Mensagem de Natal 2013

Depois do que foi um ano difícil a vários níveis para muitos, eis que chegamos a mais um Natal, que independentemente da religião é sempre um período de partilha e de balanço.

natal2013

Este foi um ano recheado de evoluções e modificações estratégicas por força das alterações que nos foram impostas pelas grandes plataformas, Google e Facebook essencialmente, e por isso a nível profissional um ano que reflete essas alterações. Ainda assim, este é um momento de partilha e de família, em que outros valores se levantam. É neste contexto que me dirigo a si e a todos os leitores, seguidores e amigos.

Quero desejar-lhe um Feliz Natal recheado de bons momentos e que no próximo ano nos encontremos todos de novo com saúde e força de fazer mais!

Feliz Natal!

Um forte abraço,
Joao Rodrigues

As Redes Sociais em 2013 – Vídeo

As redes sociais assumiram um papel ainda mais importante para as marcas e para os negócios em geral, pois tornou-se num canal de comunicação quase obrigatório.

Neste vídeo pode ver alguns dos dados mais marcantes e interessantes de 2013 no que diz respeito a Social Media.

Houve algum dado que ache especialmente importante? Ou algo que queira salientar?

Reter Clientes Atuais Vs. Captar Novos Clientes

Fazer retenção ou fidelização de clientes é vital para qualquer empresa. Mas será que todas dão a devida importância a esse facto? Será que todas as empresas se empenham da mesma forma para manter os seus atuais clientes ou têm o seu maior foco na angariação de mais, esquecendo os já existentes?

clientes

Qual a estratégia mais correta? Devemos talvez analisar caso a caso, mas em termos genéricos e puramente teóricos, talvez aplicar o mesmo peso de importância a ambas as atividades, entregando a mesma quantidade de energia e recursos.

Leia também estes artigos: Como Fidelizar os Seus Clientes ou Leitores com Email Marketing, Como manter os seus clientes fidelizados e Como Fidelizar os Seus Clientes – Plano de Marketing Digital.

O senso comum e as nossas experiências pessoais e profissionais dizem-nos imediatamente que as empresas dedicam mais tempo e energia na angariação do que na retenção. Mas na verdade com isto poderão perder significativas quotas de mercado para a concorrência.

Um dos problemas básicos da elaboração de estratégias de marketing e vendas tem justamente a ver com a eventual confusão entre o que é um cliente satisfeito e um cliente fiel. Nos custos não há confusão possível, é muito mais dispendioso atrair um cliente do que mantê-lo.

Não existe uma perfeita simetria entre um cliente satisfeito e os seus hábitos de compra e consumo. Existem fatores que devem ser considerados, como o facto dos clientes estarem constantemente alerta a um mercado global, às movimentações da concorrência, novos produtos, garantias, serviços pós-venda, reclamações, publicidade, etc etc.

De forma permanente os clientes comparam o desempenho dos seus ocasionais fornecedores com a sua concorrência.

Uma das melhores forma de estar alerta é manter uma constante comunicação entre a direção e a equipa que está permanente contacto com os clientes, a chamada linha da frente. As pessoas que pelas suas responsabilidades mantêm um contacto permanente com os clientes, conhecem melhor todos os seus sentimentos, alegrias, frustrações e planos futuros em matéria de escolha de produtos, serviços ou fornecedores.

Voltando ao senso comum, não andaremos muito longe da verdade se dissermos que muitos dos quadros diretivos não dão a importância devida ao que a linha da frente vai reportando sobre os seus clientes.

Com isto podem começar a crescer os tais erros de marketing de dar prioridade à angariação de clientes em vez da sua retenção, oferecendo produtos ou serviços antes de identificar as verdadeiras expectativas e necessidades dos clientes, fixar objetivos de crescimento de vendas em vez de crescimento da rentabilidade.

Como Configurar Teclas de Atalho no Skype

É um utilizador frequente do Skype? Sabia que pode ativar e desativar as “teclas de atalho” e simultaneamente personalizá-las à medida das suas necessidades?
Seguem-se algumas dicas úteis para funcionar com as teclas de atalho do Skype!

Como ativar teclas de atalho?
Vá para o menu principal, clique em “Ferramentas/Tools” e depois “Opções/Options”.

1

Na barra da esquerda clique em “Avançadas/Advanced” e depois em “teclas de atalho/Hotkeys”.

2

Clique na caixa “ativar teclas de atalho/enable keyboard shortcuts”.

3

Já está, muito simples!

E como personalizar teclas de atalho?
No quadro você vai encontrar um conjunto de comandos de teclas de atalho já criadas, mas poderá sempre personalizar todas as ações com atalhos da sua preferência.

4

Para tal bastará em cima do atalho e conseguirá editar sua própria sequência de teclas de atalho.
Depois de personalizado não se esqueça de salvar a informação, clicando em “guardar/save”.
Também muito simples!

