Como Anunciar no Facebook: 2 – Métricas de Sucesso

Neste 2º artigo da série “Como Anunciar no Facebook Com Sucesso”, e tendo já definidos os objetivos da sua campanha no Facebook, agora, é fundamental definir métricas de acompanhamento e avaliação da campanha.

Apesar de existirem muitas métricas que possam ser utilizadas, consoante o tipo de campanha, faz mais sentido a utilização de umas ou outras, para fazer uma correta avaliação da sua campanha e respetivo retorno.

Se ainda não leu o artigo anterior da série Como Anunciar no Facebook com Sucesso, pode encontrá-lo aqui:

1 – Facebook Marketing: Como Anunciar no Facebook Com Sucesso

Sem mais demora, vou então abordar o tema das métricas e a forma como deve selecioná-las e analisá-las.

Métricas

Depois de definido o ou os objetivos da sua campanha, o passo seguinte é definir métricas. Isto é o quê?

Métricas, são os indicadores de desempenho da campanha que lhe vão permitir mais tarde fazer a avaliação da campanha e fazer os ajustes necessários e tirar as conclusões no fim.

Exemplo:

Digamos que vou fazer uma campanha para angariar fãs para a página do Web Marketing no Facebook.

Neste caso, uma das métricas que iria necessáriamente analisar seria o custo por fã, para poder analisar e comparar se a campanha estava a correr bem ou mal, se o custo seria aceitável ou se teria de interromper a campanha, ou fazer alguns ajustes para tentar melhorar os resultados.

Se o objetivo fosse, por exemplo, vender um produto ou serviço, então uma das métricas que eu iria analisar, seria certamente o ROI (Return on Investment ou Retorno Sobre o Investimento), de forma a permitir-me concluir se seria rentável e até que ponto o seria estar a fazer esta campanha.

Como é óbvio, também se pode analisar o ROI no primeiro exemplo, mas como métrica, reveste mais peso e importância no segundo exemplo do que no primeiro, até porque, embora seja possível estimar, é difícil quantificar o retorno (imediato ou não) de um fã.

De qualquer forma, o Facebook disponibiliza duas formas de configurar as suas campanhas: por CPM (custo por mil impressões) ou por CPC (custo por clique).

Se pretender que a sua mensagem chegue ao maior número de pessoas possível, então deve considerar a opção de configurar a sua campanha por CPM, já que, indenpendentemente do número de cliques que ela tiver, o que lhe interessa é que o seu anúncio seja visto por muitas pessoas.

Já no caso, de ter como prioridade o número de conversões (em fãs, assinantes ou clientes), poderá ser mais aconselhável o CPC, pois neste caso, pagará apenas pelos cliques que o seu anúncio receber.

No caso de querer fazer uma campanha por CPM, um aspeto importante a considerar, é que o seu custo por clique será influenciado pela CTR (Click Through Rate ou Taxa de Clique), que representa o nº de pessoas que clicam no seu anúncio face ao nº de pessoas que o viram.

No que respeita ao CTR, quanto mais alto for, melhor.

O que acontece quando o seu anúncio tem um CTR alto, é que terá maior visibilidade junto dos utilizadores do Facebook, já que, permitira ao próprio Facebook, amealhar mais dinheiro em receitas da sua campanha.

Se a sua campanha for por CPC, então você já sabe, à partida, quanto estará a pagar por clique, considerando que poderá fazer licitações para pagar mais ou menos. No entanto, tal como no Google Adwords, quanto mais alto licitar, maior será a probabilidade do seu anúncio ter maior visibilidade.

Já se a sua campanha for configurada por CPM, quando mais alto for o CTR, mais baixo será o seu CPC, porque está a pagar por cada 1000 impressões. Isto significa que, se por cada 1000 impressões você obtiver 10 cliques, terá um CPC superior, do que se obtiver 20 cliques no seu anúncio.

Por todos estes motivos, é que é absolutamente fundamental, que tenha os objetivos da sua campanha bem definidos, pois isso será crucial para que a campanha seja construída de forma a permitir-lhe obter um bom ROI, bem como a alcançar os objetivos que definiu.

Uma outra opção que pode considerar, é testar os 2 métodos na mesma campanha, e ver qual resulta melhor en função dos objetivos que estabeleceu. Desta forma, poderá parar com o método que lhe dá resultados menos bons e continuar apenas com o que resulta melhor.

Agora que já expliquei como definir as métricas para a sua campanha no Facebook, vou falar de Tipos de Campanha no próximo artigo desta série.

Tal como antes, se tiver alguma sugestão ou questão que queira ver abordada, diga-me nos comentários.

GOSTOU DESTE CONTEÚDO?
ASSINE GRATUITAMENTE E RECEBA TODOS DICAS NO SEU EMAIL!

A sua privacidade é garantida a 100%!