Ganhar Dinheiro Online = Solução ou Problema?

Embora seja um tema que não tenha abordado com frequência no Web Marketing, ganhar dinheiro na internet continua a ser um tema importante, até mais agora, com a economia no estado em que está, o desemprego em Portugal a bater records consecutivos e um governo com visão curta que não apresenta soluções para o futuro.

ganhar dinheiro internet

Não vou, nem quero, politizar o blog, mas já vários experts na matéria disseram que é necessário investir na dinamização da economia para haver crescimento, e até hoje, pouco ou nada se viu.

Atualmente, já não são apenas os curiosos que desejam ter receitas na internet. Muita gente vê a internet como uma possível fonte de um rendimento residual que os ajude a fazer face às crescentes despesas que surgem umas atrás das outras.

Neste contexto, ganhar dinheiro na internet pode parecer uma solução para muitas pessoas que se vêem em situações financeiras muito delicadas, mas principalmente por isso é necessário ter algumas cautelas.

Soluções miraculosas de ganhar dinheiro na internet que prometem mundos e fundos, há pela internet “ao pontapé”. E nenhuma delas vai resolver o problema financeiro de quem as compra.

Existem alguns pressupostos que são fundamentais para ganhar dinheiro online:

Cuidado com a “Banha da Cobra”

O primeiro pressuposto que é necessário ter presente quando se procura uma solução para ganhar dinheiro na internet é: não comprar banha da cobra!

A banha da cobra já era uma ilusão há dezenas/centenas de anos atrás, e hoje não mudou nada. Continua a ser um falso facilitador de resolução de problemas, que nada mais faz do que fazê-lo gastar dinheiro numa pseudo-solução que não lhe trará qualquer benefício. Até pelo contrário.

Com isto quero dizer que não se deve deixar iludir em promessas fáceis de “centenas de euros em 5 minutos só com 3 cliques no rato” ou “primeiro lugar no Google garantido em 24 horas”, ou ainda, “fique milionário em 30 dias apenas com 10 minutos por dia”.

NADA disto é real e nunca lhe trará qualquer benefício.

O único que irá beneficiar será quem lhe vendeu a falsa promessa, que já arrecadou mais uns trocos e já enganou “mais um”.

Com isto não estou a dizer que não há bons recursos online que trazem valor acrescentado.

Alguns cursos ou ferramentas são realmente úteis e facilitam o seu trabalho ou dão-lhe conhecimento importante e útil para ter no seu arsenal. Mas um bom curso ou ferramenta não promete o que não consegue cumprir.

Ganhar Dinheiro na Internet Requer Trabalho?

Esta é, a meu ver, a única resposta possível e verdadeira: SIM!

É preciso trabalhar para ganhar dinheiro, seja offline ou online.

Senão veja: se houvesse alguma forma de ganhar dinheiro na Internet sem fazer nada, não acha que todas a gente fazia a usava?

Tudo que é dinheiro ganho honestamente, requer alguma forma de trabalho, independentemente do seu volume, forma e natureza.

Tal como já disse atrás, a “banha da cobra” nunca funcionou, por isso não é agora que vai funcionar.

É preciso trabalhar para ter resultados.

Em algumas actividades por ser necessário mais ou menos trabalho, assim como o retorno, que pode ser maior ou menos, mas existe sempre uma componente de trabalho envolvida. Ou seja, alguém em de fazer alguma coisa para gerar resultados que, por sua vez, gerem retorno.

Considerando estes pressupostos, deve ter sempre cuidado nas decisões que toma quando decide enveredar pelo caminho em busca de ganhos online. Falo com muito conhecimento e experiência neste campo.

Conclusão

O que pretendo com este artigo, caso esteja a considerar enveredar na aventura de ganhar dinheiro online, é fazê-lo(a) pensar antes de tomar algumas decisão que se venha a arrepender mais tarde.

  • É possível ganhar dinheiro na internet? Sim.
  • É possível ganhar dinheiro sem fazer nada? Não.
  • É preciso ter um curso superior? De todo!

Será este o caminho para ganhar (mais) algum dinheiro e ajudar a resolver algumas dificuldades financeiras? Ou apenas para ganhar mais algum dinheiro?

Talvez, mas tal como acontecia antes, é necessário ter cuidado com as escolhas que se faz e evitar soluções miraculosas que nada mais fazem do que deixá-lo(a) com menos dinheiro e mais frustrado(a).

