Como Aumentar a Taxa de Conversão Dos Seus Visitantes Em Clientes

Quando se cria um site, existe sempre um objetivo, e esse objetivo deve condicionar a forma como o site é apresentado ao utilizador e a forma como este funciona. Este aspecto é fundamental tanto para sites novos como para sites já construídos.

O interesse principal deverá ser maximizar o potencial de conversão desse site, afim de conseguirmos mais assinantes, vendas, clientes, fãs, seguidores, enfim, o que quer que seja o objetivo do site em questão.

Por isso, há que ter atenção vários aspetos relacionados com o design e usabilidade, estrutura e conteúdos. Mas tudo deve ser feito e pensado com o objectivo principal em mente.

Se o objectivo é converter os visitantes em assinantes, então assinar o blog deverá ser, não só, uma tarefa fácil de realizar, como deverá estar bem acessível em qualquer página do site, ou pelo menos nas páginas principais. Leia este artigo sobre o Marketing Funnel.

A acessibilidade e a facilidade de realização da tarefa (que é o seu objectivo) para os seus visitantes, é absolutamente determinante para que a conversão seja maior ou menor.

Se reparar bem, se você tiver 2 caminhos à sua frente que vão dar ao mesmo destino, o seu cérebro, instintivamente, irá optar pelo caminho mais fácil e com menos obstáculos. Esta é uma reação natural e instintiva, não é uma decisão pensada ou ponderada. O nosso cérebro funciona assim mesmo.

A teoria não é minha, mas experimente fazer a experiência e verá se eu tenho ou não razão!

O mesmo acontece em outras situações, como por exemplo, na utilização de websites para conseguir algo. Se o seu objetivo for converter visitantes em subscritores, quanto mais acessível e fácil você tornar o processo de subscrição, maior será a probabilidade de conseguir converter os seus visitantes.

Por isso, é importante que:

1. Defina bem qual é o seu objectivo

(havendo vários, qual o principal)

2. Atue em conformidade

Tendo o objectivo bem claro e definido, a sua principal preocupação deverá ser; eliminar todas as possíveis barreiras que os seu visitantes possam encontrar no caminho para a conversão, que será a realização do seu objectivo.

Torne a forma do visitante de lá chegar o mais fácil possível, e o respetivo processo, o mais rápido e fácil também.

Quantas mais dificuldades o seu visitante tiver para conseguir fazer alguma coisa, menor será a probabilidade dele o fazer, assim como maior será a probabilidade dele desistir a meio do processo.

Um dos exemplos práticos desta teoria, é o processo de subscrição da newsletter do Web Marketing.

Como sabem, eu utilizo a Aweber como ferramenta de email marketing para gerir a newsletter do blog, bem como todas as comunicações por email com os assinantes.

Numa primeira fase, eu utilizava a opção single optin, que significa que bastava o visitante inserir o nome e email, e já estava inscrito. Isso valeu-me um bom crescimento de inscrições no primeiro ano do blog. No entanto, e porque há pessoas que se inscrevem e depois se esquecem que o fizeram, começaram a aparecer algumas reclamações de – pasmem-se – spam!

Ora, spam é algo que eu nunca fiz, nem faço (e sou 100% contra), mas como é fácil as pessoas reportarem spam através da Aweber (bem como de outros serviços) pois basta-lhes clicarem num botão, e como o volume de assinantes continuou a crescer para valores cada vez maiores, eu decidi, alterar o processo para o double-optin, que requer que o assinante, verifique o seu email, clicando num link que lhe é enviado por email para a sua caixa de correio.

O que eu fiz aqui, teve impacto no volume de assinaturas que o blog tem, pois passaram a ser um pouco menos as assinaturas concluídas e a haver muitas não concluídas ou que as pessoas não verificaram o seu email. Eu consigo saber isso, pois no dashboard da minha conta da Aweber, é possível visualizar essa informação.

No entanto, as queixas das pessoas que sofrem de amnésia, diminuíram. 🙂 Também implementei outras medidas, mas o facto é que tornei um processo simples num processo um pouco menos simples, que é exatamente o contrário do que estou a dizer neste artigo. No entanto aqui, foi por motivos de força maior.

No entanto, prova a minha teoria, só que ao contrário: quanto mais complicado, menos conversões!

Não havendo uma necessidade como a que eu tive neste caso, ou como eu lhe chamo “o problema da amnésia”, eu voltaria a simplificar o processo sem pestanejar, e as assinaturas do blog passariam para algo tipo o dobro do que são agora, ou mais. Digo isto, sem qualquer exagero.

Conclusão

Este exemplo, embora resumido, é um excelente exemplo prático de como o que disse atrás realmente funciona!

Os melhores conselhos que lhe posso dar, são estes:

1. Definir bem qual é o ou os objetivos principais do seu site

2. Implementar um site fácil de usar em função do(s) seu(s) objetivo(s)

3. Simplificar ao máximo o processo de compra ou subscrição, consoante o seu caso, e verá os resultados melhorarem consideravelmente

Faça a experiência e veja por si mesmo, até que ponto consegue melhorar os seus resultados!


O Melhor do Web Marketing em 2010: Web Marketing

Não fosse o web marketing, o tema central do Web Marketing ;), é talvez a compilação com mais artigos das várias que fiz sobre 2010.

Nesta compilação, abordei aspetos tão importantes como a criação de vídeos para a internet, algo que irei falar mais durante este ano, não fossem os resultados tão bons, como fazer um plano de marketing digital sem saber pêva de marketing (em bom português, é mesmo assim), cativar os visitantes do seu site, backlinks, entre muitos outros.

Na minha opinião, leitura absolutamente obrigatória!

