Como Anunciar no Facebook: 4 – Mensagem

Como em qualquer campanha, a mensagem é dos pontos mais importantes da campanha.

No caso do Facebook, ao contrário, por exemplo, do Google Adwords, os anúncios permitem a inclusão de uma imagem juntamente com no anúncio, o que lhe permite recorrer ao poder dos elementos visuais para tornar a sua campanha mais apelativa e maximizar o CTR, mas saber anunciar no Facebook é muito mais que isso.

Um aspeto muito importante antes de começar a elaborar os seus anúncios no Facebook, é que, devem ter sempre em mente que o Facebook Marketing, é um marketing relacional, isto é, assenta no fato de criar e desenvolver relações em oposição a vendas diretas.

Tendo isto em mente, será certamente, mais fácil para si, enquadrar a sua comunicação no contexto e ambiente do Facebook.

De forma simples, e para os utilizadores do Facebook, os anúncios do Facebook são compostos por 3 elementos:

  • Título do Anúncio
  • Texto do Anúncio
  • Imagem do Anúncio

Obviamente, a combinação destes elementos têm de fazer sentido para quem vai ver os anúncios, caso contrário a campanha poderá não resultar.

A criatividade tem aqui um papel fundamental, já que, poderá condicionar bastante o resultado da sua campanha. No entanto, e tal como em tantas outras plataformas, os seus anúncios (e a sua campanha) devem obedecer a algumas regras, caso contrário, o Facebook pode acabar com a sua campanha antes sequer dela começar.

De todas as regras, destaco algumas, que me parecem ser as mais importantes (mas ainda assim aconselho vivamente a leitura das Normas de Publicidade do Facebook, que pode encontrar aqui em português):

1. Mensagem Verdadeira e Relevante

A mensagem deverá ser verdadeira e estar relacionada com os restantes componentes da campanha (mensagem, landing page, acção,)

Não seria uma ideia muito feliz, anunciar algo grátis, por exemplo, e depois pedir um pagamento pelo que foi anunciado como grátis.

Se o Facebook considerar que o copy do anúncio não corresponde à restante campanha, irá recusar o seu anúncio e poderá bani-lo permanentemente de anunciar no Facebook. Um risco que, quanto a mim, não vale a pena correr.

2. Uso de Maiúsculas

Como em qualquer outro lado na internet, não se deve fazer uso excessivo de maiúsculas, pois a ideia que se transmite é que se está aos gritos. E ninguém gosta de levar com os gritos dos outros. Eu pelo menos, detesto, e acredito que a maior parte das pessoas sinta o mesmo em relação a esta forma de comunicar.

O Facebook também acha, e se vir que voê utiliza maiúsculas de forma excessiva no texto do seu anúncio, poderá facilmente não aprovar o seu anúncio.

3. Calão e Erros

Este parece-me mais ou menos óbvio, mas convém referir que o Facebook não gosta muito de erros, nem do uso de linguagem que possa ser identificada como sendo calão.

Não sei se este aspeto estará assegurado em todas as línguas incluindo o português, mas mais vale prevenir.

Em todo o caso, há algumas restrições que, são praticamente obrigatórias de ler no documento que referi atrás, nomeadamente no ponto 5, que diz respeito ao conteúdo proibido nas campanhas, antes que tenha uma surpresa mais tarde, e então seja tarde demais.

Essencialmente, e como em qualquer outro tipo de campanha, interessa criar uma campanha que seja bem direcionada ao target em questão, apelativa, que utilize uma linguagem facilmente percetível e com a qual o seu target se identifique, em conjunto com uma imagem igualmente apelativa e com um call to action claro e bem visível para o utilizador, de preferência suportado por um bom incentivo.

Você tem de ser muito claro quando for dizer às pessoas o que quer que elas façam, depois de verem o seu anúncio. (obviamente o clique está sub-entendido, mas e depois?)

Faça a si próprio as seguintes perguntas:

  • Qual é o incentivo ao clique?
  • Será para ver/fazer o quê? Algo realmente interessante?
  • O que vai fazer com que as pessoas no anúncio?
  • O que vai motivá-las a fazê-lo?
  • E depois de clicarem, o que é que você quer que elas façam?

Sim, este último aspeto pode ser trabalhado à posteriori na própria landing page, mas quanto maior for o entrosamento entre a mensagem do anúncio e a da langing page, maior será a conversão, pois as pessoas já terão uma ideia do que irão fazer após o clique no anúncio e já não vão “às escuras”, só porque acharam piada à imagem ou ao anúncio.

Obviamente, se estivermos a falar de uma campanha, cujo objetivo primário é gerar notoriedade ou buzz, então o que interessa é que a mensagem apareça muitas vezes junto dos utilizadores, e que haja muitos cliques, independentemente de eventuais conversões.

No entanto, não é certamente este o objetivo mais comum de uma campanha, muito menos agora, em tempos menos propícios, em que as métricas e os resultados falam mais alto que tudo o resto.

Conclusão

O melhor que posso aconselhá-lo, é ler as Guidelines do Facebook para a publicidade (cujo link está neste artigo) e a cumprir todas as regras que constam desse documento.

Estando certo, que estará a respeitar tudo o que Facebook exige, dê asas à criatividade e faça anúncios apelativos.

Faça muitos anúncios ou variações do mesmo anúncio, teste várias imagens com os anúncios, pois muitas vezes, basta mudar a imagem e a campanha tem resultados completamente diferentes. É verdade! Por incrível que pareça, vários estudos provaram isto mesmo. Portanto não faça os anúncio apenas com uma ou duas imagens. Tenha 4 ou 5 (ou mais) imagens preparadas, caso seja necessário, ou até mesmo para testar o que melhor resulta.

Já vi alguns estudos, que provam que, por vezes, basta alterar a cor da imagem para o anúncio ter um desempenho completamente diferente.

Existem regras mais ou menos genéricas de publicidade que, obviamente, também se aplicam aqui, por isso aconselho vivamente a leitura deste artigo, onde falo sobre como criar banners que resultam em 8 passos.

Espero que tenha ficado com uma ideia mais clara sobre como pode funcionar e enquadrar a mensagem no contexto do Facebook.

No próximo artigo da série “Como Anunciar no Facebook Com Sucesso”, vou falar sobre os vários tipos de anúncios/campanhas que pode fazer no Facebook.

Tem alguma dúvida ou questão, deixe o seu comentário!

  • são otimos essas redes sociais mais tem uma rede social que divide seus lucros com voce klikot
    acesse e confira http://www.klikot.com/pt/SignUp.aspx?advertiser_id=821768