Como Vender Mais Publicidade No Seu Site > 9 Dicas

Fui contactado por um leitor do blog com umas questões relacionadas com a dificuldade que estava a  enfrentar em termos de venda directa de publicidade no seu site, e achei que seria interessante, partilhar a minha resposta com os restantes leitores do Web Marketing, pois as dicas que dei a este leitor, podem muito bem ser úteis a outros leitores também.

Vender publicidade directamente, é certamente, uma das formas de ganhar dinheiro com o seu blog ou site. No entanto, e para que seja bem sucedido, existem algumas boas práticas que o podem ajudar a melhorar os seus resultados.

As dicas que partilho aqui no blog são o resultado da minha experiência pessoal e têm dado frutos interessantes, ao ponto de em alguns projectos, já ter recebido propostas de agências nacionais e internacionais para colocação de publicidade. Por isso, espero que estas dicas também o ajudem a si nos seus projectos.

banner

Ao que interessa!

Antes de mais, deve considerar 3 aspectos importantes:

  • existem cada vez mais blogues e sites na internet, o que por si só aumenta o leque de escolha do número de plataformas para os anunciantes escolherem onde vão colocar a sua publicidade
  • existem também cada vez mais anunciantes a optarem pela publicidade online, fruto dos bons resultados que este canal gera, quando bem utilizado
  • naturalmente, existem também algumas diferenças consoante o nicho ou mercado em que o seu site está inserido, pois existem mercados com mais ou menos procura e oferta que outros.
  • a página de publicidade aqui do blog não é o melhor exemplo para quem deseja ganhar dinheiro com publicidade, pois os objectivos de cada projecto é que devem ditar as práticas que se colocam em prática. E o objectivo principal deste blog, não é ganhar dinheiro. De qualquer forma, baseei-me num conjunto de boas práticas referidas num blog internacional sobre Marketing (não me lembro do url) e retirei algumas ideias sobre o tipo de informação a colocar na página, das páginas e tabelas de publicidade de portais nacionais com os quais trabalho frequentemente na minha actividade de Marketing, para criar a página de publicidade para este blog.

Tendo isto em consideração, deixo-lhe 9 dicas para vender mais e melhor publicidade nos seus sites e blogues:

1 – Informação Fundamental

Procure ter informação actualizada sobre o seu site e suas informações estatísticas.

É importante para qualquer anunciante, ter uma noção da visibilidade que o seu anúncio terá se optar por colocá-lo no seu site. Os números têm alguma importância em termos de grandeza, mas não são tudo, como já vou explicar mais à frente.

Seja como for, é importante apresentar alguns números em termos de nº de visitas por mês, pageviews  (impressões de páginas) e nº de utilizadores únicos.

Pode incluir ou não outros dados, mas estes estão entre os mais importantes, a par da descrição objectiva da sua audiência.

2 – Quantidade Não É Qualidade

Não se preocupe se o seu site não tem muitos milhares de visitas.

Uma grande quantidade de visitas não é sinónimo de grande qualidade.

Procure identificar o melhor possível a sua audiência e qualificá-la, de forma, a que os possíveis anunciantes tenham uma boa noção se o target do seu site se ajusta ao target que pretendem atingir com a sua campanha de publicidade.

É bem possível que um anunciante tenha melhor retorno da sua campanha com um target muito qualificado, do que com um target muito genérico.

As minhas campanhas de publicidade que correram menos bem há uns anos atrás, foram campanhas que envolviam targets pouco qualificados. Fez parte do meu processo de aprendizagem, e também aqui você pode aprender com os erros que cometi no passado.

3 – Não Comece Pelo Fim

Se o seu site ou blog é relativamente novo, não se preocupe com a venda de publicidade logo de início.

Concentre-se em fazer o seu projecto crescer e no seu marketing e divulgação, de forma a que possa obter  uma presença mais significativa, e depois então, dedique-se a angariar anunciantes para rentabilizar o seu projecto.

Se começar pelo fim, dificilmente terá bons resultados.

4 – Mais Não Quer Dizer Mais :)

Não se iluda!

Ter mais espaços de publicidade, não é sinónimo de ter mais anunciantes e maior retorno.Por vezes, é  comum ver blogues que parecem autênticos campos de armadilhas, tal é a quantidade de publicidade que têm, que até tornam difícil encontrar o seu conteúdo.Isto não só é um erro crasso em termos de usabilidade e legibilidade do blog, como afasta qualquer anunciante.

Pense bem:

Qual é o anunciante que quer dividir a visibilidade do seu banner com outros 20 banners na mesma página?

Nenhum! Até porque o seu retorno será mínimo, se não for zero mesmo.