O Melhor do Web Marketing em 2010

Web Marketing

Como fazer Vídeos Para a Internet

Como Vender Mais Publicidade No Seu Site > 9 Dicas

Onde Clicam Os Utilizadores No Seu Site? – Vídeo

O que é um Plano de Marketing Digital e Suas Vantagens

Como Fazer um Plano de Marketing Digital

Como Analisar um Nicho de Mercado – Plano de Marketing Digital

Como Analisar a Sua Concorrencia – Plano de Marketing Digital

Como Ultrapassar a Sua Concorrencia – Plano de Marketing Digital

Como Fidelizar os Seus Clientes – Plano de Marketing Digital

Como Escrever Artigos Optimizados Para Captar Mais Visitas! | Vídeo

Como Publicar Artigos em Directórios de Artigos – Boas Práticas

A Publicidade no Facebook Resulta? – Case Study

O Que é Email Marketing – O Verdadeiro Conceito!

Email Marketing Bate Social Media Aos Pontos

Design VS Usabilidade – Video Case Study

O Seu Site é Mobile? Saiba o Que Perde!

Backlinks: Como Conseguir Mais Links Para o Seu Site

Não se preocupe em ler tudo de uma vez. Guarde o email com este artigo, ou adicione esta página aos favoritos, e leia calmamente quando for oportuno. Vai valer a pena, garanto!

Nao se esqueça, ajude a divulgar estes conteúdos junto dos seus amigos e contatos, através das redes socias ou por email!

Eles vão-lhe agradecer, e eu também 🙂

Aproveito para vos dizer que, se houver algum tema em particular que gostasse de ver falado ou desenvolvido aqui no web marketing, é só deixar um comentário!

Melhorar a Sua Credibilidade e Notoriedade Online – Concursos

Quem não gosta de participar em concursos ou passatempos e ter a possibilidade de ganhar prémios? Todos nós gostamos, certo?

Esta tem sido uma excelente forma de particulares, empresas e marcas se darem a conhecer ou aumentarem o conhecimento já existente. Mas atenção, é preciso saber o que se está a fazer, caso contrário, pode resultar em efeitos negativos.

——————————————————————————————————————————-

Pode ler os outros artigos já publicados da Série Melhorar a Sua Credibilidade e Notoriedade Online, através destes links:

Como Melhorar a Sua Credibilidade e Aumentar a Sua Notoriedade Online

Melhorar a Sua Credibilidade e Notoriedade Online – Suporte e Testemunhos

Melhorar a Sua Credibilidade e Notoriedade Online – Homogeneidade

Melhorar a Sua Credibilidade e Notoriedade Online – Comunicação

Melhorar a Sua Credibilidade e Notoriedade Online – Compromissos

Melhorar a Sua Credibilidade e Notoriedade Online – Real Valor

——————————————————————————————————————————-

De forma geral, todos nós – uns mais que outros – gostamos de participar em concursos e passatempos. A possibilidade de ganharmos prémios com uma participação de fácil acesso a qualquer pessoa, é muito aliciante.

Com fácil acesso, refiro-me a preencher um formulário, dar uma opinião, fazer uma inscrição, criar algo, ou qualquer outra ação que seja “fácil” ou acessível a qualquer pessoa ou grupo de pessoas, consoante a natureza da campanha e os destinatários em questão.

Tendo já a oportunidade de ter desenvolvido várias ações de várias naturezas para empresas e algumas pequenas campanhas a nível pessoal, posso adiantar, desda já, que existe um ponto fulcral, que se falhar, dificilmente a campanha resultará num sucesso: A relação objectivo-ação-recompensa!

Este é, de todos os pilares em que assentam este tipo de campanhas, aquele que pela minha experiência, eu destaco como sendo o mais importante de todos. Se a relação entre estes 3 eixos não for equilibrada, dificilmente as coisas correrão bem.

Analisemos apenas alguns cenários, porque aqueles em que tudo é mau, não merecem análise pois estão condenados logo à partida:

1. Bons Prémios e uma Ação Difícil

Havendo excelentes prémios, mas sendo uma ação difícil de participar, apenas algumas pessoas irão aderir, o que vai limitar muito a participação e o impacto de uma divulgação viral da campanha.

A não ser que se trate de uma ação que tenha um objetivo muito específico e que se destine mesmo a apenas um grupo restrito de pessoas, então este não é o melhor caminho a seguir.

2. Bons Prémios, Uma Ação Fácil Sem Cumprir o Objectivo

Acho que este é tão óbvio, que não vale muito a pena escrever sobre ele, mas a verdade é que pode acontecer correr tudo bem com a campanha, com excepção de não se cumprir o objectivo principal nos termos que este teria sido planeado.

3. Prémios Menos Bons, Uma Ação Fácil

Este será outro cenário que, fruto de haver um lado menos equilibrado – a recompensa – irá certamente condicionar a participação na campanha. No entanto, a maior ou menor adesão depende muito do mercado em que se está a trabalhar.

Resumindo, seja uma ação de milhares de euros, ou apenas de algumas dezenas, o ideal é que faça uma análise equilibrada destes 3 eixos, e tente encontrar um cenário que abra o caminho para que a ação possa correr bem e ser bem sucedida.

Já vi, tal como vocês – os mais atentos a estas coisas, pelo menos – campanhas desta natureza, de grande empresas/marcas correrem menos bem. Não interessa se a sua campanha tem um investimento de 100€ ou de 10.000€, pois em termos relativos não é isso que fará com que tenha sucesso. Acredite, eu sei por experiência!

Tenha sempre presente:

O que define o sucesso deste tipo de ação não é a sua dimensão, mas se esta reflete o equilíbrio destes 3 eixos.

Tendo este equilíbrio assegurado, a ação correrá naturalmente bem e, isso irá refletir-se na sua reputação e notoriedade de forma positiva, não fosse esse um dos objetivos e o tema desta séria de artigos.

Em futuras ações de passatempos e concursos, considere o equilíbrio destes 3 eixos como o pilar que irá sustentar a campanha, e verá que a campanha irá, à sua dimensão, apresentar bons resultados.

É claro que existem muitas outras condicionantes, mas estou a assumir que essas estão devidamente tratadas.