Noções Essenciais Para Melhorar a Sua Comunicação Online

Sejamos realistas, nunca foi tão fácil fazer comunicação empresarial como hoje em dia. Mas é preciso ser assertivo, senão corremos o risco de nos afastarmos, em vez se nos aproximarmos, do nosso público-alvo.

Se tem nas mãos um inicio de uma empresa ou negócio, segue-se alguns conceitos básicos para que possa aplicar no seu projeto de comunicação digital.

comunicacao

Comece por verificar toda a ortografia utilizada nas mensagens e campanha inicial. De pouco importa ter uma fantástica mensagem se esta tiver um erro ortográfico. Seja claro e aplique simplicidade na escrita. Independente das caraterísticas o seu publico alvo, a clareza da mensagem inicial vai ajuda-lo a construir algo a partir desse ponto base.

Será absolutamente fundamental para qualquer campanha de social media adequar o discurso ao seu público. Se as pessoas não gostam do que você tem para dizer, eles não ficarão disponíveis para o ouvir.

Faça o máximo esforço para aumentar a sua simpatia e poderá começar a conquistar um público envolvido e interessado. Poderá seguir algumas destas regras:

  • Procure não colocar posts em excesso. Ninguém gosta de se sentir spam.
  • Seja verdadeiro sobre a sua marca. O seu público vive ao redor da internet e das redes sociais, saberá distinguir o verdadeiro do falso.
  • Defina as expectativas. Deixe claro sobre o que irá resultar da sua presença. Inovação, descontos, dicas…, enfim, antecipe-se.
  • Dê vida e personalize o seu discurso. Tenta não dar respostas automáticas, do outro lado estará alguém que eventualmente tem uma necessidade enquanto consumidor e quer sentir-se especial.

Como já referi, é importante controlar o número de mensagens. O muito pode ser igual ao pouco. É importante começar por algo apelativo.

Uma boa forma de definir a periodicidade dos seus posts será analisar o que outras empresas do seu sector fazem. Não caia na tentação de fazer igual, é apenas uma orientação para aquilo que os consumidores estão habituados.

É igualmente importante temporizar as ações. Se você não colocar tempo para cada ação nunca saberá em que ponto está.

Se tem dúvidas e não sabe ao certo por qual plataforma social iniciar a(s) sua(s) campanha(s), questione a sua equipa e peça-lhes a sua opinião. Enquanto utilizadores frequentes (e consumidores) saberão responder-lhe instantaneamente onde eventualmente terá mais rapidamente sucesso.

Outra vez, pode sempre analisar onde a sua concorrência investe tempo nas suas ações e cruzar essa informação com os seus objetivos.

Existem múltiplas opções para a sua campanha de media social. Bem utilizadas todas poderão ser uma excelentes ferramentas para o marketing da sua marca. Dar informações rápidas e assertivas é sempre a melhor forma de envolver o seu público neste tipo de contextos.

As estratégias de social media são uma poderosa ferramenta de marketing, imprescindíveis para o sucesso de qualquer start-up.

7 Dicas Para Ter Uma Melhor Entrevista de Emprego

A competitividade no mercado de trabalho é, como todos sabemos, cada vez maior. Quando nos candidatamos para um novo emprego todos os detalhes são muito importantes.

Se se está a preparar para uma entrevista de emprego, não se preocupe apenas com as respostas às questões que lhe poderão colocar. Invista também na primeira impressão.

entrevista-emprego
Lembre-se que a partir do momento em que entra pela porta da empresa, você já começa a ser avaliado.
Deixo algumas dicas que algum dia lhe poderão ser úteis numa entrevista de emprego.

1. Seja pontual

Ser pontual não é chegar com muita antecedência. É chegar a horas. Chegar muito cedo pode transparecer alguma ansiedade, insegurança em relação ao trajeto ou desconhecimento da zona. Não existe uma boa desculpa para se atrasar numa entrevista de emprego, pois todas vão parecer descuido da sua parte. Dificilmente uma entrevista lhe correrá bem se chegar atrasado.

2. Apresente-se apenas com o essencial

Antes de entrar na empresa beba e coma tudo o que tem para beber ou comer. Nenhum alimento é passível de ser transportado para a entrevista. Pastilha elástica é proibitiva, obviamente. Pastas e outros adereços podem igualmente ficar no carro ou em casa. Uma dica, se tem dúvidas, não leve. Nunca transforme o foco da sua entrevista no que trás consigo.
Tenha no entanto à mão o seu CV, as suas referências e uma caneta. Surpreenderá o entrevistador pela positiva se disponibilizar imediatamente umas destas 3 coisas, mostrando que se preparou e preocupou com o que lhe poderia solicitar.

