O que um Simples Funil Pode Fazer Por Si

O título deste artigo pode ser um pouco confuso, mas garanto-lhe que o conteúdo vale a pena. E já vai perceber porquê!

Como já referi em artigos anteriores, e independentemente do objectivo principal do seu site ou blog, seja ele vender algo ou converter os visitantes em subscritores, o importante é que você tem um objectivo principal. E, tão ou mais importante é que tenha esse objectivo sempre em mente na gestão e desenvolvimento do seu site, de forma, a que qualquer desenvolvimento ou modificação que lhe faça, seja sempre feita com esse objectivo em mente.marketingfunnel

É muito comum ver sites que têm um produto à venda, mas que em simultâneo, têm mais 20 funções diferentes que nada têm a haver com a venda desse produto. O mesmo se passa com blogs. Frequentemente, vê-se blogs que, paralelamente aos seus conteúdos, têm mais uns tantos itens que promovem conteúdos alheios ao blog.

Isto acontece com frequência, quando as pessoas julgam que é benéfico ter dezenas de funcionalidades nos seus sites ou blogs, e que isso, cativa os visitantes por mais tempo, ajudando a convertê-los em clientes ou subscritores. Este é um erro muito comum, e que, curiosamente, têm o resultado oposto ao que se pretende.

É muito importante perceber o que determinada funcionalidade pode fazer ao seu site ou blog. Principalmente, quando você tem um objectivo, e que, naturalmente, quer ver atingido.

Seja converter os visitantes em clientes, ou convertê-los em subscritores da sua newsletter, é fundamental que trabalhe nesse sentido. É aqui que entra em acção o conceito de “Marketing Funnel“.

O que é o “Marketing Funnel”?

Obviamente, não me atrevo a traduzir, sob pena de soar a um grande disparate, mas o que é importante é que conheça e aplique o conceito, e não memorizar o nome.

O Marketing Funnel, é o conjunto de acções que você implementa no seu site, e que visam aumentar a taxa de concretização do objectivo do seu site.
Se o objectivo for vender mais produtos, então são todas as técnicas e acções que você põe em prática para vender mais produtos. O mesmo se passa com os blogs que ambicionam popularidade e subscritores.

Eu já tive a oportunidade de testar este conceito, e a verdade é que resulta.
Se eu tiver um site que vende um ebook, mas que também tenha um blog, um fórum, notícias de RSS de outros sites, botões de sites de Redes Sociais, entre outras tantas funcionalidades, é muito natural que os visitantes do meu site se dispersem mais pelos vários conteúdos e funcionalidades, e comprem menos o meu ebook.

Imagine uma estrada que chega a uma encruzilhada. Se nessa encruzilhada houverem 5 saídas, a probabilidade de haver muitas pessoas a escolherem a mesma saída é muito menor do que se houverem apenas 2 saídas.

O mesmo acontece na internet. Quantas mais distrações houver, menor será a probabilidade de conseguir converter os seus visitantes em clientes ou subscritores. Daí a importância da utilização de um “Funil”, para diminuir a dispersão e encaminhar as pessoas de encontro à concretização do seu objectivo.

Este facto, não deve ser confundido com o enriquecimento de conteúdos. O enriquecimento de conteúdo é muito útil quando é feito de forma a aumentar as conversões, e não a dispersar os visitantes.
Ou seja, os conteúdos do seu site devem “encaminhar” os visitantes para o caminho que você quer que eles tomem. Mesmo quando são conteúdos que têm caminhos indirectos para o seu objectivo, o que normalmente é o mais comum.
Um dos exemplos são os testemunhos de clientes ou os comentários nos blogs.
Não sendo conteúdos que vendem directamente algum produto, ajudam a converter os visitantes em clientes ou subscritores.

Este conceito pode parecer algo básico, mas é muito aconselhável que analise e avalie os conteúdos e funcionalidades do seu site ou blog, de forma a conseguir perceber se estão a ajudar ou a piorar o facto de você conseguir atingir o seu objectivo com maior ou menor facilidade.

O meu conselho é, que deve analisar e testar, se no seu caso em particular, está a ser beneficiado ou prejudicado com esses conteúdos ou funcionalidades extra. E, consoante os resultados, proceda às modificações necessárias.

Boa Sorte e mãos à obra!

GOSTOU DESTE CONTEÚDO?
ASSINE GRATUITAMENTE E RECEBA TODOS DICAS NO SEU EMAIL!

A sua privacidade é garantida a 100%!
  • Pingback: Links Analisados #1 - 13/09/2009 | Análise Blogueira()

  • Pingback: Devo Criar um Site ou um Blog | Web Marketing PT()

  • Oi João!
    Pensando nisso, percebi que se aplica a muitas coisas, desde vender um produto, conseguir subscritores e até angariar cliques para a publicidade colocada no blog. A verdade é que não adianta trabalhar com 17 programas de afiliados e mais 15 anúncios de publicidade em um único blog que, como você mesmo disse, são muitos caminhos de saída, e vai acabar conseguindo um pouco (ou nada) em cada um, e nem conseguirá o mínimo payout.
    Por isso é sempre bom escolher e testar um de cada vez. Pelo menos eu penso assim.
    Outra coisa interessante é que pode criar funis em seu google analytics e saber exatamente onde seus clientes estão desistindo, ou seja, se a maioria chega a preencher um formulário por exemplo, e depois desiste, ou chegam até a tela de pagamento e desistem. É bem legal.
    Um abraço!