Já fez passatempos ou concursos? Como correu a sua experiência? Partilhe-a connosco!

Melhorar a Sua Credibilidade e Notoriedade Online – Real Valor

As pessoas gostam de saber que, com quem quer que seja que estão a fazer negócio, não são apenas “mais um”, e gostam de ser reconhecidas e tratadas como uma pessoa, não como um número. Eu pelo menos sou assim e acredito que você também. Basta pensarmos como nós próprios gostamos de ser tratados.

Ver o nosso valor reconhecido é uma sensação de significado que é valorizada por qualquer cliente em qualquer ramo de atividade.

——————————————————————————————————————————-

Pode ler os outros artigos já publicados da Série Melhorar a Sua Credibilidade e Notoriedade Online, através destes links:

Como Melhorar a Sua Credibilidade e Aumentar a Sua Notoriedade Online

Melhorar a Sua Credibilidade e Notoriedade Online – Suporte e Testemunhos

Melhorar a Sua Credibilidade e Notoriedade Online – Homogeneidade

Melhorar a Sua Credibilidade e Notoriedade Online – Comunicação

Melhorar a Sua Credibilidade e Notoriedade Online – Compromissos

——————————————————————————————————————————-

É importante reconhecer o valor que os clientes (ou possíveis clientes) têm, e podem vir a ter no futuro, e mostrar-lhes isso mesmo. Esse reconhecimento tem de ser visível para as pessoas, para que estas percebam que você se importa realmente com eles, e que não quer apenas o seu dinheiro, mas sim a sua satisfação a curto, mas também a longo prazo – garantindo também com isso mais ganhos para a sua empresa ou negócio.

Uma das formas mais fáceis de mostrar que você se preocupa e que quer ajudar as pessoas que o procuram, é disponibilizando produtos/serviços ou informação útil de forma gratuita.

Seja qual for a forma que melhor se adapta ao seu negócio, o importante é que as pessoas reconheçam valor no que você está a disponibilizar, quer sejam serviços ou informação.

Esta postura não passa despercebida dos visitantes do seu site, e garante-lhe logo à partida, que você será “visto” de forma diferente dos restantes concorrentes, que apenas têm no seu site, os respectivos produtos à venda.

A desculpas mais comuns que eu tenho ouvido, quando abordo este tema, é que “dá muito trabalho” e “não há tempo“.

Ora, para rebater estes argumentos, basta que as pessoas pensem que, se demorarem 1 hora por semana a criar conteúdos para publicarem no seu site ou blog, e se estes conteúdos representarem um aumento estupidamente baixo das vendas em 1%, então será que essa hora de trabalho, não foi bem paga?

E se estivermos a falar de um aumento mais “normal”, tipo 2% ou 3%, que não será assim tão difícil, desde que os conteúdos tenham real valor para os clientes? Ainda acha que não vale a pena trabalhar aquela hora em gerar conteúdos?

E, se utilizar outras técnicas como o email marketing, que lhe permite facilmente chegar a aumentos de vendas de 7% ou 10%?

Será preferível investir mais dinheiro em publicidade, do que investir 1 hora por semana? Acha que o retorno será melhor?

No fundo, acaba por ser uma questão de perspectiva e de visão de negócio, e como em tudo na vida, uns têm, outros não.

Não ter por desconhecimento, é perfeitamente normal. Não ter por opção, é vontade de se dar mal!

Melhorar a Sua Credibilidade e Notoriedade Online – Compromissos

À semelhança do que acontece em qualquer faceta da nossa vida, é importante honrar os compromissos que assumimos.

Este aspecto, só por si, dá a conhecer algo sobre a forma de estar e de actuar de uma pessoa ou empresa. Naturalmente, que quem cumpre os seus compromissos, fica sempre “melhor na fotografia”, que quem não o faz, e estes pormenores são cada vez mais importantes nas avaliações feitas por terceiros, pois é um elemento que pode muito bem ser um fator distintivo.

——————————————————————————————————————————-

Pode ler os outros artigos já publicados da Série Melhorar a Sua Credibilidade e Notoriedade Online, através destes links:

Como Melhorar a Sua Credibilidade e Aumentar a Sua Notoriedade Online

Melhorar a Sua Credibilidade e Notoriedade Online – Suporte e Testemunhos

Melhorar a Sua Credibilidade e Notoriedade Online – Homogeneidade

Melhorar a Sua Credibilidade e Notoriedade Online – Comunicação

——————————————————————————————————————————-

Pessoalmente, defendo que se deve investir os nossos esforços no cumprimento dos compromissos que são assumidos de uma forma geral, e naqueles que são assumidos com os nossos prospectos e clientes, mais em particular, pois este pode ser um ponto importante do nosso cartão de visita, e pode efectivamente, traduzir-se em clientes satisfeitos e fidelizados ou em clientes insatisfeitos e que não voltarão.

Um cliente satisfeito, é um cliente que volta a comprar e que poderá muitas vezes recomendar aos amigos e conhecidos. Esta forma de marketing – as recomendações entre amigos e contactos ou word of mouth , como queiram – é muito poderosa e muito eficaz. Ora, se conseguir ter uma pequena legião de clientes satisfeitos, é quase como ter uma equipa de comerciais a trabalharem para si de forma “gratuita”.

Não será 100% gratuita, pois você já terá investido tempo e dinheiro a converter este cliente num cliente satisfeito, mas digamos que “mata 2 coelhos numa cajadada só”!

Além de ter os seus clientes satisfeitos, que já por si só, é bom, está a criar 2 fluxos de negócio futuro:

  • compras futuras do mesmo cliente, e
  • compras futuras resultantes das recomendações dos clientes satisfeitos

Em que ambas lhe irão render mais vendas e mais dinheiro no futuro, fruto do trabalho e investimento feito no início, e na sua continuidade.

