Melhorar a Sua Credibilidade e Notoriedade Online – Concursos

Quem não gosta de participar em concursos ou passatempos e ter a possibilidade de ganhar prémios? Todos nós gostamos, certo?

Esta tem sido uma excelente forma de particulares, empresas e marcas se darem a conhecer ou aumentarem o conhecimento já existente. Mas atenção, é preciso saber o que se está a fazer, caso contrário, pode resultar em efeitos negativos.

——————————————————————————————————————————-

Pode ler os outros artigos já publicados da Série Melhorar a Sua Credibilidade e Notoriedade Online, através destes links:

Como Melhorar a Sua Credibilidade e Aumentar a Sua Notoriedade Online

Melhorar a Sua Credibilidade e Notoriedade Online – Suporte e Testemunhos

Melhorar a Sua Credibilidade e Notoriedade Online – Homogeneidade

Melhorar a Sua Credibilidade e Notoriedade Online – Comunicação

Melhorar a Sua Credibilidade e Notoriedade Online – Compromissos

Melhorar a Sua Credibilidade e Notoriedade Online – Real Valor

——————————————————————————————————————————-

De forma geral, todos nós – uns mais que outros – gostamos de participar em concursos e passatempos. A possibilidade de ganharmos prémios com uma participação de fácil acesso a qualquer pessoa, é muito aliciante.

Com fácil acesso, refiro-me a preencher um formulário, dar uma opinião, fazer uma inscrição, criar algo, ou qualquer outra ação que seja “fácil” ou acessível a qualquer pessoa ou grupo de pessoas, consoante a natureza da campanha e os destinatários em questão.

Tendo já a oportunidade de ter desenvolvido várias ações de várias naturezas para empresas e algumas pequenas campanhas a nível pessoal, posso adiantar, desda já, que existe um ponto fulcral, que se falhar, dificilmente a campanha resultará num sucesso: A relação objectivo-ação-recompensa!

Este é, de todos os pilares em que assentam este tipo de campanhas, aquele que pela minha experiência, eu destaco como sendo o mais importante de todos. Se a relação entre estes 3 eixos não for equilibrada, dificilmente as coisas correrão bem.

Analisemos apenas alguns cenários, porque aqueles em que tudo é mau, não merecem análise pois estão condenados logo à partida:

1. Bons Prémios e uma Ação Difícil

Havendo excelentes prémios, mas sendo uma ação difícil de participar, apenas algumas pessoas irão aderir, o que vai limitar muito a participação e o impacto de uma divulgação viral da campanha.

A não ser que se trate de uma ação que tenha um objetivo muito específico e que se destine mesmo a apenas um grupo restrito de pessoas, então este não é o melhor caminho a seguir.

2. Bons Prémios, Uma Ação Fácil Sem Cumprir o Objectivo

Acho que este é tão óbvio, que não vale muito a pena escrever sobre ele, mas a verdade é que pode acontecer correr tudo bem com a campanha, com excepção de não se cumprir o objectivo principal nos termos que este teria sido planeado.

3. Prémios Menos Bons, Uma Ação Fácil

Este será outro cenário que, fruto de haver um lado menos equilibrado – a recompensa – irá certamente condicionar a participação na campanha. No entanto, a maior ou menor adesão depende muito do mercado em que se está a trabalhar.

Resumindo, seja uma ação de milhares de euros, ou apenas de algumas dezenas, o ideal é que faça uma análise equilibrada destes 3 eixos, e tente encontrar um cenário que abra o caminho para que a ação possa correr bem e ser bem sucedida.

Já vi, tal como vocês – os mais atentos a estas coisas, pelo menos – campanhas desta natureza, de grande empresas/marcas correrem menos bem. Não interessa se a sua campanha tem um investimento de 100€ ou de 10.000€, pois em termos relativos não é isso que fará com que tenha sucesso. Acredite, eu sei por experiência!

Tenha sempre presente:

O que define o sucesso deste tipo de ação não é a sua dimensão, mas se esta reflete o equilíbrio destes 3 eixos.

Tendo este equilíbrio assegurado, a ação correrá naturalmente bem e, isso irá refletir-se na sua reputação e notoriedade de forma positiva, não fosse esse um dos objetivos e o tema desta séria de artigos.

Em futuras ações de passatempos e concursos, considere o equilíbrio destes 3 eixos como o pilar que irá sustentar a campanha, e verá que a campanha irá, à sua dimensão, apresentar bons resultados.

É claro que existem muitas outras condicionantes, mas estou a assumir que essas estão devidamente tratadas.

Já fez passatempos ou concursos? Como correu a sua experiência? Partilhe-a connosco!

GOSTOU DESTE CONTEÚDO?
ASSINE GRATUITAMENTE E RECEBA TODOS DICAS NO SEU EMAIL!

A sua privacidade é garantida a 100%!
  • Bruno

    ótimo post parabéns…

    http://www.sobala.com.br

  • Obrigado Bruno!

  • Lucas

     No momento estou a desenvolver um plano de marketing e esta serie de artigos me ajudou a ter algumas ideia.

    obrigado pelo bom trabalho.

  • @5bd540b57369933fb78b4befefa42079:disqus 
    Obrigado eu Lucas pelo comentário.
    Ainda bem que ajudou!