Como Criar Banners que Resultam em 8 Simples Passos

Criar banners que sejam um sucesso é fundamental para captar o tráfego de qualidade que você deseja para o seu site ou blog.

A criação de banners, não será tanto um processo artístico, mas mais um método.
Eu vou partilhar este método consigo porque acho importante para qualquer site ou blog que aposta em publicidade, conseguir ter uma presença com qualidade e que tenha o suficiente para resultar.
Utilizando este método, você consegue criar excelentes banners que tenham todo o potencial para a captação da atenção e do tráfego que está realmente interessado no que você está a promover ou anunciar.

No ebook O Segredo do eSucesso, que disponibilizei aos assinantes que responderam ao questionário que realizei há pouco tempo, eu falo sobre a fórmula AIDA (Atenção, Interesse, Desejo e Acção). Não vou agora entrar em detalhes sobre o conceito da fórmula, mas vou transpor para uma situação real a sua aplicabilidade e ilustrar de forma simples e útil, com um exemplo prático, como você pode pôr esta formula a trabalhar para si.

aida-banners

Também decidi abordar este tema, uma vez que um dos resultados do questionário que não consta do ebook em detalhe, era exactamente sobre como criar banners.

Antes de começar a pensar como vai fazer o seu banner, deve em primeiro lugar, tentar “entrar” na mente do target a quem se dirige esse banner e de quem você quer “captar”.
Ao fazer este exercício, irá ter a possibilidade de começar a pensar em quais são os benefícios do cliente/prospecto em aderir ao seu serviço, comprar o seu produto ou assinar o seu blog, ou qualquer outro que seja o seu objectivo.

E já agora, não tenha receio nem se sinta frustrado se o banner não sair bem à primeira, pois mesmo os profissionais de marketing por vezes têm mais dificuldade em fazê-lo.

De qualquer forma, é um ponto de partida, para depois melhorá-lo uma ou várias vezes, antes de chegar à versão final. para tal, basta que siga estes simples passos:

1 – Cabeçalho/Título

Este é um dos mais importantes, senão o mais importante elemento de uma peça publicitária, por isso requer que pense um pouco, tendo em conta o seu objectivo principal, captar a Atenção!
Outras das funções do cabeçalho é dar uma razão às pessoas para lerem o resto do anúncio, por isso requer que seja uma mensagem forte.
Como exemplo, pode destacar uma solução, um benefício em particular ou um resultado garantido.

2 – Benefícios

Tendo conseguido atingir o primeiro objectivo, captar a atenção das pessoas, deve começar a trabalhar o factor Interesse.
Para este fim, pode recorrer aos benefícios do seu produto, site/blog ou serviço, e dar destaque aqueles que no seu brain storming (momento de reflexão) que fez anteriormente, concluiu serem os principais ou com mais força em termos de procura.

3 – Resultados

Apresente resultados decorrentes da utilização do seu produto, serviços, ou site/blog, de forma a ilustrar na mente das pessoas, o que elas onde elas podem chegar se aderirem a ele.
Assim como no ponto anterior, você estará agora a apelar ao Desejo que está na mente do seu prospecto.

4 – Garantias

Se no caso, oferece garantias, use-as na sua comunicação. É importante que as pessoas se sintam confortáveis e confiantes antes de tomarem uma decisão, assim como será importante, que se sintam confortáveis após terem tomado essa mesma decisão.

5 – Fotos

A utilização de fotos não é algo obrigatório, em função do tipo de anúncio, pode ajudar a ilustrar os benefícios ou os resultados que são esperados com a utilização do seu produto, serviço, site ou blog.
No fundo, a foto pode funcionar como uma aliada do copy (texto) para ajudar as pessoas a visualizarem esses benefícios e/ou resultados, dando também um toque de realidade e sustentação à sua mensagem.

6 – Oferta

Não baralhe a comunicação com ofertas múltiplas e mensagens que se atropelam.
Defina bem o que quer comunicar e concretize uma oferta em concreto.

7 – Call to Action

Após ter completado as etapas anteriores, falta dizer à pessoas o que você quer que ela faça (Acção).
Aqui o seu anúncio funciona como o seu comercial ou vendedor. Não lhe basta apresentar o produto, serviço, blog ou site, é necessário que informe as pessoas qual a acção que deseja que elas tomem.
O Call to Action é isso mesmo. Se você quer que elas cliquem no seu banner, então diga isso mesmo. Seja qual for o objectivo da sua comunicação deve terminá-la dizendo às pessoas o que elas têm de fazer para obterem o que você está a promover.