Fórum Como Ganhar Muito Dinheiro

Embora este não seja o “típico” artigo do blog, hoje vou falar sobre um recurso interessante para quem está interessado ganhar dinheiro na internet.

Embora numa vertente mais particular, o ganhar dinheiro na internet (MMO ou Make Money Online) não deixa de ser uma opção a considerar para aumentar os seus recursos financeiros.

cgmd

Apresento-lhe a comunidade Como Ganhar Muito Dinheiro ou CGMD!

O CGMD que foi constituído em Maio de 2009, baseia a sua essência num fórum, onde se trocam experiências e conhecimentos sobre os vários métodos que podem ser utilizados para este fim, ganhar dinheir na internet. Nomeadamente:

-Programas Paid To (PTC/PTR/PTP,etc..)

-Rentabilizaçao de Blogues/sites

-Web design e Freelancing

-Compra e venda de domínios

-HYIPs – Investimentos de Alto Risco

-Mercado FOREX

-Apostas Desportivas

-Outros negócios

Da visita que fiz ao CGMD, reparei que conta já com mais de 32.000 mensagens e destaco que gostei bastante do laytout e legibilidade do fórum. Achei também que estava muito bem organizado e separado por tópicos, o que facilita não só a leitura, mas também a navegação.

O CGMD tem também alguns sorteios que são efectuados entre os membros, o que contribui para uma maior animação e interacção entre os membros da comunidade:

– Membro do mes (10€)

– Acerta em Cheio – Basta escolher 1 número de 1 a 49 e habilitar-se a ganhar 1€ todas as semanas.

Se estiver interessado em aumentar os seus ganhos online, faça uma visita do CGMD!

Como Transformar Ideias em Dinheiro

Transformar ideias em dinheiro, é provavelmente, um dos processos mais delicados, e, simultaneamente, mais lucrativos, que pode utilizar para ganhar dinheiro na Internet.

O pensar “out of the box” ou o “brainstorming”, são termos frequentemente utilizados, para nos referirmos a momentos de criatividade.

Mesmo que estes termos sejam novidade para si, o objectivo principal associado a eles, é a descoberta de novos métodos, produtos, modelos de negócio, formas de implementar técnicas e estratégias, etc.

Aconselho-o(a) vivamente a ler e considerar alguns pontos importantes que vou agora referir, e que o(a) podem ajudar a guiar a sua jornada para o sucesso online. Isto porque, seja qual for o modelo de negócio que você tenha em prática ou pretenda implementar, marketing de afiliados, produtos próprios, blogging, etc, o objectivo é comum a todos: o Sucesso!

ideiasdinheiro

—————————
O Poder das Ideias
—————————

É importante que perceba o poder das ideias.

Normalmente estamos tão concentrados em seguir um método, que nos distanciamos do “pensar”, e fazemos as coisas de forma quase automatizada, sem despender um momento para pensar “E se fosse antes assim?”, ou “E se eu fizesse isto em vez daquilo?” .

As ideias são muito poderosas, e não devem ser substimadas.

Não importa se lhe parecem muito descabidas ao início. Elas podem muito bem ter “pernas para andar”, e quem sabe até se tornarem um sucesso!

O Einstein disse em tempos: “Se, no início, uma ideia não é absurda, então não há esperança para ela.”

Então, deixe-me perguntar-lhe: O que é que você faz com as suas ideias?

O que eu faço é o seguinte:

1 – Escrevo-as no papel

Isto porque já cheguei à conclusão, que perco muito se não tomar nota das coisas. Não porque esteja a ficar gágá :), mas porque ao ritmo que vivo e com a quantidade de situações permanentemente a requererem o meu tempo e a minha atenção, é complicado ter sempre todas as ideias presentes na cabeça, e normalmente acabo por perder algo.

2 – Analiso as possibilidades de um plano de acção para implementar estas ideias e sua viabilidade, implicações, etc.

Em vez que querer implementar tudo de uma vez só, passo a detalhar a ideia principal em passos mais pequenos. Será certamente mais fácil, implementar pequenos passos de forma sucessiva, do que concretizar uma ideia grande de uma vez só.

3 – Tomo notas desses passos/ideias também

Para mais tarde, poder organizar melhor as ideias e colocá-las em “bullet points” ou tópicos.
Assim será mais fácil ordenar, organizar e estruturar prioridades, e pensar no método de implementação passo-a-passo.

