Como aumentar as vendas ou subscrições sem perder dinheiro

Não há dúvidas!
Reduzir os preços pode ser uma das formas mais rápidas e, eventualmente, mais eficazes de atrair clientes e concretizar negócios. Actualmente, a publicidade com “Descontos”, “Saldos” ou “Promoções”, é, provavelmente a mais comum de se ver, online e offline. Mas certamente não é a única!
Por outro lado, a redução de preços também pode causar problemas mais ou menos graves, pois o impacto negativos nos seus lucros é igualmente rápido.
Situações de ambiente muito competitivo, podem levar a descontos ou reduções sucessivas, que acabam por lhe reduzir sucessivamente a margem de lucro.
Nos dias de hoje, o Consumidor gosta de comprar produtos ou serviços que estejam em “Saldos” ou em “Promoção”, por isso, aqui ficam algumas sugestões que pode aproveitar para poder fazer uma acção de “Promoção” sem reduzir os preços, e consequantemente, a sua margem de lucro.

1 – Novo
Ao longo do tempo, a palavra “Novo” ou “Novidade” tem provado ser uma das palavras com mais força na publicidade em geral. Principalmente quando estamos a lidar com produtos sazonais ou de “modas”, a utilização destes termos em títulos, cabeçalhos ou chamadas de atenção, consegue atrair a atenção dos consumidores de forma surpreendente.
O “truque” está em conseguir algo que os seus clientes vejam como novidade, ou diferente. Isso poderá ser ou não radicalmente diferente da sua oferta “normal” – poderá ser uma nova funcionalidade, novas cores, um novo serviço ou uma oferta realmente diferente.

2 – À Troca
O sistema de apresentar algo, com a condição de receber algo em troca, tem resultado bastante bem, especialmente em alguns ramos, como são o automóvel e as comunicações, mas podem muito muito bem ser aplicadas a outros ramos de negócio.
Muito embora, este sistema tenha maior aplicabilidade a negócios físicos (não tanto a negócios online), pode ser muito eficiente.
O que fazer com os produtos que recebeu em troca? Existem produtos que podem ser vendidos a empresas de reciclagem, gerando também algum lucro, ou pode, simplesmente, doá-los e ajudar uma instituição de caridade. Pode até deitá-los fora se não tiverem qualquer utilidade – não é realmente importante – a ideia é gerar vendas com um lucro superior ao das vendas com descontos convencionais.

3 – Compre 1, Leve 2
Um sistema de todos conhecido, principalmente ao nível do retalho e em grande superfícies, deve ser utilizado com alguma cautela, de forma, a não se transformar em redução de preços (e lucros). Este tipo de acção, permite-lhe muitas vezes vender produtos a preços mais altos que o preço que o produto teria se tivesse um desconto.
A maior parte dos consumidores não tem a percepção de comprar 2 produtos. Eles pensam que compraram um ao preço normal e que você, generosamente, lhe ofereceu o outro.
Existem algumas varições que pode aproveitar para escolher o que melhor se aplica ao seu negócio: “Compre 1, Leve Outro por 1 Cêntimo”, “Compre 1, Leve Outro por Metade do Preço”, etc.

4 – Compre 1 e Leve “outra coisa” Grátis
A palavra “Grátis” é outra palavra com uma conotação forte em publicidade.
Neste caso não é assim tão importante o que é que está a oferecer grátis aos seus clientes, desde que seja algo que esteja dentro do contexto, ou algo que o seu público alvo valorize.
Este método tem a vantagem se resultar muito bem, tanto online, como offline.
Ao associar uma oferta, certefique-se que é algo que o cliente vai querer!
Por exemplo: não ofereça 5 panos da loiça, se ele está a comprar um aspirador… Ofereça antes 5 pacotes de sacos para o aspirador. Esta seria certamente uma oferta que o cliente estaria interessado.

5 – Celebridades
As lojas de livros utilizam muitas vezes as celebridades para promoverem artigos que têm à venda. Este método funciona muito bem, e, ao contrário do que possa pensar, não requer alguém das revistas ou da televisão. Muitas vezes basta alguém da sua zona ou até um representante do seu fornecedor pode ser transformado numa celebridade. O “truque” está em conciliar 2 aspectos; 1- quem você acha que tem podetencial para atrair pessoas para o seu negócio; e 2  – quem você acha que vai querer a publicidade gratuita.

6 – Facilidades de Pagamento
As facilidades de pagamento, principalmente em alturas de crise, podem ter um papel fundamental no desempenho das suas vendas.
É bastante comum, as pessoas recorrerem ao crédito como forma de comprarem hoje algo que, noutras circunstâncias só poderiam comprar nos meses seguintes ou mais tarde até. As lojas da “Rádio Popular” por exemplo, têm uma secção na própria loja mas separada, em que fazem os créditos para os clientes que aderiram à compra a crédito.
Dsiponibilizar várias soluções de pagamento, é uma forma de conseguir cativar, no momento, o cliente que está disposto a comprar.

7 – Como Usar
Ensine e ajude os seus clientes a usar o seu produto ou serviço da forma mais benéfica para eles. Pode fazê-lo das mais diversas formas, através de workshops, manuais ou flyers, videos, etc. Ao ajudar o seu cliente, ele vai sentir que tem o seu apoio e vai valorizar esse aspecto, pois ele verá que você não está apenas a impingir-lhe algo, mas sim a ajudá-lo a ultrapassar uma dificuldade ou resolver um problema.
Esta empatia tem tanto poder, que pode fazer com que o cliente lhe compre um produto a si, quando você até tem o produto mais caro que a concorrência.

8 – Benefícios
Dê destaque aos benefícios do seu produto, em deterimento do seu preço.
Exemplo: Se estiver a vender aspiradores de baixo consumo, mas que por isso, custam 500, quando os “normais” custam 250, faça as contas para o seu cliente. Não dê enfase ao preço, mas sim ao facto de, em 12 meses ele já ter recuperado em consumos de energia os 250 que pagou a mais na altura, e que a partir daí, ele vai poupar250 por ano!

Espero que este artigo lhe tenha trazido valor acrescentado, e que o ajude a aumentar as suas vendas.

A maior parte destas dicas funcionam tão bem em negócios próprios como na promoção de programas de afiliados.

Você utiliza alguns destes métodos no seu negócio?

Até breve,
João Rodrigues

Comments (28)
  1. Débora Abrunhosa 23 July, 2009
  2. Joao Rodrigues 24 July, 2009
  3. José 14 December, 2009
  4. Sandra-Info-Macross 15 December, 2009
  5. Joao Rodrigues 15 December, 2009
  6. Bruno 15 December, 2009
  7. Sandra-Info-Macross 15 December, 2009
  8. Bruno 15 December, 2009
  9. Nelson 15 December, 2009
  10. Bruno 15 December, 2009
  11. Sandra-Info-Macross 15 December, 2009
  12. Joao Rodrigues 16 December, 2009
  13. Nelson 16 December, 2009
  14. Joao Rodrigues 16 December, 2009
  15. Bruno 16 December, 2009
  16. Sandra-Info-Macross 16 December, 2009
  17. José 17 December, 2009
  18. Sandra-Info-Macross 17 December, 2009
  19. Nelson 18 December, 2009
  20. Joao Rodrigues 18 December, 2009
  21. José 18 December, 2009
  22. Bruno 18 December, 2009
  23. Sandra-Info-Macross 20 December, 2009
  24. Bruno 21 December, 2009
  25. Sandra-Info-Macross 21 December, 2009
  26. Nelson 21 December, 2009
  27. Eliastamar 27 April, 2011
  28. Joao Rodrigues 28 April, 2011