8 – Reforço

Este passo é opcional e depende muito da peça publicitária que está a criar, mas recorrer a um reforço das garantias pode ser um impulsionador de tomada de acção por parte das pessoas que vêm o seu anúncio. Assim como a criação de um sentido de urgência. Um sentido de urgência é algo que confere à sua mensagem a necessidade da pessoa clicar naquele momento e não adiar para mais tarde. Para isso pode utilizar algo como: Edição Limitada; Válido até; Se comprar hoje, recebe ainda; etc.

Nota importante:
Em todo e qualquer passo acima descrito, devem sempre ter em atenção a veracidade da sua mensagem, e nunca, repito, nunca, prometer algo que não é inteiramente verdade, sob pena de sair altamente prejudicado e com a sua imagem danificada.

Espero que este caso prático, tenha ajudado a perceber o poder da utilização da fórmula AIDA, e que isso o(a) ajude a si no seu marketing.

GOSTOU DESTE CONTEÚDO?
ASSINE GRATUITAMENTE E RECEBA TODOS DICAS NO SEU EMAIL!

A sua privacidade é garantida a 100%!
  • Olá João!
    Nunca tinha pensado que precisava tanta coisa para fazer um banner! A além disso tem a parte visual…
    Tenho mesmo que fazer um banner para meu blog, mas essas dicas se enquadram também a banners pequeninhos como 125×125 que vão ficar na sidebar de um blog qualquer fazendo propaganda para o meu? Acha que colocar algo como”clique aqui” no final???
    Vou pensar mais a respeito dessas idéias antes de fazer meu banner! `Nunca tinha pensado que era tão complicado, e achava que o complicado era mesmo só a parte visual… Estou aprendendo muito aqui, agora só falta colocar em prática!!
    Um abraço!

  • Bruno

    Nunca tinha ouvido falar na formula AIDA mas achei bastante interessante e as regras estão muito bem estruturadas.

  • @ Sandra – Eu não diria complicado, mas existe uma razão de ser até para as pequenas coisas e este é um exemplo.
    No entanto, é um exemplo também da aplicação desta formula (AIDA) que quando bem aplicada, é muito eficaz.

    @ Bruno – Obrigado Bruno, ainda bem que ficou claro. Este é um exemplo de uma situação que se não for bem transmitida, fica uma ideia confusa e não se passa bem o conceito.

    Abraço,
    JR

  • Oi João!
    Você disse no início do artigo sobre o método AIDA, mas não encontrei outra referência no blog. Onde encontro o e-book?
    Agradeço!

  • Olá Sandra,

    O ebook “O Segredo do e-Sucesso” não está disponível.
    Foi uma oferta que fiz apenas a quem me respondeu a um inquérito que fiz há uns tempos.

    Mas há boas notícias (muito boas mesmo), esse ebook está a transformar-se num produto muito mais completo e será lançado em 2010.
    Para já não posso adiantar mais, mas posso garantir que será algo único e muito valioso em termos de conhecimento, por isso fique atenta…

    Abraço,
    JR

  • Oi João!
    Que pena…
    Devia ter conhecido seu blog antes!
    Mas não tem problema, aguardo até 2010!
    Um abraço!

  • Vai valer a pena, garanto!

  • Olá João,

    Depois de ler seu artigo, eu que pensava que banner era suficiente a parte técnica mais parte artística funcionarem bem só para ser tornar atractivo!

    Agora fiquei sabendo que isso é só o esqueleto, isto é, o suporte de uma mensagem que se pretende transmitir com eficácia.

    E para que se consiga, vale bem uma boa leitura deste seu artigo.

    Reparei num pormenor interessante: o João colocou entre parêntesis a tradução de alguns termos tècnicos usados em inglês. É uma atenção que teve para os muitos que não dominam estes termos específicos.

    Aqui nota 10 é pouco e como temos (em Portugal) o 20 é esse que eu dou.

    Abraço!

  • É verdade José, muito embora já estejamos habituados a ver todo o tipo de banners, pois com a facilidade que há hoje em dia e com todo o tipo de aplicações gratuitas, qualquer pessoas pode fazer um.