Outro aspecto fundamental que está relacionado com o cumprimento dos compromissos, é a sua consistência ou falta dela. Isto é, da mesma forma que é importante que você cumpra os seus compromissos, é importante que seja consistente com os seus atos e interações com os seus clientes ou prospetos.

O fato de você ser consistente irá inspirar confiança em quem quer que seja que considere fazer negócio consigo/com a sua empresa.

É óbvio que existem factores que nos são alheios e que não conseguimos controlar, mas isso é assim com todos e em tudo. No entanto, existem aqueles que sabem lidar com essas situações e os que não sabem.

Imagine que, por alguma razão, você teria planeado um determinado rumo para o seu negócio que não conseguiu conretizar devido a fatores externos alheios a si e à sua vontade.

Tem 2 opções: ou espera silenciosamente e reza para que passe despercebido dos seus clientes/prospetos, ou abre o jogo e explica porque é que as coisas não estão a correr de feição ou conforme planeado.

Se optar pela primeira, correr o risco de ser visto como incoerente, como alguém que não inspira confiança, e eventualmente até algo pior, visto que se alguém se aperceber da situação – o que normalmente acontece mais tarde ou mais cedo – você não vai ter justificação para não ter informado logo dessas alterações.

Se optar pela segunda, não só fica de consciência tranquila que tomou a titude certa, como ainda, muito provavelmente ganhará a empatia de alguns clientes que irão certamente compreender e manifestar o seu apoio/compreensão pela decisão tomada.

Nunca se esqueça que, todos estes aspectos têm as suas consequências. E que as suas decisões a estes níveis, irão condicionar a forma como você é visto pelas outras pessoas, podendo valer-lhe uma posição mais “clean” e positiva ou uma mais “nebulada” ou duvidosa.

A escolha é sua!

Como Captar Mais Clientes e Aumentar as Vendas Com Serviços Gratuitos

Captar mais clientes e aumentar as vendas com serviços gratuitos soa a paradigma, ou algo que facilmente se associa a um lunático, mas vai ver que não é bem assim.

O que representa esta abordagem, é simplesmente uma nova forma de captar a atenção e o comprometimento dos seus visitantes e torná-los clientes de um serviço gratuito, numa primeira fase, e posteriormente, convertê-los em clientes “pagantes”.

O serviço SlideShare, que falei aqui no artigo recente sobre como partilhar apresentações na Internet, é um excelente exemplo disso.

O SlideShare, embora seja conhecido por ser um serviço gratuito de upload e partilha de apresentações de PowerPoint, recentemente adoptou um modelo de negócio diferente do que tinha até então, e que consiste num modelo de negócio Freemium, para satisfazer não só os indivíduos que utilizam os seus serviços, como as pequenas e as grandes empresas que também o fazem.

Um modelo de negócio Freemium (Free + Premium), não é mais que uma forma de abordar o mercado disponibilizando um serviço mais básico de forma gratuita, ao mesmo tempo que, se disponibiliza serviços adicionais ou de qualidade ou com funcionalidades acrescidas mediante o pagamento de uma valor pre-definido, normalmente sob a forma de subscrição mensal.

Quais são as vantagens deste modelo de negócio?

Se por um lado, facilita a captação de prospectos, pois uma vez que o serviço base se mantém gratuito, o volume de pessoas que aderem a este serviço é muito grande, por outro lado, permite à empresa ter mais receitas, além das receitas provenientes de publicidade, o que por sua vez, não só lhe permite ter mais lucros propriamente dito, mas também investir no desenvolvimento de aplicações e serviços complementares, tornando o seu serviço ainda mais interessante e apelativo.

Alguns dos exemplos disso, são:

  • a integração com as maiores redes sociais, e outras plataformas como o WordPress
  • a possiblidade de adicionar vídeos às apresentações, adicionar funcionalidades de análise do desempenho das apresentações ou de tracking de Buzz, isto é, a quantificação e identificação de quem fala sobre a sua apresentação ou de quem a partilha e como
  • a customização do seu canal SlideShare, entre outras.

Além desta empresa, já outras seguiram a mesma tendência de rentabilização, como é o caso da Hootsuite, que também falei aqui recentemente no Web Marketing, quando abordei o tópico como gerir todas as suas redes sociais com facilidade.

O que acha deste modelo negócio?

Parece-lhe mais eficaz que os “modelos tradicionais”?

Melhorar a Sua Credibilidade e Notoriedade Online – Comunicação

A forma de comunicar é, como em tudo na vida, muito importante, e aqui não é excepção.

Quando os seus visitantes chegam até ao seu site, esperam que exista algum tipo de comunicação, com a qual se identifiquem e que consigam perceber.

——————————————————————————————————————————-

Pode ler os outros artigos já publicados da Série Melhorar a Sua Credibilidade e Notoriedade Online, através destes links:

Como Melhorar a Sua Credibilidade e Aumentar a Sua Notoriedade Online

Melhorar a Sua Credibilidade e Notoriedade Online – 2 – Suporte e Testemunhos

Melhorar a Sua Credibilidade e Notoriedade Online – Homogeneidade

——————————————————————————————————————————-

Não é assim tão raro quanto isso, encontrar um site de uma empresa em que o comum dos mortais não perceba patavina do que lá está escrito, a não ser os termos “Homepage”, “Carrinho de Compras” ou “Encomendar” e “Contactos”. E sim, em sites que estão em “português”!


O problema é que, as pessoas se esquecem que uma das regras básicas da comunicação para que esta seja eficaz, é que esta seja entendida pelas partes envolvidas de igual forma.

Estas falhas de comunicação são, na sua maior parte, causadas de forma inconsciente e involuntária, e são o resultado de vícios de linguagem. Como em outras tantas situações, por vezes as pessoas estão tão habituadas a determinados termos e a determinada linguagem que se esquecem que não são todos iguais e que, os termos utilizados podem não ser conhecidos dos outros, ou ser apenas de um grupo restrito de pessoas.