3. Roupa adequada à função

A forma como se apresenta vestido numa entrevista poderá não ser a base da última decisão do entrevistador, mas pode ser determinante. Informe-se sobre a função à qual se candidata e vá até ao pormenor de saber como se deverá apresentar. Não terá que ir na véspera para a porta da empresa esperar que os funcionários saiam, mas pode recolher informação por outros meios, tentando perceber, por exemplo, qual a cultura da empresa. Use o LinkedIn, pode ajudar num ou outro caso.

4. Seja agradável para a rececionista

Nunca se esqueça que quer causar uma fantástica primeira impressão. A primeira pessoa que o recebe pode não ser o decisor final mas a sua opinião pode ser importante. Algumas empresas costumam pedir às suas rececionistas feedback sobre a forma como o entrevistado entrou e se apresentou. Se for uma função comercial, este feedback pode dizer mais sobre o candidato que meia hora de entrevista com respostas preparadas.

5. Esqueça que tem o telefone consigo

Para além da questão óbvia de desligar ou tirar o som do telemóvel, tente não usa-lo enquanto aguarda que o chamem. Utilize esse tempo para se concentrar e não se dispersar com uma chamada que chega ou uma mensagem que recebe. Além disso, o entrevistador pode aparecer das suas costas e surpreende-lo.

6. Dar o primeiro passo

Não tenha receio de estender primeiro a mão para o cumprimento inicial. Com esse pequeno gesto, você estará a transmitir entusiasmo, determinação e auto-confiança.

7. Encontre um ponto comum com o entrevistador

Pode utilizar a mesma técnica que faz com os seus potenciais clientes, ao tentar encontrar ligações entre ambos. Fique atendo aos detalhes ao seu redor pois podem dar-lhe pistas sobre factos comuns entre ambos, pequenas coincidências. Não seja demasiado invasivo, mas pode ajudar se descobrir por exemplo, que estudaram na mesma universidade, que tiveram professores comuns, etc.

Este conjunto de dicas não lhe garantirão trabalho, mas poderão aproxima-lo um pouco mais do objetivo. Prepare-se, seja positivo e confiante. A sorte é sempre uma combinação de preparação com oportunidade.

5 Funções de Marketing Que Podem Ser Executadas à Distância

De uma forma generalizada, as empresas estão cada vez mais a considerar colaboradores que possam trabalhar remotamente, permitindo a oportunidade de assumirem funções a partir de sua casa, espaço público ou qualquer outro local onde possa aumentar a sua produtividade.

Felizmente para todos aqueles que trabalham em marketing, essa também é uma realidade crescente.

marketer

Se já pensou em desenvolver a sua carreira como profissional de marketing fora do escritório, estas são algumas das funções onde efectivamente existe essa possibilidade:

1. Consultor de Marketing Digital

É uma função extremamente flexível e se você tem uma forte experiência e sucesso comprovado em marketing digital, trabalhar remotamente poderá ser uma excelente opção.
Trabalhando numa empresa de marketing digital, poderá analisar processos de marketing digital, criar ou desenvolver estratégias. No entanto, no caso de ser consultor independente poderá escolher o tipo de trabalho e o tipo de clientes que deseja assumir.

2. Analista de Marketing

Se o seu trabalho passa, na sua base, por analise de dados, números, comportamentos e transforma-los em marcas ou estratégias de marketing, trabalhar remotamente pode ser uma excelente opção. Sem interrupções será concerteza mais produtivo neste tipo de função, aumentando o foco no seu pensamento estratégico.

3. Gestor de conteúdos

Elaboração de conteúdos apelativos e devidamente enquadrados com o core business da empresa, desenvolver estratégias ou activar campanhas, são tarefas que poderá realizar em qualquer parte do mundo. Obviamente que importa não perder o contacto com a realidade e dia-a-dia da empresa.

4.Gestor de Produto

Muitas empresas preferem que os seus gestores de produto trabalhem no escritório onde possam interagir com os outros membros da equipa, mas há sempre a possibilidade fazê-lo remotamente, onde porventura fará todo o sentido em start-ups ou empresas com espaço reduzido, que valorizem o trabalho virtual.
Entre gestão de lançamentos, comunicações internas, mensagens para o exterior, definição de preço ou posicionamento, se acha que pode melhorar o seu desempenho poderá sempre considerar esta hipótese e apresentá-la hierarquicamente.

5. Marketing Copywriter

Aqui será uma opção óbvia para um trabalho remoto. De uma forma genérica, é uma função onde todo o trabalho produzido vai muito para além das 8 horas normais de um dia trabalho.
Discussão das mensagens dos clientes, debates, partilha de ideias, apresentação de soluções/opções, alteração de estratégias ou supervisão da produção é algo que muitas vezes se estende para fora de horas, noites e fins de semana.

Efectivamente existe uma série de oportunidades para trabalhar remotamente na área do marketing. O mundo digital e as empresas de tecnologia estão cada vez mais atentas a esta realidade.

