ou blog, pois isso poderá sair-lhe caro.

6 – Além disso, o que posso fazer para melhorar os resultados?

Bom, para não estar a repetir conteúdos, remeto-o para os vários artigos publicados aqui no blog e que falam exactamente sobre isso: Optimização para o Google, Aumento de Visitas, etc.

Com o que está aqui publicado, você já consegue implementar uma estratégia de optimização com pés e cabeça, portanto, mãos à obra, e toca a mandar esses sites e blogs para a primeira página do Google!

Você alguma vez fez estas verificações? Quais foram os seus resultados?

  • DOMINGOS MARIA

    Parabens!

    Continuem

  • Olá Domingos,

    Bem-vindo ao WMPT.

    Obrigado pelo voto!
    É sempre importante recebermos feedback sobre o nosso trabalho.

    Abraço,
    JR

  • Pingback: Rankings do Google Para 2010 – Novo Factor | Web Marketing PT()

  • Olá Paulo!
    Acha mesmo que no máximo 3 palavras-chave? Mas você diz isso para cada página ou para o site inteiro? Por que no meu caso seria impossível otimizar o blog para apenas 3 palavras, e além do mais eu acho complicado escolher as palavras a serem otimizadas… Assim como acho difícil encontrar nichos… Acho que é um problema sério esse meu, mas com o tempo vou aprendendo… Dos sites que você indicou só o segundo funcionou comigo, mas achei bem legal.
    Obrigada pelas dicas!
    Um abraço!

  • Não tem de agradecer Sandra, estou aqui para ajudar no que puder.
    Quando me refiro às 3 keywords, estou a referir-me por página, incluíndo a homepage.
    Pegando num exemplo que já dei, se tiver um blog sobre desportos nauticos ou aquáticos, então provalelmente interessa-me ter o blog optimizado para várias keywords (ex: desportos nauticos, desportos aquaticos), e outras páginas/artigos, optimizados para keywords específicas (ex: surf, campeonatos de surf, surf para iniciados, etc).

    Quando falo em 3 keywords, quero dizer que não devemos querer optimizar todas as páginas para todas as keywords possíveis para termos relacionados com os desportos aquaticos.

    Abraço,
    JR

  • Ah bom!
    Realmente otimizar um site inteiro só com 3 palavras-chave é difícil!
    Mas usar sinônimos como disse é uma boa idéia.
    Obrigada pela resposta!
    Um abraço!

  • Não tem de agradecer Sandra.
    Até porque por vezes eu posso pensar que estou a explicar bem alguma coisa e, na realidade não estou, portanto as questões são sempre importantes!

    Abraço,
    JR

  • Oi, João,

    Excelente o seu artigo. Logo que possa vou experimentar os sites que indicou. Depois direi se gostei.

    Abraço

  • @ José,

    Obrigado José.
    Estas são apenas umas sugestõe, pois existem muitas ferramentas.
    Não esqueça; o mais importante de tudo é percebermos o que se passa com o nosso site, para estarmos enquadrados com a realidade externa ao site.

    Abraço,
    JR

  • Está entendido João. De qualquer forma são sites muito úteis para eu arrancar. Mas primeiro vou fazer como o João diz: Entender o que se passa com o meu site.

    Um abraço.

  • E não é uma tarefa fácil!
    Eu não sei o que se passa com meu site, como faço para saber?!
    :-)

  • José,
    Se vai mudar e deixar o blogspot então até sugiro que não perca tempo com isso, pois só valia a apena se fosse continuar com o mesmo.
    Abraço,
    JR

  • Bruno

    Mas José depois redirecciona o seu blog para outro que queira.

  • Segundo percebi, abandonava este, criava outro (que será completamente diferente no assunto), e rediricionava o que abandonei para o que criei. É assim? :)

    Obrigado

    Abraço

  • Bruno

    Sim, acaba por receber visitas, só para saberem que você tem outro blogue mas cada caso é um caso e você vê se deve redireccionar ou não.

  • José,
    Na minha opinião, se o assunto for completamente diferente não terá muito a ganhar uma vez que não haverá uma relação entre os temas que tratava no antigo e os temas do novo.
    Mas pode fazê-lo na mesma, uma vez que também não tem nada a perder :)

    Abraço,
    JR

  • Eu voto a favor de criar outro de assunto diferente e continuar com esse, mesmo que atualize bem menos… :-)

  • oi certamente eu ainda terei que estudar muito, pouco entendo do que vc ensina!!mas continuo seguindo e tentando rsrsr ai ai se vc tivesse tempo ou quem o tiver devia fazer uma visitinha em meu blog e por as criticas necessariasaqui para eu entender (em portugues)ainda assim eu te amo!bjs

  • Olá Lígia,
    Obrigado :)
    Eu vou ver o seu blog e mando-lhe um email com a minha opinião, ok?

  • Com certeza mais um exelente post !
    Obrigado desde ja,pelas valiosas informacoes .. Abracos
    Brady Macdoff

  • Olá Brady,
    Obrigado.
    Se gostou deste artigo, então fique atento, pois este ano vou desenvolver este tema (entre outros).
    Abraço,
    JR

  • Pingback: O Que é Um Video Sitemap e Porque é Que Você Deve Ter Um | Web Marketing PT()