Aqui convém mesmo ter algum cuidado, pois se os seus destinatários não percebem a sua mensagem, de pouco ou nada lhe serve tê-la no seu site. Por este motivo, é extremamente importante a utilização do proofreading.

Proofreading (ou proof reading), é a atividade de revisão de conteúdos de forma a identificar erros ou determinado tipo de problemas que possam haver.

Esta técnica pode ser usada muito facilmente, recorrendo a alguém que está identificado como um potencial cliente/visitante do seu site, e recebendo o seu feedback. Pode até ser um amigo ou familiar, (desde que estes se enquadrem nos potenciais clientes ou os possam representar) o que é importante é que lhe possibilite a revisão dos seus conteúdos, de forma a garantir que conseguirá passar a sua mensagem com sucesso.

Eu próprio utilizo esta técnica com muita frequência quando estou a preparar conteúdos para um site, e garanto-lhe que às vezes fico surpreendido com os resultados. Eu sei que também o podia fazer aqui no blog, mas aqui a minha preocupação é outra – passar conteúdos e o meu tempo é muito escasso.

No entanto, todos os sites que lanço são alvo de revisão por outros olhos que não os meus, e muitas vezes são detetadas situações que necessitam reparo ou algum tipo de alterações.

Também funciona com sites que já se encontrem online, já que nada é inalterável.

Experimente e vai ver que funciona muito bem!

Como Partilhar Online as Suas Apresentações de Powerpoint

Uma questão que está permanentemente em foco no que respeita a web marketing, é a descoberta e utilização de várias formas de divulgar os seus conteúdos na internet, de forma a aumentar as visitas do seu site e a torná-lo mais conhecido no seu nicho.

O que vou falar neste artigo não é uma descoberta inédita, até porque é algo que já existe há algum tempo e já tem muitos utilizadores, mas é um método que ainda não falei aqui no blog, e portanto, achei que seria interessante dar a conhecer aos leitores.

Estou a referir-me ao SlideShare.

O SlideShare, é um serviço gratuito de upload e partilha de apresentações de PowerPoint, que permite a qualquer pessoa ou empresa, divulgar os seus conteúdos, artigos, ideias, produtos, etc, de forma bastante simples e linear.

Inicialmente, deverá criar a sua apresentação, através de um programa como o PowerPoint (PC), o OpenOffice, ou o Apple Keynote (MAC), e depois de a ter finalizada com os devidos retoques e animações, poderá simplemente importá-a para o SlideShare e partilhá-la com o mundo.

Depois, basta que se increva no SlideShare, o que é bastante simples, como pode ver nesta imagem:

E começar a fazer o upload da sua apresentação:

Os formatos suportados são imensos e o tamanho do ficheiro deverá ser inferior a 100MB. Convenhamos que um apresentação com 100MB ou mais, deixa de ser uma apresentação, e mais parece um testamento de alguém que tem muita coisa para deixar aos que ficam 🙂

Depois, só tem de preencher os campos do nome, descrição tags, categoria, etc, tal como vê nesta imagem:

E, voilá! A sua apresentação está pronta a ser visualizada e partilhada pelo mundo.

Uma das coisa mais curiosas sobre o SlideShare, é que permite 2 coisas que eu acho super úteis:

  • permite adicionar vídeos do YouTube à sua apresentação
  • permite adicionar a sua locução ou música à sua apresentação

Apesar de já conhecer este serviço há muito tempo, só agora é que me inscrevi. Sem dúvida algo que já deveria ter feito há muito tempo, não fosse este, um método de divulgação e promoção muito poderoso em termos de SEO.

Apenas uma apresentação, nas primeiras 2 horas teve 27 visualizações sem qualquer promoção. Impressionante!

Agora imagine que divulga a sua apresentação no seu blog ou site, na sua lista de emails e/ou nas redes sociais…

Espero que tenha gostado, e que se inscreva no SlideShare, para ver por si, como são interessantes os resultados que se pode obter.

Já utiliza? Não utiliza? Acha útil?

Partilhe connosco a sua experiência!

Melhorar a Sua Credibilidade e Notoriedade Online – Homogeneidade

Na sequência dos artigos já publicados da Série Melhorar a Sua Credibilidade e Notoriedade Online, que se ainda não leu, pode ler através destes links:

Como Melhorar a Sua Credibilidade e Aumentar a Sua Notoriedade Online

Melhorar a Sua Credibilidade e Notoriedade Online – 2 – Suporte e Testemunhos

publico agora mais um artigo, onde abordo um tema muito importante e em muitos casos não tão cuidado: A Sua Presença na Internet!


A presença em redes sociais e directórios de sites/empresas não é novidade que é uma boa opção de se “mostrar”, mas tão importante como lá estar é a forma como se está. Isto é, é importante estar presente em vários portais e redes, onde poderão estar os seus potenciais clientes, ou que ajudem a potenciar a sua presença junto destes, no entanto, é igualmente importante que, a sua informação ou da sua empresa, que está disponível na rede A, seja igual à da rede B e ao portal de sites ou empresas em que você está registado.

Por vezes, encontra-se informação de certas empresas que, nas páginas amarelas, têm uma informação diferente da informação que consta no site, ou diferente da informação que consta da sua página no Facebook.

Manter a consistência e homogeneidade, é fundamental para não passar uma imagem de desorganização, desleixo ou de incongruência na informação de contacto, de produtos ou serviços e/ou na informação da empresa.

Esta homogeneidade é particularmente importante, quando diz respeito a vários tipos de informação, como são

  • produtos ou serviços disponíveis
  • campanhas e respectivas condições e validades
  • informação sobre a empresa
  • conteúdos com tempos verbais e referências a datas passadas, que na altura seriam futuras
  • localização, contactos e pessoas responsáveis

O que é sempre aconselhável, é que mantenha o registo das suas diversas presenças online, de forma a ser-lhe mais fácil proceder a alguma actualização ou modificação de conteúdos, sem perder noção da sua presença e da qualidade de informação que é passada aos seus clientes e prospectos. Nem que seja através de uma folha de excel – planilha para os amigos brasileiros :), ou que use uma ferramenta que ajude a gerir todas as redes sociais, que não cobrindo todas as situações, sempre pode ajudar

Até porque, não deverá ser algo tão trabalhoso quanto isso, pois em princípio, não deverão haver assim tantas alterações ou actualizações que requeiram muito tempo de volta desse assunto, ou pelo menos com muita frequência, pelo menos no que respeita à informação da localização, contactos, etc.