    No entanto, quando se tem maior conhecimento sobre a razão de ser de algumas coisas, o resultado é exponencialmente melhor, pois as coisas deixam de ser feitas apenas pela estética, e passam a ter uma lógica que ambiciona a máxima eficácia.

    Por acaso tem razão, eu fiz isso… Mas olhe que por vezes tenho o mau hábito de não o fazer, de tão habituado que estou a certas expressões e à utilização do inglês no meu dia-a-dia. Não é por mal, é hábito mesmo, mas estou a tentar melhorar.

    Quanto à nota, muito obrigado!
    Vou tentar mantê-la :)

    Abraço,
    JR

  • Marekting web ou não o importante é realmente atrair e levar o seu “cliente” a finalizar algo que você quer que ele finalize.
    Vender, cadastrar em seu blog, comprar algo, enfim tomar uma atitude.
    A formula AIDA foi muito bem explicada e nunca tinha pensado nela em termos de banners, muito interessante o texto.
    abcs

  • Olá Marcus,
    Esse é que é o ponto-chave.
    Quanto à formula, a maravilha é que pode ser aplicada a qualquer situação de Marketing.

    Abraço,
    JR

  • Ao ler o texto fiquei com a teoria.
    Agora só falta a habilidade e criatividade em design para conseguir criar um banner de jeito :)

  • :) pode parecer Nelson, mas não é difícil.
    Por vezes vê-se banners que têm uma bela imagem, mas não têm outros factores tão ou mais importantes, e sabendo disso, vocês estão “armados” com o conhecimento suficiente para fazer bem melhor que esses exemplos.
    Como eu disse, não têm de acertar no jackpot logo à primeira, e se não acertarem mesmo, à 2ª já vai sair melhor!

  • Oi João,

    Se você habituar-se a ter essa gentileza com os principiantes, els vão agradecer. É que poucos são os que traduzem em seguida, e já li comentários reclamando.

    Se puder fazer a diferença, também nesse aspecto (porque nos outros aspectos já faz)será bom para todos.
    Meus parabéns pelo que tem feito.

    Um abraço.

  • Obrigado José.
    Eu sei o que você quer dizer.
    Profissionalmente convivo com pessoas que não o fazem nunca e quem não souber o que se está a falar fica pelo caminho.
    Eu não sou nada assim, e quando não o faço é puro esquecimento.

    Abraço,
    JR

  • João com a prática melhoramos claro. Eu acho que nesse aspecto estou bem melhor mas ainda me falta muito para conseguir fazer algo que me satisfaça.

  • Sou péssima para criar banners, ficam muito feios, mas da próxima vez vou apostar nessas técnicas e quem sabe um banner feinho mesmo dê resultado!
    Mas preciso estudar bem antes!
    Um abraço!

  • Bruno

    Eu ate agora precisei de 2 banners que mandei fazer, nunca fiz um, podem não acreditar mas nunca mexi no photoshop 😳

    Ando a tentar arranjar o photshop,dreamwear e fireworks para ver se começo a aprender alguma coisa 😕

  • Bruno és como eu quando preciso normalmente mando fazer. Só sei mesmo fazer aqueles muito simples a vender publicidade. Eu até sei fazer as coisas mas não tenho criatividade para fazer nada de jeito. Se tiver alguém a dizer faz isto ou aquilo, usa aquela cor eu sei mexer.

  • Olá Bruno,

    Já tentei fazer mas achei mau. Gostaria de mandar fazer um. Recomenda-me alguém?

    Um abraço

  • Bruno

    Sim recomendo adicione:

    taribo-cgmd@hotmail.com

    P.S:Esse não é o meu email pessoal 😀

  • Bruno, está combinado, julgo que já sem quem você é Taribo. Se é quem eu penso, voce já me deu umas ajudas, num Forum.

    Depois de passar o Natal, com mais calma, contacto consigo.

    Um abraço

  • Tenho o mesmo problema que você Nelson, até sei fazer mas não tenho criatividade, me dê alguma coisa pronta que até consigo fazer igual mas criar não é meu forte, meu forte (descobri a pouco tempo) é escrever! 😛

  • I think you are good writer, keep us posting

  • Pedro Gascue

    GOSTEI MUITO, PARABÉNS AMIGÃO!. TODO UM PROFISSIONAL, DOS QUE O BRASIL TÁ PRECISANDO. MUITO OBRIGADO.