No fundo, para um professional de marketing, se a criatividade, a observação e a analise forem confinadas a um local de trabalho muito limitado, poderá até ser impeditivo para explorar todas as suas capacidade e recursos.

Como Tirar Mais Proveito do Skype – 7 Dicas

É um utilizador frequente do Skype? Gosta de explorar todas as potencialidades desta excelente ferramenta de comunicação? Então este artigo é para si! Seguem-se 7 pequenos truques para personalizar e tirar maior proveito do Skype!

dicas-skype

1. Como mostrar simultaneamente várias janelas de conversação?

Se estiver a conversar com várias pessoas ao mesmo tempo, a vista tradicional pode torna-se insuficiente.
No entanto há uma forma simples de exibir no seu monitor várias janelas de conversação.
Na barra principal clique em “ver”, depois em “vista compacta”. Para voltar ao normal, seleccione “vista pré-definida”.

2. Como editar a última mensagem?

Se pretende alterar algo numa mensagem acabada de enviar, poderá ainda fazê-lo.
Basta carregar na tecla “up” (seta para cima) e a mensagem aparecerá de novo dentro da caixa de texto.
Faça as alterações que deseja e envie de novo.

3. Como editar ou remover mensagens recentes?

Se desejar alterar uma mensagem já enviada recentemente, pode igualmente fazê-lo, mas terá que seleccionar a mensagem em questão. Da mesma forma, poderá apagar mensagens enviadas anteriormente.
Clicando no botão direito do rato, terá as duas opções disponíveis.
Quando edita uma mensagem anterior, um pequeno lápis aparecerá junto à alteração, indicando que ali houve mudança de texto.
Quando apaga uma dessas mensagens, surgirá uma notificação que indica que a mensagem foi removida.

4. Como esconder o identificador de escrita?

Quando está a conversar com alguém no Skype, você pode ver quando a outra pessoa está a escrever (um pequeno lápis aparece) e também quando essa pessoa apaga algum texto.
Se deseja que a outra pessoa não veja se está a escrever (ou o que está a apagar) antes da mensagem ser enviada, você poderá retirar esta opção.
Vá a “ferramentas”, “opções”, “conversas e sms”, “mostrar opções avançadas” e aqui retire a opção “mostrar quando estiver a escrever”.

5. Como criar linhas em branco?

Por defeito, sempre que numa conversa pressiona a tecla “enter” a mensagem é enviada. No entanto, se pretende criar linhas em branco na conversação basta premir simultaneamente as teclas “shift” e “enter”. Muito Simples.

6. Como mudar o tipo e o tamanho da letra?

Pode facilmente alterar o tamanho e o tipo de letra que utiliza na escrita.
Na barra principal clique em “ferramentas”, depois em “opções”. Na coluna da esquerda procure a opção “conversas e sms”, depois clique em “aparência da conversa”. Aqui poderá então mudar a fonte e o tamanho da letra com que escreve.

7. Como alterar a forma como os nomes dos seus contactos são apresentados?

Você pode alterar o nome dos seus contactos. Uma ferramenta útil no caso de, por exemplo, ter duas pessoas exactamente com o mesmo nome.
Clique no contacto. Junto ao nome ir aparecer uma mini-janela com a palavra “editar”.
Faça as alterações que deseja e no final clique em “guardar”.

Estes são só alguns dos muitos recursos que o podem ajudar a disfrutar ainda mais do Skype. Tire proveito, comunique mais e melhor!

Top de Redes Sociais que Geram Mais Visitas 2013

Este é o tipo de informação que é útil para qualquer marketer, webmaster ou blogger, pois o tráfego ou visitas é um ponto fulcral na criação e desenvolvimento de qualquer projeto online.

Um site ou blog sem visitas é um desperdício de tempo e dinheiro, por isso é sempre importante estar atento ao que o pode ajudar a aumentar as visitas do seu site.

top-redes-sociais

Com isto em mente, achei que seria relevante divulgar uma lista das Redes Sociais que estão atualmente a gerar mais tráfego para os sites dos criadores de conteúdos.

A lista foi publicada pela Shareaholic e revela, quanto a mim algumas novidades, entre as quais se destacam duas: a subida impressionante do Pinterest e a ineficácia significativa do Google+.

Além dos pontos que já mencionei, é igualmente importante referir a queda do StumbleUpon e do Reddit, que foram algumas ferramentas que eu próprio usei para o desenvolvimento e crescimento do Web Marketing, mas que confesso que já não utilizo há algum tempo pois os resultados foram tornando-se cada vez piores.

lista-redes-sociais-trafego

Além disso, não quero deixar passar em claro o crescimento considerável do LinkedIn ~35%, e o do YouTube acima dos 50%, o que continua a refletir o inegável crescimento do vídeo como já tive oportunidade de referir várias vezes, e que o torna cada vez mais uma ferramenta importante de qualquer marketer.