No entanto, da mesma forma que ficamos mal impressionados, quando vemos um site desactualizado, os nossos visitantes ou prospectos, também o ficam quando a informação que apresentamos não é válida ou está desactualizada. Por isso, é sempre conveniente ter em atenção os sites ou portais onde se regista e manter um log dessa actividade, para que lhe seja mais fácil proceder a actualizações ou alterações quando seja caso disso.

Como disse atrás, não se preocupe se para isso utiliza um método mais “rudimentar” como uma folha de excel. O importante é que funcione!

Melhorar a Sua Credibilidade e Notoriedade Online – 2 – Suporte e Testemunhos

No segundo artigo da série Melhorar a Sua Credibilidade e Notoriedade Online, vou abordar 2 dicas que considero muito interessantes e que me têm trazido bons resultados em vários projetos.

Estas duas dicas, estão intimamente relacionadas com a forma como você é “visto” pelos visitantes do seu site, bem como se é visível ou não o seu empenho em tornar a apresentação do seu site e dos seus serviços mais “transparente”.

Várias Formas de Suporte Aos Seus Clientes/Visitantes

Quando os seus clientes ou visitantes chegam ao seu site, se por algum motivo precisam de o contatar, ou porque têm dúvidas sobre algum serviço ou porque querem a sua opinião sobre algo, é importante dar-lhe várias opções de contato.

Seja um formulário, uma opção de chat, um telefone, ou outras, a melhor forma da pessoa se sentir confiante que está a lidar com alguém sério, honesto e credível, é disponibilizar-lhe várias formas que este pode utilizar para o contatar.

Além de oferecer várias formas de contato, seja ainda mais pro-ativo, e convide as pessoas a contatá-lo, dizendo-lhes que terá todo o gosto em receber a sua mensagem e ajudar no que lhe for possível.

Disponibilize Testemunhos Reais de Pessoas Reais

Apresentar testemunhos reais de clientes reiais, é uma excelente forma de mostrar aos utilizadores que estão indecisos, que você é capaz, através dos seus produtos ou serviços, de satisfazer as suas necessidades, e manter os seus clientes satisfeitos.

Será sempre uma base de comparação ou uma referência que as pessoas terão em conta no momento de escolher um fornecedor de um produto ou serviço.

Note que eu disse, testemunhos reais de pessoas reais. Não estou a insinuar que você é mentiroso, longe disso, mas por vezes há pessoas que tendem a procurar atalhos para conseguirem atingir os seus objectivos. Grande Erro!

Os testemunhos têm de ser reais e genuínos, para que você consiga manter uma boa reputação a médio/longo prazo, caso contrário, mais tarde ou mais cedo, cairá tudo por terra.

Espero que tenha gostado destas dicas e fique atento ao próximo artigo da série com mais dicas úteis para Melhorar a Sua Credibilidade e Notoriedade Online.

Deixe o seu comentário ou sugestão de dica!

Como Melhorar a Sua Credibilidade e Aumentar a Sua Notoriedade Online

Melhorar a sua credibilidade e aumentar a sua notoriedade online são factores de extrema importância, e, no entanto, são tantas vezes descuidados, quer por puro desleixo, quer por simples desconhecimento das implicações.

Com tantos e tantos sites, portais, blogs e empresas online, por vezes torna-se difícil para o utilizador comum, escolher a melhor opção para si, além de considerar o aspecto Preço como factor de decisão. Como já disse aqui no blog, o preço não é tudo. Em muitos casos, nem é o mais importante!

identidade-clara

Por isso, é cada vez mais relevante certificar-se que consegue criar e manter uma boa reputação online, juntos dos utilizadores em geral e dos seus clientes em particular.

A reputação online tem vindo a ganhar importância com a Web 2.0, em que os utilizadores dão mais credibilidade a recomendações de outros utilizadores – que na maior parte das vezes nem sequer conhecem – do que à publicidade tradicional ou a estudos “independentes”.

Por vários motivos, em que este é o que tem claramente mais peso, resolvi escrever uma pequena série de artigos com dicas para que consiga atingir o objectivo de melhorar (ainda mais) a sua credibilidade e, simultaneamente, aumentar a sua notoriedade online, o que consequentemente, lhe trará mais visitas, mais clientes e mais negócio.

Sem mais demora, aqui fica a primeira dica:

Identidade Clara e Sem Receios

Dê-se a conhecer e/ou à sua empresa, de forma clara e sem problemas.

Seja um particular ou uma empresa, as pessoas gostam de lidar com pessoas. Ninguém gosta de falar com máquinas ou de sentir que está a falar para as paredes, ou ainda, e mais importante, de não saber com quem está a falar.

Não tem que ter receios ou qualquer tipo de problema de se dar a conhecer online, e dar a cara pelo seu site ou pela sua empresa. Só o simples fato de ter uma página no seu site, em que descreve a empresa e quem são as pessoas por trás dela, ou em que descreve um pouco de si, atribui-lhe quase automaticamente mais credibilidade, face a outros que não o fazem. Logo aqui, está a ganhar pontos face a outros concorrentes.

É claro que é preciso dar continuidade a este trabalho, mas é sempre um excelente ponto de partida para melhorar a sua credibilidade.

Alguns dos próximos artigos da série “Como Melhorar a Sua Credibilidade e Aumentar a Sua Notoriedade Online“, terão várias dicas em cada artigo, para que não perca a vertente prática e seja mais fácil de “digerir”.