Quantos mais banners houver numa página, maior será a probabilidade dos utilizadores se dividirem entre todos, consoante os seus interesses, o que irá reduzir o retorno dos seus anunciantes substancialmente, fazendo com que não voltem a querer colocar publicidade no seu site.

Leia este artigo sobre o Marketing Funnel e como ele o pode ajudar a atingir melhor este objectivo.

5 – Boas Colocações + Formatos Rentáveis = Maior Retorno

Tal como acontece com os anúncios do Google, onde é possível ganhar mais dinheiro com o AdSense, dependendo dos formatos que utiliza e da sua respectiva localização no seu site, na publicidade directa, acontece exactamente o mesmo.

Escolha formatos que têm melhor desempenho, e aplique-os em boas colocações, de forma a que aumentar a sua visibilidade, taxa de clique, e consequentemente, o seu retorno.

O seu anunciante ficará satisfeito e quererá repetir a experiência, resultando em maior retorno também para si.

6 – Preço Fixo vs. Promoções

Tenha os preços de tabela afixados na sua página de publicidade.

Com tanta oferta, se você vai forçar o anunciante a contactá-lo para saber algo tão óbvio quanto é o preço tabelado da publicidade, é um forte incentivo ao desinteresse e abandono do anunciante, além de que poderá passar a ideia de falta de clareza do processo de venda de publicidade, pois os valores não estão à vista de todos.

Ter os valores afixados na página de publicidade tem ainda outra vantagem, é que, pontual ou periodicamente, poderá fazer promoções ou aplicar descontos na venda de publicidade, em que as diferenças de preço serão visíveis para qualquer anunciante, bastando para isso comparar as condições da promoção com os valores de tabela.

7 – A Proactividade Vale Dinheiro

Ser proactivo, como em qualquer actividade, dá os seus frutos, e aqui não é excepção.

Faça umas pesquisas nos motores de busca e faça uma lista com os contactos de email e/ou telefone dos responsáveis dos sites que aparecem do mesmo nicho de mercado do seu site, e que potencialmente terão interesse em publicitar os seus produtos ou serviços no seu site.

Atenção que, para ter bons resultados, deve concentrar-se na recolha de contactos de sites comerciais, e não de blogues ou sites pessoais.

Contacte os contactos que recolheu e, comece por se apresentar a si e ao seu site. De seguida, faça uma proposta interessante de venda de publicidade com preços abaixo dos valores de tabela, ou adicione outras opções/variações/bónus para tornar a sua oferta irresistível e (ainda) mais apelativa para os destinatários da sua comunicação.

8 – Não Venda Publicidade!

Parece uma contradição, tendo em conta o tema do artigo, mas a ideia da venda de publicidade é mesmo essa, não vender publicidade.

Quanto estiver a elaborar uma proposta de publicidade, não venda a publicidade, venda os seus benefícios para o anunciante.

As pessoas não estão interessadas se você tem uns planos muito baratos comparados com a concorrência, ou se tem uns espaços especiais e limitados. O que os anunciantes estão interessados é no potencial de retorno do seu investimento, mediante a visibilidade e contextualização da sua comunicação.

Por isso, aposte numa comunicação que incida naquilo que você considera serem os pontos fortes que a publicidade no seu site poderá traduzir em benefícios para o anunciante, seja a exposição, visibilidade, exclusividade, contextualização, etc.

9 – A Flexibilidade Pode Fazer Toda a Diferença

Como em qualquer negociação, a capacidade de ser flexível e realizar ajustes ou adaptações às condições que estão a ser negociadas é um ponto que poderá também jogar a seu favor.

Nesse aspecto, você também pode fazer a diferença e mostrar que consegue juntar mais argumentos que tornem a proposta irrecusável e distinta dos seus concorrentes.

Essa flexibilidade é tida em conta pelos anunciantes, e pode certamente ser um factor decisivo na tomada da decisão.

Espero que estas dicas o ajudem a melhorar o retorno dos seus projectos na vertente da venda de publicidade de forma directa.

GOSTOU DESTE CONTEÚDO?
ASSINE GRATUITAMENTE E RECEBA TODOS DICAS NO SEU EMAIL!

A sua privacidade é garantida a 100%!
  • Olá João!
    Já li muito sobre isso nesses últimos tempos, porém a minha maior dúvida é, quando colocar uma página de publicidade? Não tenho ainda no meu blog, será que estou perdendo possíveis anunciantes por não tê-la?!
    Outra dúvida, e talvez a mais difícil, é quanto cobrar. No que você se baseia para fazer seus preços?!
    Um abraço!
    .-= O meu último artigo : Como proteger o seu conteúdo? =-.