4 – Implemento as ideias finais

Esta fase é determinante para tirar as ideias do papel, onde infelizmente muitas se ficam…

Por mais ideias que tenha e por mais brilhantes que sejam, se não sairem do papel, nunca passarão disso mesmo, de ideias. E isso, nunca lhe ira trazer nenhum benefício.

Este será possivelmente, o passo onde mais pessoas sentem dificuldades. Por um lado, é normal…

É um passo que requer:

  • dedicação e empenho
  • atitude e confiança
  • vontade de concretizar
  • algum tempo ou dinheiro

Como já disse, é um passo determinante para dar vida às ideias, e concretizá-las. Por isso, quanto melhor organizar as suas ideias e quanto melhor as estudar e planear, mais fácil será depois concretizar as várias fases até à conclusão final.

Este aspecto é muito importante, de forma a não se sentir “perdido” no meio de tantos pontos ou informação, e de forma a nunca perder a orientação para atingir os vários objectivos intermédios e o objectivo final.

Não se esqueça, os elefantes também nascem pequeninos!
Assim podem ser as suas ideias.

– Se seguir estes passos, vai atingir o sucesso?

Não necessariamente.

Seguir estes passos e ter as ideias bem estruturadas e organizadas, não quer dizer automaticamente que serão um sucesso.

Algumas naturalmente não serão tão bem sucedidas com o outras. É perfeitamente normal. No entanto, o mais importante é não desistir e acreditar sempre que é possível fazer melhor.

Nem todos os meus projectos foram/são um sucesso… Alguns resultaram muito melhor que outros, independentemente da confiaça que tinha em todos eles.

Obviamente, existem aspectos que nós não conseguimos controlar directamente, e aí, temos novamente de ser inteligentes e remodelar/reestruturar as ideias já implementadas de forma a melhorarmos o seu resultado, ou então, aprender com o exemplo, e melhorar os aspectos que funcionaram menos bem, para que funcionem melhor no projecto seguinte.

– As ideias têm de ser perfeitas?

Não. Nem de longe.
O que é realmente preciso é que tenha tudo claro no papel, para poder implementar o projecto com “pés e cabeça”.
Não precisa (nem deve) trabalhar para o projecto perfeição. Isso é uma utopia, pois ele não existe.

O que existe são projectos que nascem de ideias e são postos em prática com um objectivo claro. E é com esse objectivo em mente que eles devem ser trabalhados.

As ideias ou os projectos não têm de ser perfeitos, até porque, mesmo que os reveja mil vezes, eles continuarão a não ser perfeitos.
Portanto, esqueça a perfeição e concentre-se em concretizar e implementar as suas ideias.
Depois, à medida que vai andando, pode ir revendo e melhorando os aspectos que considerar que necessitam melhorias ou alterações.
Caso contrário, e se ficar preso à ideia de criar o projecto perfeito, ele nunca sairá do papel e nunca verá a luz do dia.

Como diz a Nike: Just do it!

– Nunca abandone as suas ideias por mais ridículas que lhe possam parecer

Por último, não abandone as suas ideias, só porque à partida lhe soam um disparate, ou porque não faz a mínima ideia de como implementá-la, ou porque outros dizem que não prestam.

Não quero dizer com isto que todas as ideias são boas, mas todas elas merecem alguma reflexão e em vários momentos, pois aquilo que não está a ver hoje, poderá ter visibilidade amanhã.

Espero ter ajudado a alargar-lhe os horizontes e a dar-lhe “food for thought” como dizem os americanos, o que significa, alimento ou combustível para pensar.

Acima de tudo, valorize as suas ideias, anote-as, organize-as, analise-as, e as que concluir que têm viabilidade, implemente-as.

As outras, guarde-as para mais tarde, pois a viabilidade ou não é um aspecto temporal e poderá mudar com o tempo.

E você o que faz com as suas ideias?

5 Vantagens em Ganhar Dinheiro com Produtos Proprios

Muito embora haja muitas formas de ganhar dinheiro na Internet, todas elas se enquadram em meia dúzia de modelos de negócio. Dentro de cada modelo de negócio, existem inúmeras derivações, fruto da diversidade de metodologias de executar as diversas tarefas e atingir os diferentes objectivos.

Um desses modelos de negócio, é a venda de produtos próprios.