  • Olá João,

    Gostei deste seu artigo e achei muito feliz a imagem que você criou para explicar que a rede de estradas deve levar os visitantes a um caminho que nós queremos.

    Para o principiante é fundamental perceber isso, e depois, por tentativas conseguir o caminho ideal.

    Embora eu não tenha publicidade, já fiz algumas experiências para outros objectivos. Posso dizer que ainda não consegui. Lá irei.

    Um abraço.

  • @ Sandra,

    É isso mesmo Sandra, é um conceito que vale muito dinheiro.
    O que acontece é que a maior parte das pessoas não o sabem implementar, e por isso não lhe dão o valor que ele têm.

    @ José,
    Olá José,
    O mais importante de tudo é perceber o conceito, depois será a implementação. Mas percebendo bem o conceito, se bem aplicado, poderá ser muito útil.

    Abraço,
    JR

  • É engraçado como ficamos cegos para certas coisas, tem duas coisas que eu (e acredito que muitos outros dessa área de blogs) não enxergam nos blogs: os anúncios e as imagens, não tinha reparado na imagem até o José falar dela.
    Como pode né?!

  • Bruno

    Eu por acaso tinha reparado na imagem, referem-se á que esta no meio do post?

  • @ Sandra,
    “Como pode né?!”
    Não pode mesmo!
    Se vocês soubessem o trabalho que eu tenho para fazer as imagens para os artigos, aposto que reparavam sempre :)

    Abraço,
    JR

  • Olá João,

    Eu perceber o conceito, percebi mas aplicá-lo… ainda não consegui.

    Abraço

  • Rs…
    Pois é João! Imagino o trabalho que dá!! Eu sei…
    Eu começarei a reparar nas imagens :-)
    Por falar nisso, de onde você pega as imagens?
    Um abraço!

  • @ José,
    Ninguém acerta em tudo à primeira. Ninguém!
    Há 10 anos atrás eu não sabia nem 1/100 do que sei hoje de Marketing.
    Logo não é nada de preocupante.
    Eu costumo dizer que os elefantes também nascem pequeninos.
    Com isto quero dizer que seja qual for a área, todas elas tem uma curva de aprendizagem, por isso, o importante é começar.

    @ Sandra,
    Algumas de sites de imagens gratuitas, outras de cd’s de imagens que comprei.

    Abraço,
    JR

  • Bruno

    10 anos? João isso é muito tempo tendo em conta a minha idade, eu actualmente sei pouco de Marketing mas daqui 3 anos posso dizer que saberei muito mais e se a minha vida correr bem daqui a 7 anos sou um expert mas um expert mesmo 😀

  • @ Bruno,
    É muito importante ter objectivos bem definidos Bruno. Parabéns!
    Espero que as coisas lhe corram bem mesmo, e que consiga os seus objectivos.

    Abraço,
    JR

  • Outro conceito interessante que li sobre o “Marketing Funnel” é:

    Ofereça conteúdo relevante e gratuito ao novo usuário e a medida qe for conquistando sua confiança ofereça produtos pagos com conteúdos premium.

  • É uma forma inteligente de actuar Claudio, sem dúvida.
    Como tenho dito já várias vezes, o conteúdo é muito importante.
    Na minha opinião já se encontra o mesmo conteúdo muitas vezes por vários blogs, em que não é acrescentado nada de novo. Aqui é que penso que se pode fazer a diferença e sair a ganhar com isso, assim como os leitores ou utilizadores desse site ou blog.
    Abraço,
    JR

  • Olá Joao,

    Não conhecia esse artigo, e tive a satisfação de lê-lo somente agora.

    A idéia do funil é bastante interessante, e realmente sua conclusão é precisa: quanto mais saídas temos, mas tentados somos a não ficar no caminho principal. Realmente tenho que reavaliar meus conceitos sobre o número de widgets que meu blog possui.

    Grande abraço!

  • É Iúri, dá que pensar mesmo.
    E é algo que devemos ter sempre presente nos nosso projetos, para que seja possível diminuir a dispersão da atenção dos visitantes e aumentar as conversões.
    Lembre-se do exemplo da encruzilhada!

    Abraço,
    JR

  • Gustavo

    😀 acabei de conhecer seu blog e ja estou gostando suas dicas estao aumentando minhas visitas ontem recebi 600 diarias 😀

  • @11ef3a001c9debf0bbde0e1e10bc0eaa:disqus

    Obrigado pelo comentário Gustavo.
    Ainda bem que está a gostar da experiência!
    Se quiser, aproveite e assine a newsletter do blog para ficar por dentro de todos os conteúdos e vantagens de ser assinante.