  • Olá Sandra,
    Quanto à sua primeira questão, eu penso que sim.
    O seu blog já tem algum tempo e na minha opinião já é uma página necessária.
    Quanto à segunda, existem várias formas de você marcar o pricing da sua publicidade. Não é que exista uma fórmula única que se aplique a todas as situações sem excepção.
    No entanto, creio que poderá utilizar a combinação de vários factores para lançar o preço inicial e depois, mais tarde, fazer alguns ajustes, caso seja necessário.
    De forma muito resumida, você pode combinar os seguintes factores para chegar ao preço inicial da sua publicidade:
    – preços da concorrência (ou blogues do mesmo nicho e semelhante dimensão)
    – procura existente pela sua audiência (pode ver nos mesmos blogues se existem muita publicidade vendida ou se as slots de publicidade estão ocupados com programas de afiliados e outros)
    – a dimensão da audiência do seu blog, entre outros.

    Mas não se precupe com o valor inicial em excesso, pois poderá sempre ajustar o valor mais tarde, para cima ou para baixo, consoante a procura. E se se preocupar demais com isso, nunca há-de lançar a página e o serviço.
    E não lançando a página e o serviço, dificilmente terá qualquer proposta.

    Este tema dá “pano para mangas”, mas espero que a resposta tenha ajudado.
    Abraço,
    JR

  • Com certeza ajudou João!
    Vou tirar um tempinho e fazer isso, parece que é realmente importante! 😛
    Obrigada e um abraço!
    .-= O meu último artigo : Como proteger o seu conteúdo? =-.

  • Boa decisão Sandra.
    Se tiver alguma questão, coloque aqui que eu respondo e pode ser útil também para outros leitores.
    Abraço,
    JR

  • Olá Joao,

    Meu blog ainda tem muito o que crescer para vender publicidade, eu gostaria de pelo menos ganhar algo com a pouca publicidade que tenho, mas como já falei com a Sandra algumas vezes, como é difícil os leitores clicarem nos anúncios, risos.

    À medida que o blog crescer, o retorno será natural, mas ainda vai demorar um pouquinho.

    Ótimo artigo, parabéns!
    Abraços.
    .-= O meu último artigo : Comentários em Blogs – Devo Responder a Todos? =-.

  • Olá Iúri,
    Obrigado!
    De facto, é como você diz, é um processo natural.
    O que importa mesmo, é com o tempo, conduzir esse processo com bom senso e testando várias técnicas para obter melhores resultados.

    Abraço,
    JR

  • Pingback: Melhores artigos do mês - Março 2010 | Info-Macross | Um blog sobre como criar blogs.()

  • Cara, esse artigo ficou bem completo e o melhor foi que você falou de publicidade dos sites, pois quase não se acham artigos falando sobre o mesmo, o que faz com que a pessoa fique um pouco perdida na hora de vender publicidade. Parabéns!

  • Obrigado Arthur,
    É um tema que vale a pena falar pois pode representar uma quantia significativa de rendimento para quem tem sites ou blogues.
    Abraço,
    JR

  • Muito bom o artigo, parabéns!

  • Olá Renato,
    Obrigado pelo comentário!
    De facto, este artigo é o resultado da compilação de algumas práticas que têm resultado muito bem comigo.
    Por isso, espero que elas ajudem outros também.
    JR

  • Boa-tarde,
    sem dúvida alguma que tenho de apresentar os parabéns pelo artigo. Está bem escrito, é claro e dá para retirar boas ideias.
    Mas, se o João me permite, acho que está um pouco generalista (sou uma pessoa mais prática :) ), talvez um exemplo ou um caso estudo “seria ouro sobre azul”.

    Não costumo trabalhar muito com venda de espaços publicitários em blogs, pois há um problema inicial que precisa de ser ultrapassado: a divulgação / nível de notoriedade on-line.
    Penso que seja mais eficaz a inclusão de estruturas PPC para resultados a curto/médio prazo são mais vantajosos.

    Gostaria de deixar uma sugestão:
    em vez de ser venda de publicidade porque não a procura de patrocínios para o Blog?
    Acho que a palavra patrocino tem uma abrangência mais lata e o grau de exigência é mais baixo (ao nível dos retornos esperados de quem patrocina). Se o conteúdo do blog for dentro da área de actividade da empresa e tiver conteúdo pertinente, acabará por ser melhor aceite do que publicidade.

    Mais uma vez, parabéns pelo excelente artigo.

    Com os melhores cumprimentos
    Miguel Costa

  • Olá Miguel e obrigado pelo excelente comentário, que na minha opinião, é um óptimo complemento ao artigo!

