Como Aumentar as Visitas ao Meu Blog ou Site > 4 de 9 > Marketing de Artigos

Nem foi de propósito que publiquei o artigo anterior, justamente quando nesta série de artigos iria publicar um sobre Marketing de Artigos. No entanto, é possível que haja informação comum a ambos, visto tratarem do mesmo tema.

O Marketing de Artigos consiste na divulgação de sites através da publicação de artigos em directórios de artigos e agregadores de notícias e é algo que, apesar de ainda não estar muito desenvolvido no universo web em português, é uma prática corrente e muito popular na internet.

artigopt

A crescente popularidade deste método, é que, além de ser gratuito, deve-se essencialmente a vários factores. Nomeadamente, além de se estar a adicionar valor aos conteúdos publicados na internet, permite construir uma imagem de autoridade ou especialidade num determinado assunto.

Outro factor importante que valoriza imenso este método, é o facto da sua longa duração em exposição.
Existem vários exemplos de casos documentados, de sites que continuam a receber visitas de artigos publicados passados 3 e até 5 anos. Por aqui, podemos ter uma ideia do poder do Marketing de Artigos.

Se é verdade que este método involve algum trabalho, não é menos verdade, que é extremamente eficaz e ainda muito menosprezado na comunidade de língua portuguesa.
Na minha opinião, isto constitui claramente uma oportunidade para conquistar maior exposição e mais visitas para o seu site.
Além disso, se ainda acha que é suficiente colocar um site online para ter muitas visitas e gerar muito negócio, sem ter de fazer nada, está claramente equivocado.

O “segredo” para ser bem sucedido na utilização do Marketing de Artigos, é: Adicionar Valor!

Escrevendo artigos que acrescentem valor e divulguem conhecimento, é meio caminho andado para conseguir ser visto pelos leitores, como alguém que sabe do assunto em questão, e por outro lado, para conseguir despertar o interesse e curiosidade desses leitores visitarem o seu site para saberem mais informação sobre esse tema e/ou para verem que tipo de informação, produtos ou serviços têm ao seu dispor no seu site.

Em resumo, o Marketing de Artigos é um método muito eficaz, que pode facilmente utilizar em conjunto com outras formas de obtenção de tráfego, gratuitas ou pagas, de forma a maximizar o volume de visitas do seu site ou blog.

E você, já publicou artigos em directórios? Partilhe a sua experiência!

  • Pingback: Como Aumentar as Visitas ao Meu Blog ou Site > 7 de 9 > Video Marketing | Web Marketing PT()

  • Pingback: 10 Directórios de Artigos em Português Para Divulgar o Seu Site ou Blog | Web Marketing PT()

  • Eu comecei a usar a pouco, mas estou gostando muito dos resultados, dá trabalho sem dúvida, mas é uma forma de se mostrar como autor e especialista, para um público muito maior do que seu próprio blog.
    Ainda não tem muitos diretórios em português, até tem, mas são novos e ainda não muito estabelecidos. Mas eu fico feliz, porque parece que pela primeira vez estou a lidar com a coisa desde o começo, e quando virar ultra popular eu já serei veterana!
    Um abraço!

  • e tem ainda outra vantagem…
    É que funciona a longo prazo. Isto é, os artigos que você publicar hoje, continuarão a gerar tráfego gratuito durante anos, sem que seja necessário fazer mais alguma coisa.
    Fica como que em piloto automárico, o que é excelente!

    Abraço,
    JR

  • Olá João,

    Curiosamente, falei esta manhã com um familiar que já não via há algum tempo e fiquei sabendo que ele está muito activo na blogosfera.

    Ele está usando este Marketing de artigos e diz estar satisfeito. A vantagem deve-a certamente ao facto de fazer artigos em inglês.Assim tem muito mais público.

    Tal como eu escrevi em outro comentário, vou experimentar, mas em português.

    Um abraço.

  • Pois é João, vale a pena mesmo ter sites em inglês? Como o José disse parece que para o familiar dele está se saindo bem.
    Mas minha dúvida é, basta apenas ter um domínio .com e artigos em inglês que teremos visitas vindas de lá? Conseguiremos competir com eles, no mesmo nível? Ou somos penalizados de alguma maneira por nosso ip ou qualquer outra coisa indicar que somos de fora?
    Um abraço!

  • Bruno

    “Mas minha dúvida é, basta apenas ter um domínio .com e artigos em inglês que teremos visitas vindas de lá? Conseguiremos competir com eles, no mesmo nível? Ou somos penalizados de alguma maneira por nosso ip ou qualquer outra coisa indicar que somos de fora?”

    O Google não é preconceituoso, não quer saber se estas a escrever um site em português no Afeganistão.

    O “verdadeiro” Marketing de Artigo é feito em Inglês, em português nunca terás grande retorno, o Marketing de Artigo feito em Inglês é muito mais poderoso.

  • Bruno tens razão em parte.
    O google não quer saber em que local está o autor a escrever mas quer saber, e isso têm influência nos rankings, onde está alojado o servidor.
    Para sites em inglês recomenda-se que o alojamento esteja no estrangeiro e não em Portugal. Até porque assim vai ser mais rápido para os visitantes de lá.