A lista completa pode ser consultada aqui.

Moral da história?

Deixe de fazer o social bookmarking à antiga e mude para métodos mais eficazes recorrendo à utilização de imagens no caso do Pinterest, vídeos no caso do YouTube, e com a utilização do LinkedIn recorrendo a todas as dicas que o Miguel já publicou aqui e que aqui deixo algumas referências:

Como usar o LinkeIn para promover o seu negócio

Como tirar partido do LinkedIn

Como captar clientes através do LinkedIn

Confesso que fiquei um pouco surpreendido com alguns destes dados e que, penso fazer alguns ajustes ao meu plano de marketing digital. E você?

7 Dicas Para uma Gestão de Comunidades Online Com Sucesso

De que forma a sua empresa interage com a comunidade online?

Em muitos casos, as empresas ainda optam por intervir com respostas automáticas, partindo do pressuposto que servem para quase todas as questões. Mas a presença social requer muito mais do que isso. Um sentimento online menos positivo de uma empresa, marca ou produto, pode não só atingir a reputação do negócio como causar sérios danos em toda a estrutura.

gestao-comunidades-online

Aqui estão 7 dicas que deverá considerar na gestão das respostas com a sua comunidade online:

1. Não dê respostas automáticas

Cada resposta que redigir irá ficar visível por algum tempo. Se o fluxo de respostas for a dada altura mais intenso, vai rapidamente tornar-se evidente para os seguidores que responde sempre da mesma forma. Não irá parecer genuíno e o seu público poderá não gostar.

2. Seja Oportuno

Incutir uma cultura de urgência entre quem faz a gestão das páginas é de extrema importância. Fechar um determinado ciclo de comentários ou pacificar algum tema pode ser fundamental.
Não precisa responder a cada comentário, mas é importante responder aos bons e aos menos positivos, pois mostra que está envolvido e atento.
Perante comentários menos agradáveis responda sempre com racionalidade. Respostas genuínas e racionais são muito eficazes para dissuadir quem está “ao ataque”.

3. Respostas curtas

Não se alongue em extensos comentários ou explicações, estes espaços não são para tal. As suas respostas não são apenas para o destinatário mas para toda a comunidade e até futuros consumidores. Não coloque excesso de informação nas suas respostas.

4. Escolha as pessoas certas

Os colaboradores que estão mais próximos dos seus clientes serão certamente os melhores para interagir com eles. Colocando na linha de resposta esses colaboradores, a sua estratégia de comunicação online passa a desenvolver um maior sentido de urgência para resolver potenciais problemas e, ao mesmo tempo, solidifica o relacionamento com o cliente.

5. Nunca torne nada pessoal

Lembre-se que terá sempre que manter intacto o seu profissionalismo. Optar por uma discussão online é o pior que poderá fazer, pois irá na direção de uma eventual tempestade online. Não quererá isso, garantidamente. Muitas vezes pode parecer injusto para as empresas, mas não retire a totalmente a razão ao cliente, pelo menos neste tipo de contextos sociais.

6. Preocupe-se

Partilhe que está empenhado em resolver alguns problemas que a sua comunidade comenta. Não irá querer ser conhecido como uma causa perdida, por isso faça um esforço por melhorar a cada dia. Mesmo que não haja desenvolvimentos não deixe que o silêncio acabe por ser uma resposta.

7. Agradeça ao seu cliente

Valorize a descoberta de um problema ou o desenvolvimento de um produto ou serviço . Agradeça e felicite os seus clientes pela superação de um determinado obstáculo. Se for o caso, explique que só foi possível devido aos seus contributos e à proximidade diária com eles.

É importante pensar que não existe muita margem para falhas na comunicação online, o próprio silêncio, só por si, pode ser uma falha.
Muito do sucesso de uma marca, produto ou serviço está não só na sua qualidade intrínseca como também na forma como interage e se relaciona com o seu consumidor ou cliente.
A comunicação online é uma excelente forma de criar proximidade e cumplicidade com os seguidores. Aproveite da melhor maneira possível!

Como Encontrar Potenciais Clientes Usando as Redes Sociais

Passa horas a pensar como e onde descobrir potenciais clientes? ou em como consegue captar mais clientes

Porque que não utilizar as redes sociais?

A utilização das redes sociais podem efetivamente desenvolver o seu negócio. Mas pense por fases, antes de tentar vender, é imprescindível criar bases para uma relação de confiança com o seu potencial cliente.

Neste artigo, veremos algumas formas de usar as redes sociais para encontrar e estabelecer relações comerciais com prospetos e gerar novos contatos para o seu negócio.

mais-clientes-redes-sociais

1. Participe nos Grupos do LinkedIn

Tendo um perfil no LinkedIn, poderá pesquisar algum grupos que tenham as temáticas que mais lhe interessam. Junte-se a eles.

