• É realmente necessário estar muito atento às redes sociais pois com elas, a linha que divide o pessoal do profissional torna-se menos vincada. Pessoalmente, vejo o facebook mais como uma rede para uso pessoal (partilhando os seus conteúdos apenas com os meus amigos – pessoas que realmente conheço). Numa vertente mais profisional, uso o linkedin e o twitter.

  • Miguel Nascimento

    Caro Luís Costa, efectivamente as redes sociais tornam essa linha a que se refere mais invisível. O importante será ter um grande controlo nos conteúdos que publicamos, pois o que hoje pode parecer-nos normal, amanhã pode prejudicar-nos. O Facebook dá muita margem para a criatividade / imaginação e isso pode efectivamente expor-nos mais do que desejamos. Muito obrigado pela sua participação!

  • Pingback: Si votre profil Facebook était un CV, seriez-vous recruté(e) ? | mathieu gaspar étudiant chef de projet web()