Anunciar no Facebook vs. Anunciar no LinkedIn

Fala-se muito em anunciar no Facebook, e é um facto que é uma boa fonte de tráfego/negócio, mas será a única rede social capaz de gerar tráfego/negócio?

Se pensarmos um pouco, o LinkedIn tem tido um crescimento igualmente interessante com outros tantos desenvolvimentos e evoluções e funcionalidades que o tornam mais atual e útil.

anunciar linkedin

É verdade que não estão lá perto de 4 milhões de portugueses como no Facebook, mas por outro lado também não tem tanto “lixo” de perfis falsos, e teoricamente, a informação até será mais fidedigna. Já tinha pensado nisso?

Por este motivo, acho que vale a pena escrever este artigo para cobrir os pontos base de anunciar no LinkedIn, até porque já são perto de 1 milhão de portugueses (imagino que brasileiros sejam muitos mais, claro), e as possibilidades de segmentação são muito interessantes.

Alguns pontos interessantes a considerar são:

– é possível fazer uma segmentação muito afinada, combinando os mais diversos fatores (localização, função, indústria, entre outros)

– os anúncios são colocados em locais com boa visibilidade e apenas em páginas que sejam relevantes, consoante as suas definições para a campanha

– o sistema de pagamento é semelhante ao Facebook. Em regime de PPC (pagamento por clique), pode-se iniciar, pausar e parar a campanha a qualquer momento.

– para quem já tem conta no LinkedIn, eles oferecem um voucher no valor de 50€ para investir em publicidade como incentivo, o que não é nada mau para quem quer dar os primeiros passos e “testar as águas” antes de fazer um investimento mais relevante.

Outra vantagem interessante de anunciar no LinkedIn é que, lá não existe o volume de concorrência que existe quando queremos anunciar no Facebook, o que pode até facilitar a obtenção de um CPC (Custo Por Clique) mais baixo, conseguindo assim, atingir mais pessoas com menos investimento.

Se considerarmos que, por haver menos pessoas/empresas a anunciar no LinkedIn, também existem menos anúncios, e consequentemente, menos ruído causado pela publicidade, este será outro ponto a favor de criar uma campanha no LinkedIn.

E você, já experimentou anunciar no LinkedIn?

GOSTOU DESTE CONTEÚDO?
ASSINE GRATUITAMENTE E RECEBA TODOS DICAS NO SEU EMAIL!

A sua privacidade é garantida a 100%!