Nos grupos do LinkedIn poderá existir um vasto número de oportunidades para networking com pessoas que têm o perfil que procura.

Existe uma forma muito simples de o fazer. Na barra principal, clique em “interesses”, depois, em “grupos”. Na janela seguinte clique em “mais” junto a “grupos que podem ser do seu interesse”.

A partir daqui use keywords ou palavras-chave especificas para procurar grupos que mais lhe interessam. Se desejar, poderá ainda fazer o filtro por “relacionamento”, “categorias” ou “idiomas”.

Uma vez inserido nos grupos que mais lhe interessam, convém nunca se esquecer que o LinkedIn não é uma plataforma de vendas. Interaja com a comunidade de uma forma construtiva, ajudando sempre que possível com a sua experiência pessoal ou profissional. Partilhe experiências sempre que seja adequado.

Tome igualmente atenção às pessoas que gostam dos seus comentários, é importante saber como reaje o grupo às suas intervenções. Visite aos seus perfis para verificar se algum deles não será o prospect que procura. E se for o caso, porque não convidá-lo para a sua lista de contatos.

Se não existir um grupo que preencha todos os requisitos que deseja, pode sempre ser pioneiro na crição de um novo grupo, da sua autoria, tentando captar para ele todos os contatos que lhe interessem.

2. Participe nos Chats do Twitter

Utilizar o Twitter é uma ótima forma de se relacionar com a comunidade e gerar novos contatos.

Poderá consultar um conjunto de listas para localizar rapidamente chats que são relevantes para si. Uma das melhores coisas que os chat do Twitter têm é que se passa rapidamente de estranho a participante, sem pedidos de aprovações. Com o passar do tempo, os participantes começam a conhecer-se e a desenvolver relações.

Presente nestas salas virtuais, vai encontrar pessoas que colocam perguntas que poderá facilmente responder. Lembre-se que as suas respostas têm que ser claras e concisas, pois tem o espaço de resposta limitado.

3. Partilhe Eventos

Se participou ou vai participar em algum evento, feira ou exibição, não hesite em partilhar essa informação nas redes sociais. A razão é simples, irá atrair para o seu post potenciais interessados. Talvez alguém partilhe o seu post, talvez alguém comente, talvez hajam apenas “likes”. Mas reacões pressupõem interesse.

Esta medida é transversal a todas as redes sociais. Partilhar este tipo de iniciativas torna-o visível, informado e interessado pelo seu setor.

Até lhe dá uma vantagem extra sobre os grupos onde participa. Enquando nos grupos poderá encontrar muito da sua concorrência, aqui é mais abrangente. Podera encontar os interessados no setor, que sejam exatamente o seu target, ou porque não, new business.

4. Utilize o MeetUp e o Facebook

Poderemos também incluir as plataformas Meetup e Facebook, com a mesma estratégia mas com alguns cuidados. Sendo redes mais propensas ao lazer e à descontração social, poderá ter que entrar de uma forma mais “soft”, sob pena de ser chamado à atenção pelos moderadores. Em qualquer dos casos recomenda-se subtileza nos comentários e escuta activa.

São concerteza duas ótimas redes para divulgar e tomar conhecimento de eventos. Participar é fundamental.

Estas são apenas algumas técnicas para desenvolver relações com pessoas que poderão estar interessadas nos seus produtos ou serviços.

Assim que os seus novos contatos começarem a confiar em si e nos seus conhecimentos, irá comecar a construir algo novo. A partir desse momento estarão obviamente mais propensos a comprar a si do que a outra pessoa de quem não conheçam absolutamente nada.

Quando mais confiança for estabelecida, mais lealdade irá encontrar em quem estiver interessado nos seus produtos ou serviços.

Alguma vez usou alguma destas técnicas nas redes sociais para encontrar clientes? Alguma outra?

36 Regras Essenciais nas Redes Sociais – Infográfico

Estas 36 Regras das Redes Sociais é um info-gráfico muito interessante que, por um lado resume em poucas palavras, muitas das dicas que já temos vindo a publicar aqui no Web Marketing, e por outro lado, dá mais algumas dicas de cuidados que deve sempre ter na sua abordagem às redes sociais e à gestão dos seus projetos nestas redes.

Para ver o info-gráfico maior e com mais legibilidade, clique na imagem e abrirá noutra janela o info-gráfico em tamanho maior.

36 Regras das Redes Sociais

Como é fácil de ver, o info-grafico não é da minha autoria e resulta de uma compilação de dicas de vários sítios, que pode consultar no rodapé.

Caso, tenha mais alguma para acrescentar, deixe um comentário!