Entrentato, e apesar de eu já ter a série completa, se quiser partilhar algum conselho ou dica comigo e com os outros leitores, é muito bem-vindo, como é sempre!

Conheça o Incrível Poder do Vídeo

O vídeo é, segundo os utilizadores, a melhor forma de consumir conteúdos na internet, não fosse esta também uma das formas mais eficazes de comunicar e de fazer passar mensagens por este meio.

Como prova desta evolução, estão os sites de partilha de vídeo, entre os quais, o YouTube, que é o mais conhecido e o que melhor representa este movimento que tem apresentado resultados impressionantes, como é o caso de haver dias em que o próprio YouTube tem mais tráfego que o Google.

Não entanto, existem muitos outros sites de partilha de vídeo além do YouTube. Todos eles em conjunto têm uma presença ainda mais significativa, e coom maior cobertura a nível mundial.

Infelizmente para todos nós utilizadores, o vídeo em português ainda é muito pouco utilizado para fins que não humor, desporto ou música.

Digo infelizmente, porque acredito que uma melhor e mais vasta utilização do vídeo seria enriquecedor para todos, pois disponibilizaria uma quantidade consideravelmente maior de conteúdos informativos, e com os quais, todos ficaríamos a ganhar.

No entanto, por falta de crença, por vergonha, ou por se pensar que é dispendioso e que só está ao alcance de alguns, ainda vivemos numa realidade carente de conteúdos em vídeo, que não os mencionados atrás.

O Vídeo Não Funciona Só Com o Humor

Existe ainda a percepção de que o vídeo só tem impacto e resultados se for um vídeo cómico, o que é completamente falso!

O vídeo é de facto muito poderoso, e tem um potencial enorme que o torna uma ferramenta capaz de ser utilizada em qualquer mercado e sobre qualquer assunto.

No mercado internacional, o reconhecimento do vídeo como ferramenta eficaz de marketing, é um facto indiscutível. No mercado de língua portuguesa, existe ainda muita resistência à utilização do vídeo, o que para mim não faz qualquer sentido, mas é ainda uma realidade.

Porque é Que o Vídeo é Mais Poderoso

O que atribui ao vídeo maior eficácia quando comparando com outros métodos, é o facto deste fazer uso de uma quantidade superior de sentidos. Isto é, no seguimento de estudos que foram feitos sobre a utilização e consumo de vídeo, é um facto que, quantos mais sentidos forem utilizados por uma pessoa para consumir um determinado conteúdo, melhor será o desepnho do seu cérebro em termos de capacidade de apreensão e “digestão” da informação que está a ser consumida.

Se, estivermos a ler, estamos a utilizar primordialmente a visão; se estivermos a ouvir um podcast ou algo em formato audio, estamos a utilizar a audição, etc. No caso do vídeo, estamos a utilizar a visão e a audição em conjunto, o que aumenta exponencialmente a capacidade de recolha e tratamento de informação.

Ler vs. Ver

Como preferência de consumo de conteúdos também leva a melhor sobre texto ou audio.

Basta pensarmos que, se nos dessem a escolher entre, ler o último livro do Harry Potter e ver o filme sobre a mesma aventura, a grande maioria (para não arriscar dizer “todos”), escolheríamos ver o filme.

Consumos Rápidos

Um outro facto que trabalha a favor do vídeo, é o nosso ritmo de vida. Nos dias de hoje, vivemos constantemente com pressa. Ou estamos com pressa de ir ou com pressa de voltar, mas andamos sempre “a 200 K/h”, e isso faz com que tenhamos pouco tempo disponível. O vídeo também facilita o consumo de conteúdos de forma mais rápida.

Fazer Vídeos NÃO é Caro

Um dos mitos qua ainda existe, é que é preciso gastar muito dinheiro para fazer vídeos.

Quem pensa assim, não está actualizado. De facto, hoje é muito acessível obter software ou harware para fazer vídeos. Um dos exemplos, é um programa que lancei há pouco tempo, o ScreenShowPT. O ScreenShowPT, à data em que estou a escrever este artigo custa apenas 9,90€ (o preço normal é 27€) e permite-lhe fazer vídeos baseados na captura de tela ou em vídeos capturados com uma máquina de filmar, e editá-los para a web.

Não tem de ser este programa, pode escolher outro qualquer. Esta é apenas uma opção para lhe mostrar como fazer vídeos para a internet não é dispendioso.

Conclusão

Se ainda tem dúvidas sobre o potencial do vídeo, este é o momento para se desfazer delas e para começar a pensar em como vai integrar o vídeo na sua estratégia de marketing.

Espero que este artigo tenha contribuído para começar a olhar para o vídeo de outra forma, e que lhe reconheça o valor e o potencial que ele tem.

Num próximo artigo, irei explicar como é possível fazer vídeos simples e eficazes, sem precisar ser uma estrela de cinema ou da televisão, algo que eu também não sou! 🙂

E você, porque é que ainda não utiliza o vídeo?

Deixe o seu comentário e talvez eu possa ajudá-lo a ultrapassar qualquer que seja a dificuldade que enfrenta!

Email Marketing Bate Social Media Aos Pontos

Em 2010, embora haja um crescimento muito grande das redes sociais, o Email Marketing, continua a ser a melhor ferramenta de marketing para dar a conhecer os seus sites, produtos e serviços, ou os de terceiros através de programas de afiliados.

Enquanto que o Facebook afirma que o email vai desaparecer, o facto é que, é mesmo o email que tem melhores resultados em termos de gerar negócio.

estudo email marketing

Um estudo realizado pela eConsultancy, revela que o email continua a ser o meio de comunicação preferido pelos consumidores, e que o email marketing continua a ser a técnica que melhor resultados apresenta.

Sem dúvida que as redes sociais são importantes para qualquer site ou negócio online, mas abdicar do email marketing para apostar apenas nas redes sociais é, a meu ver, um erro crasso!