Produtos próprios, são produtos desenvolvidos por si, ou por terceiros a seu pedido, e que (normalmente) permitem-lhe ganhar mais dinheiro do que vendendo ou promovendo produtos de outras pessoas ou empresas. Isto, porque não ganha apenas uma comissão sobre cada venda, ou seja, todo o resultado da venda é para si.

criatividade

É claro, que tal como outros o fazem, também pode considerar angariar afiliados, que no fundo são parceiros, para promoverem os seus produtos para si, a fim de aumentar as suas vendas. E, neste caso, tem de pagar as respectivas comissões. Mas nas vendas que sejam produto do seu trabalho, continua a ganhar mais, pois aí não existe lugar ao pagamento de comissões.

Algumas das principais vantagens de vender produtos próprios são as seguintes:

Maiores Lucros

Como já referi, neste modelo de negócio, você não ganha apenas comissões. Todo o resultado da venda é seu, excepto quando são vendas provenientes dos seus afiliados, se os tiver.

Maior Controle Sobre o Produto e a Qualidade

Tendo maior controlo sobre o produto, você pode alterá-lo, melhorá-lo, etc, de forma a agradar ainda mais os seus clientes.

Os Clientes São SEUS

Ao contrário de outros modelos de negócio, aqui os clientes são seus. O que significa que, você está a construir uma base de clientes que tem muito potencial de lhe gerar ainda mais vendas e lucros no futuro.

Poder de Inovação

À semelhança de melhoramentos que possam ser feitos, também tem a capacidade de lançar novas versões desse produto, ou outros produtos que o complementam, e com isso, conseguir ainda mais vendas.

Excelência = Fidelização = Mais Lucros

Podendo controlar todos os aspectos do serviço ao cliente, tem a possibilidade de marcar a diferença pela positiva, e, com isso, trabalhar a sua fidelização. Facto que lhe pode trazer muitos benefícios (e lucros) no futuro.

Estas são apenas algumas das vantagens de adoptar este modelo de negócio para ganhar dinheiro na internet. Claro que, para isso, é necessário criar um produto.

Mas, ao contrário do que possa pensar, o verdadeiro “segredo” não está aí!

Quando se fala em criar um produto, pode ser algo físico ou não. Pode muito bem ser um produto digital. Um Programa, um Ebook, um Manual, um conjunto de Vídeos, etc. Todos eles podem ser produtos de sucesso.

E aí chegamos à parte mais importante.

Seja qual for o produto que você se propõe a vender, o mais importante de tudo é que esse produto tenha procura.

Sem isso, até pode ser o melhor produto do mundo, que não irá ter sucesso.

E para analisarmos a procura de algo, nada melhor que analisarmos os motores de busca, claro. Pois é aí, que todos nos dirigimos quando estamos a procurar alguma coisa.

Assegurando que existe procura, é necessário analisar se é um “nicho comprador”. Um nicho comprador, é um grupo de pessoas com os mesmos interesses/necessidades e que estão dispostos a comprar.

Imagine que o produto é algo para adolescentes. Tradicionalmente, não é um target comprador, pois não dispõe da capacidade de decisão e pagamento, pelo menos da mesma forma que disporia um target adulto.

Estas são apenas algumas dicas que podem lançar o tema na sua mente, e com isso, começar a perceber que, para vender algo na Internet, não tem de ter uma empresa com fábricas e funcionários.

Basta que saiba criar um produto de qualidade e que vá de encontro às necessidades de um grupo de pessoas (nicho).

Eu sei, a forma como disse “criar um produto”, fez parecer que é muito fácil. Pois, eu diria que não é assim tão difícil como se pode pensar no início, mas isso é assunto para outro artigo…

Como Ganhar Dinheiro na Internet – Vídeo

Omês passado escrevi um artigo onde abordava as principais formas utilizadas para ganhar dinheiro na Internet.

Com o intuito de explicar um pouco melhor o conteúdo do artigo, resolvi fazer um vídeo onde falo um pouco sobre cada uma delas. O objectivo do vídeo não era tanto entrar em detalhe sobre cada uma, mas sim, explicar um pouco melhor e de forma mais interactiva o conteúdo do artigo.

Se já leu o artigo que fala sobre como ganhar dinheiro na Internet, provavelmente não terá muito a ganhar ao ver este vídeo, a não ser que tenha ficado com alguma dúvida. Caso contrário, vale a pena ver.

Espero que goste!

Gostava de ter a sua opinião sobre o conteúdo do vídeo. Deixe o seu Comentário!