O Que é o Marketing Político e Como Funciona

Ao longo das últimas décadas, uma das áreas do marketing que mais alterações teve na sua genética foi, sem dúvida, o marketing político. A forma como os candidatos se posicionam perante os público-alvo, as forma de abordagem, a adaptação às novas tecnologias, enfim, todas as estratégias são hoje pensadas ao pormenor, onde o mínimo detalhe conta.

marketing-politico

A poucas dias de vivermos mais umas eleições autárquicas em Portugal, passarei de seguida em revista alguns desses detalhes, que deverão ser incluídas, ou pelo consideradas, numa estratégia de comunicação e marketing político.

– A Imagem

Que imagem o candidato quer apresentar perante o seu público? Este é o ponto de partida para tudo o resto. A partir desta resposta, uma linha de raciocínios e de estratégias se desenvolverão. A imagem de um candidato não se começa a desenhar no momento em que se candidata, ela vem do seu passado. Ainda assim é possível fazer correcções de última hora.

– A Escuta Estratégica

É necessária também fazer uma escuta estratégica. Não se pode cometer o erro de se partir para uma corrida eleitoral com base em intuições, pois podem-se planear acções sem entender devidamente o comportamento do eleitorado. Falo de analise de sentimento, dispersão, volume e alcance, por exemplo.

– A Mensagem

Que estratégia de comunicação apresentar? Que mensagem passar para o eleitorado? Aqui devem entrar os profissionais. A opção por uma estratégia de comunicação feita apenas em ideias e conceitos próprios pode falhar categoricamente na sua base. Comunicar assertivamente não é para todos. Mesmo que se conheça o território como ninguém. Assessoria de comunicação recomenda-se.

– O Conteúdo

Entramos numa área que muitas vezes pouco distingue os candidatos. Quem não quer o melhor para o seu eleitorado? Dizemos muitas vezes que dizem todos o mesmo. Seja ou não seja verdade, estudos garantem que em marketing político, a grande percentagem da influenciação não está tanto no conteúdo mas em aspectos como a empatia natural, a tonalidade da voz, na clareza do discurso ou até na criatividade.

– A Equipa

É fundamental reunir amigos e colaboradores e distribuir tarefas de acordo com as aptidões de casa um. Entre as funções fundamentais poderão estar o controlo administrativo/financeiro, a gestão de activos humanos e o controlo de informações e pesquisas de comportamento do eleitor. Um acompanhamento de profissionais de marketing pode orientar a equipa e ajustar o posicionamento nas diferentes fases de uma campanha eleitoral.

– Estratégia Online

Hoje em dia não haverá nenhum candidato que despreze os meios online. O domínio das ferramentas ao dispor das redes sociais são hoje absolutamente fundamentais para uma eleição. O Web Marketing político, se assim lhe poderemos chamar, é a força que move a maioria das campanhas. Uma espécie de alavanca que motiva reacções, comentários, interacção e até ideias, num público amplo, não restrito e até de difícil mensuração. Genericamente, é talvez, neste momento, a maior arma existente para comunicação de massas.

É necessário estar aberto ao dialogo, falando de igual para igual com a comunidade web. As redes sociais estão a contribuir para um processo de humanização da sociedade em geral e os políticos nela estão inseridos.

9 Regras de Etiqueta CRUCIAIS em Email Marketing

O Email Marketing é um das melhores formas de fidelizar clientes e leitores, e mesmo que chegue ao primeiro lugar no Google, nunca terá tanto sucesso em que mercado for, se não recorrer ao Email Marketing para rentabilizar (ainda mais) o tráfego que consegue captar. Mas aqui, tal como em outras áreas, é conveniente respeitar algumas regras de etiqueta e boas práticas para ter bons resultados.

etiqueta-email-marketing

Por isso aqui ficam 9 regras absolutamente importantes e que devem ser consideradas em todo o tipo de projetos de forma a maximizar os resultados e o retorno que se pode obter com o poder do Email Marketing:

1. Email Marketing com permissão

A primeira e a mais óbvia e uma das mais importantes de todas, é de fato, obter permissão dos seus assinantes, antes de lhes enviar seja o que for.

A permissão do destinatário, além de requerido legalmente, é algo que, se pensarmos um pouco tem um peso significativo no desempenho dos assinantes quando recebem a sua newsletter. Basta pensarmos na reação que temos quando recebemos algo que não subscrevemos e nem sequer sabemos o que é ou não nos interessa tão pouco.

A sua reação e comportamento é completamrnte diferente quando recebe um email que sabe que foi você que solicitou do que na situação oposta e isso pode fazer com que o seu email nem sequer seja lido ou aberto.

2. Não faça SPAM

Embora dolorosamente óbvio, este ponto tem sempre de ser abordado quando falamos em etiqueta em email marketing, pois é uma das essenciais regras para que as suas mensagens sejam lidas e originem atitudes ou ações eficazes.

O envio de emails não solicitados sem que o destinatário se possa exceluir da base de dados em questão, é algo sempre condenável!