Na minha opinião, são métodos que se complementam e que devem ser implementados em conjunto para que possa ter melhores resultados, tanto em termos de visitas no seu site, como em termos de negócio.

Outra questão que revelou resultados curiosos, foi quando se questionou os utilizadores, para saber quantas empresas lhe enviam emails com real valor.

Curiosamente, apenas metade destes emails são considerados de valor pelos utilizadores, o que representa ainda assim, uma oportunidade excelente para quem está realmente disposto em oferecer conteúdos de valor aos seus assinantes, e não apenas promoções dos seus produtos ou serviços ou promoções de outros produtos em troca de comissões.

Como é sabido, os utilizadores são cada vez mais exigentes – eu próprio testemunhei isso no questionário que fiz recentemente aos assinantes do blog – e, se você se empenhar apenas em “impingir” a venda de produtos ou serviços, dificilmente será visto com bons olhos, mesmo que gere algumas vendas.

O pior erro que pode cometer, é mesmo este! Não criar uma relação com os seus assinantes ou prospectos, de forma a ganhar a sua confiança e a ser visto como um parceiro, e não como um vendedor.

Pessoalmente, já utilizo os serviços de email marketing da Aweber há mais de um ano e estou muito satisfeito com o seu serviço, pelo que me sinto confortável para o recomendar. Mas seja este ou outro qualquer que você decida adoptar, é importante é que tenha consciência do seu potencial e da sua importância.

O meu conselho, é o seguinte:

Se ainda não utiliza o email marketing no seu site e no seu negócio, comece já! Não perca mais tempo a pensar que não funciona e que não apresenta resultados.

Pode visitar aqui o site da Aweber.

Design VS Usabilidade – Video Case Study

Um dos maiores conflitos de sempre na criação e manutenção de sites e blogues, é entre o design e a usabilidade!

Situações em que se gosta muito de um design, mas que ele não é a melhor opção por vários motivos, tendem a ser muito prejudiciais quando se opta pelo lado do design. Neste vídeo, eu mostro-lhe um caso prático, de como pode ser prejudicial não ter atenção ao que é mais importante!

Quando o Web Marketing celebrou o seu primeiro aniversário, uma das alterações que eu fiz, foi alterar o design do blog para outro template, com um visual (na minha opinião) mais moderno e mais atraente.

De qualquer forma, os mais atentos, certamente já perceberam que voltei a mudar o design do blog para o template que tinha anteriormente, com algumas alterações e melhoramentos. Eu sei que alguns de vocês gostam mais do design anterior, que é quase igual ao actual, mas gostos são gostos e não se discutem, certo? 🙂

De qualquer forma, o mais importante, será o design? Se é bonito ou feio?

Veja este vídeo, onde lhe mostro, como você se pode prejudicar se não der importância ao mais importante!

Depois de ver este vídeo e os resultados que partilhei consigo, provavelmente considerará realizar algumas mudanças no layout do seu site. É certamente uma atitude inteligente, pois muitas vezes pequenas mudanças podem fazer uma grande diferença, como foi o caso da existência ou não de um menu com as categorias no topo do blog, por exemplo.

O facto é que, por vezes estamos tão “viciados” a um determinado visual, que nos esquecemos que se podem fazer muitas alterações que podem melhorar bastante o desempenho do nosso site.

Por isso é igualmente importante, utilizar uma ferramenta de Web Analytics, como o Google Analytics, para conseguir perceber o impacto das mudanças que faz e como pode melhorar o desempenho e resultados do seu site.

Já experimentou melhorar os resultados do seu site fazendo alterações ao layout/design?

O Seu Site é Mobile? Saiba o Que Perde!

Ter um site mobile ou não, pode começar a fazer muita diferença, não fosse o número de utilizadores de internet móvel estar a aumentar consideravelmente de dia para dia.

Tal como já tinha avançado aqui no Web Marketing PT, uma das tendências para 2010, é o mobile!

web marketingpt mobile

Com mobile, refiro-me claro, à internet móvel, ou melhor ainda, à utilização da internet em dispositivos móveis, dos quais o melhor e mais utilizado exemplo é o telemóvel (ou “celular” como dizem os amigos brasileiros 🙂 ).

A questão, é que até mesmo em Portugal, já se têm feito estudos e os resultados até a mim me surpreenderam, não só no número de utilizadores que já aderira à internet móvel, mas em vários outros aspectos, como é o caso das horas do dia em que existe maior utilização, que nem sequer é durante o dia (como eu pensava) mas sim à noite.

Não é novidade que o mundo está em constante mutação, todos sabemos disso, mas é exactamente por esse motivo, que eu acho que aderir a esta nova tendência deve ser uma prioridade também para si.

Um outro estudo realizado nos Estados Unidos, revela que o telemóvel serve cada vez menos para se falar ao telefone (quem diria…) e que embora o número de telemóveis em circulação tenha aumentado consideravelmente, o número de minutos utilizados em conversa estagnou.

Este estudo aponta as maiores utilizações do telemóvel, como sendo o acesso à internet, ao email, jogar, utilizar aplicações, mandar sms’s. (Fonte: New York Times)

Se olharmos para os resultados de outros estudos recentes, como é o caso de um estudo efectuado pela Pew Internet & American Life Project, chamado “O Futuro da Internet III”, uma das conclusões desse estudo é que os telemóveis vão ser o principal meio de acesso à Internet em 2020.

Ok não é já para o ano que vem, mas a mudança também é gradual.

Pense nisto como a fase inicial da Internet, onde haviam muitas empresas que achavam desnecessário ter um site na internet, e agora, uma empresa que não tenho um site, por simples que seja, é “coxa” em termos de imagem e de canais de negócio.

O próprio Web Marketing PT, já tem uma versão mobile!

Esta é uma excelente notícia para os utilizadores do wordpress, porque já existem vários plugins que tornam tudo muito mais fácil.

O que eu uso aqui no blog, é o WP-PDA, mas existem imensos, para todos os gostos.

E o seu site, já é mobile?