  • Bruno

    Exacto tem toda a razão Nelson, um site português e que esteja alojado em Portugal aparece mais facilmente nas pesquisas por “Paginas Portuguesas”

    É realmente uma vantagem…

  • A questão com o marketing de artigos em português é que este ainda é muito virgem em comparação com o mercado internacional, que é um mercado com uma maturação muito diferente do nosso.

    Acredito plenamente que os resultados desta técnica em português melhorem bastante nos próximos anos, até porque ao contrário do Social Bookmarking, esta não é uma técnica de curta duração e com efeitos num curto período de tempo.

    @ Bruno
    “O Google não é preconceituoso, não quer saber se estas a escrever um site em português no Afeganistão.”
    Perfeitamente de acordo.

    @ Nelson,
    “O google não quer saber em que local está o autor a escrever mas quer saber, e isso têm influência nos rankings, onde está alojado o servidor.”

    Também estou de acordo que tenha alguma influência, mas nada que não seja superável com algumas técnicas de marketing. :)

    Abraço,
    JR

  • Então é melhor hospedar num servidor de lá, sabia que tinha que ter alguma coisa, mesmo porque faz sentido.
    Por isso que perguntei.
    Obrigada pelas respostas esclarecedoras!
    Um abraço!

  • Olá,

    Realmente não lhe perguntei se o blog estava hospedado num servidor de lá, mas provavelmente é esse o caso.

    Mas há uns mini sites Hubs(estou a citar de memória,desculpem)que alguns colegas estão utilizando e estão satisfeitos. Mas só são aceites textos em inglês. Até houve um blog que lançou um desafio aos seus leitores a criar 100 Hubs, um em cada dia. Ele julgo que cumpriu, os leitores estavam tentando.

    Um abraço.

  • Bruno

    As Hubpages pertencem ao marketing de artigo, também é uma forma de ganhar dinheiro escrevendo artigos…

  • Joao Rodrigues sim podes superar a localização do servidor através de marketing e optimização mas se os oponentes também fizerem isso vais acabar por ficar sempre um pouco atrás deles.

    José e Bruno eu uso as hubs e recomendo. Além dos links também podemos ganhar dinheiro colocando o adsense.

  • @ Nelson,
    “vais acabar por ficar sempre um pouco atrás deles.”
    Não se o meu “Marketing Mojo” for melhor :)

    Quanto às hubpages, também existe a Squidoo com as lenses, mas confesso que nunca experimentei.

    Abraço,
    JR

  • João sim eu referi se eles fizerem o mesmo e a única diferença for a localização do servidor. Claro que se fizeres melhor os passas.
    Squidoo nunca testei mas pelo que leio as hubpages parecem melhores.

  • Bruno

    As Hubpages são muito conhecidas e há quem diga que se pode ganhar bastante dinheiro com elas(mas isso é em todo o lado, também se ganha com o adsense só, depois já me disseram que a vantagem de escrever nessas hubs é que o backlink é grande.

  • Os artigos para as Hubpages têm que ser em inglês,não é assim? Eu penso que sim.

  • Sim José!
    Tem que ser em inglês. Dá bem mais trabalho para quem não tem inglês fluente, que nem eu, mas ano que vem prometo que darei um jeito nisso! É um dos meus objetivos!
    Um abraço!

  • Bruno têm algumas vantagens dos links porque a partir de determinado score do texto os links ficam dofollow.
    Como é um site com muito sucesso os textos ficam bem posicionados nos motores de busca e recebemos visitas.
    E depois vamos ganhando dinheiro com o adsense.

  • Bruno

    Exacto os links dofollow interessam muito mas o que mais me “fascina” e que esses links dofollow são mesmo links poderosos porque esses sites tenhem um enorme link juice para oferecer.

    Exemplificando pode alguém não perceber:

    Uma Hubpage tem pr 6 e tem 400 links dofollow

    Uma Rede Social tem pr 6 e tem 8000 links dofollow

    O link dofollow da Hubpage terá mais “poder” do que o link da rede social.

  • Juntando isso e a boa colocação nos motores de busca torna-a muito melhor que outros do genero tipo squidoo na minha opinião.

  • Bruno

    O squidoo é uma hub page ou algo do género?

  • É. Também podes lá colocar textos mas as regras não são tão rígidas o que faz com que a qualidade geral dos textos não seja tão bom nem os rankings dos motores de busca.

  • Pois é, quanto mais difícil ou mais cheio de regras, se conseguir colocar, mais vantagens terá. Já que ninguém iria ficar fazendo textos de determinado tamanho, não poder colocar links até que tenha certo número de artigos e mais um monte de regras, se não valesse a pena, não é mesmo?!

  • Embora tenha visto recentemente algures que o Squidoo está no top dos sites utilizados dos EUA, confesso que ainda não fiz uma avaliação profunda para poder concluir qual o melhor.
    No entanto, admito que o Nelson tenha razão e que as hub sejam melhores.
    É uma questão de se fazer uns testes.

    Abraço,
    JR

  • Bruno

    Parece-me ser um bom site, tem pagerank 7 e se der link dofollow compensa escrever 😀

  • João a minha experiência com as squidoo não é muita. Mas pelo que leio até as hubpages são melhores.
    Os textos são de maior qualidade porque todos querem ter boa classificação para que os links sejam dofollow.

  • Como o João disse é tudo uma questão de teste. E também o que pode ser bom para uns não pode ser tão bom assim para outros..

  • Pingback: Como Publicar Artigos em Directórios de Artigos – Boas Práticas | Web Marketing PT()