3. Disponibilize saída fácil

Algo que tenho sempre defendido desde início, é disponibilizar sempre o link para saída da newsletter de forma fácil e bem visível. Eu próprio faço isso na newsletter aqui do blog e por uma razão muito simples:

Não quero manter ninguém na lista de assinantes contra a sua vontade. Tão somente por isso!

O valor dos conteúdos falam por si, e tendo isso em mente, não é necessário ter ou manter as pessoas contra a sua vontade. Até porque se não querem também não vão dar qualquer retorno no futuro por isso mais vale deixar ir, e convidar até, quem não estiver interessado, a clicar nesse link.

Pense bem, pois até é uma vantagem para todos nós que usamos serviços de email marketing, pois assim sempre são menos uns registos “mortos” que não iriam dar qualquer retorno a ociupar espaço na sua lista.

4. Mantenha a lista limpa

Entre os envios e as devoluções, haverão algumas situações que convém ter atenção e eliminar da sua lista, como é o caso dos hard bounces.

Entre os tipos de devoluções (ou newsletters que não chegam aos destinatários, e por isso são “devolvidas” pelos servidores de destino), existem os soft bounces e os hard bounces.

Des forma simples e rápida, os soft bounces são devoluções normalmente causadas por motivos temporários, isto é, caixa do destinatário cheia, impossibilidade de comunicar com o servidor de destino, etc, mas sempre motivos que se entendem como sendo de natureza temporária.

Já os hard bounces são devoluções de caracter definitivo, ou seja, quando o motivo que está na raiz da devolução tem como base algo que não irá/poderá ser resolvido ou ultrapassado no próximo envio, como é o caso de endereço errado/inexistente, entre outros.

São estas devoluções que convém limpar da sua lista de emails, para evitar ter registos a ocupar espaço desnecessariamente.

5. Crie newsletters bem formatadas

Como em tudo na internet, a fomatação é importante.

Manter o código html simples e “limpo” é algo que poderá josgar a seu fazvor nos vários tipos de leitores de emails, móveis ou não.

Não queria ter a newsletter mais complexa do mundo, pois não será isso que fará a diferença.

Por outro lado respeite as boas práticas de base do html para não cometer erros frequentes como a falta de tags Alt nas imagens, entre outras. Estes erros pagam-se muito caro!

6. Versão de texto

No seguimento das boas práticas e uso de html nas newsletters, uma excelente prática é criar sempre uma versão da newsletter em texto simples, isto é, sem HTML, para possibilitar a entrega da newsletter a todos aqueles que t|em restrições de visualização de html no seu leitor de email, ou por razões profissionais ou por qualquer outro motivo.

7. Use cores e fontes limpas e que facilitem a leitura

Com a diversidade de programas de email que existem, é sempre aconselhável tentar manter as coias simples e o mais legíveis possível.

Evite formatações complexas também ao nível de fontes, tamanhos das fontes e cores utilizadas. Criar algo simples será certamente em seu benefício e no benefício dos seus leitores, pois também facilitará a leitura dos conteúdos, ou seja é uma situação win-win, em que ambos os lados são beneficiados.

8. Seja apelativo, sem mentir

Muitas das campanhas de email entram num desespero tal para conseguir aberturas e cliques, que roçam a mentira, quando não lhe acertam em cheio.

É, outra daquelas práticas que, na minha opinião acabam por condicionar o resultado da ação ou campanha a um fracasso, pois a imagem que resultará no final será de algo falso e que visava apenas o clique. Os utilizadores de internet estão hoje muito mais informados e experientes que há alguns anos atrás quando valia “quase tudo” que ainda se conseguia resultados. Hoje já não é assim e o caminho é exatamente este!

9. Teste, teste ah e teste novamente

Se há áreas onde o test and learn (testar e aprender) se aplicar muitíssimo bem, uma delas é certamente o email marketing. Isto porque, além de haver muitas variáveis em jogo, é um meio muito próximo ao utilizador. Mais que o Facebook ou outra rede social.

Daí que, embora possam haver boas práticas, é altamente aconselhável que faça muitos testes afim de apurar o que realmente resulta no seu caso em particular, e tentar sempre melhorar o melhor resultado obtibo. Isso pode ser feito por testes A/B por exemplo, em que testa apenas uma variável de cada vez e no fim do teste usa aquele que melhor resultou e faz outro teste em cima desse para melhorar o resultado no envio seguinte e assim sucessivamente.

Conclusão

Como já disse várias vezes, o email é sem dúvida um dos melhores, senão o melhor canal de comunicação, mas para isso deve ser bem utilizado, e isso começa por perceber bem na realidade o que é email marketing, saber escolher um bom software de email marketing em português (veja o E-goi se ainda não conhece), não cometer erros graves, e fidelizar os seus clientes com email marketing, que será no fundo o grande objetivo.

Tem alguma dica a acrescentar? Deixe nos comentários!