    Acho que os casos de estudo podem ser interessantes.
    Vou ter isso em consideração, tendo em conta que, em alguns casos poderá não ser muito simples, sem revelar os urls dos sites.

    Sem dúvida que os PPC são uma boa solução a curto prazo, pois podem começar a gerar retorno, mesmo com poucos visitantes.
    Depois quando os projectos atingem um determinada dimensão, talvez já seja melhor conjugar vários factores para determinar o que será mais rentável.

    Quanto à sua sugestão, acho-a excelente.
    Sem dúvida que, a forma como se vende algo, é determinante nos resultados das vendas.
    E esse parece-me um excelente exemplo.
    Como eu digo no ponto 8, a ideia não é, de todo vender publicidade, mas os seus benefícios para o anunciante.
    E aqui, pode muito bem ser enquadrado o “patrocínio”, ou em alguns casos até, o patrocínio exclusivo, que em nichos mais competitivos, pode ganhar mais expressão.

    Abraço,
    JR

  • Notícia indicada pela Sandra!
    Ótima indicação! Eu lancei o Mídia Kit do Magazine esta semana, depois de 10 meses de lançamento!
    Ratifico que estas dicas são verdadeiras pois elas refletem o sucesso de nosso blog!
    Parabéns João! Sucesso!
    .-= O meu último artigo : Mídia Kit do Magazine =-.

  • Obrigado Anderson!
    Parabéns pelo lançamento do Media Kit.
    Não se esqueça que convém mantê-lo mais ou menos actualizado :)
    Votos de sucesso e vá aparecendo!
    Abraço,
    JR

  • João,

    Bom artigo, eu também vim aqui pela indicação da Sandra.

    Nesse assunto gostei muito da abordagem do Alan: http://www.analiseblogueira.com/anuncie-aqui/

    No meu site, como muitos detalhes, esse também está na fila. :-)

    Lauro Faria
    http://www.bdibbs.com.br
    .-= O meu último artigo : Dr.Web LiveCD Anti-virus Protection =-.

  • Olá Lauro e seja bem-vindo!

    Sim, a abordagem do Alan também está bem conseguida.
    Repare que ele vende os benefícios, tal como eu refiro no ponto 8 do artigo. Isso é, de facto, uma abordagem inteligente.
    Vi o seu site, e também aconselho vivamente fazer uma página de venda de pub.
    Quando a tiver feita, partilhe connosco.
    Abraço,
    JR

  • Muito boas suas dicas. Alias seu blog é muito informativo.
    A dica que eu mais tento seguir é a segunda onde quantidade realmente não é qualidade. Não adianta ter um blog com 1 bilhão de varias coisas. Eu acho que um segmento ter que ser seguido e respeitado. E parabéns pelo Media kit.

  • Olá Luis,
    Obrigado!
    Sem dúvida que a qualidade do tráfego é um ponto chave e que tem grande influência nos resultados.
    Curiosamente, não se vê muita gente a falar disso… Mas que é importante, sem dúvida que sim!
    Abraço,
    JR

  • Frank Eler

    EU GOSTARIA DE RECEBER OPINIÃO SOBRE MEU SITE E RÁDIO DE PROPAGANDAS E O PACOTE QUE OFEREÇO PARA O CLIENTE O SITE É http;//www.melhordepassos.com.br

  • Andrep297

    Muito boas dicas, venham ao meu blog e digam o que acham: cronicascronicas-andre2.blogspot.com

  • Joseflutz

    Você que precisa de um empréstimo rápido e sem comissões

    Está precisando de um empréstimo de forma rápida, confiável, sem protocolos e com segurança?Estou disposto a lhe conceder esses empréstimos o mais rapidamente possível e confiável.Se você quer empréstimos para curto ou longo prazo que estão disponíveis para você e oferecer isso a uma taxa de juros de 3% ao ano, independentemente do seu setor. Envie-nos seu pedido de empréstimo e será atender a esses critérios em 48 horas.aqui é o meu contacto mail: joseflutz1950@live.fr

  • carlos roberto bonifacio

    Caro João boa tarde, tenho um site (sãopaulocitytour.com.br) voltado para as pessoas que vem conhecer São Paulo, seja a trabalho ou a passeio, referido site trata de mostrar os pontos turísticos de nossa cidade como também informações de passeios, dicas de parques, festas de rua, shows, museus, escolas de samba, dicas de segurança para o turista, feiras, etc, nossa média de visitas chegou em 400.000 visitas/mês, o problema é que não consigo fazer vendas publicitárias para o site, o que vc me sugere, como devo me apresentar para fazer as vendas.