Saiba como gerir o stress e como ser mais produtivo

O stress é algo com que estamos (infelizmente?) cada vez mais familiarizados.
É um facto que o ritmo de vida é, agora, bastante mais acelarado, fruto de vários factores sociais e não só.

Saber gerir o stress e utilizá-lo a seu favor é algo fundamental para obter os resultados que pretende, e, simultaneamente, manter a sua sanidade física e mental.

Pessoalmente, é isso que eu tento fazer, e é isso que aconselho que seja feito.
Os benefícios de uma boa organização, reflectem-se na qualidade dos seus trabalhos e no seu estado de espírito mesmo quando não está a trabalhar.

Por estes motivos, deixo-lhe algumas dicas para gerir melhor a pressão e o stress decorrentes do trabalho, que pode aplicar já hoje, e ir verificando os seus resultados.

gerir_stress2
1 – “Vou criar a minha secretária pessoal” – Use Notas com frequência

Sejam reminders, lembretes, alarmes, blocos de notas, ou outros, utilize um método que lhe possibilite anotar todas as ideias, compromissos,

tarefas, etc, de forma a não perdero sentido de orientação.
É muito importante, pois sem orientação, nada é concretizado com sucesso, e a ferramenta que escolher será a sua “secretária pessoal”.

2 – “Não paguei a conta da Internet…” Liste todas as tarefas, independente da sua natureza

Tome nota de tudo!
Sejam notas pessoais ou profissionais, anote tudo no instrumento que será a sua “secretária pessoal”
.
É preferível ter tudo concentrado no mesmo sítio, do que andar com “post-it’s” pendurados na carteira e papeis espalhados pela secretária, além de

que desta forma, consegue ter uma melhor visão e prespectiva dos seus compromissos.

3 – “É tudo para ontem!” – Atribua prioridades às tarefas

Saiba olhar para as tarefas e analisar o impacto e o grau de necessidade e urgência de cada uma.
Este passo, irá permitir-lhe dar prioridade às coisas que são, de facto, mais importantes,
e cujo impacto será maior.
Assim, minimiza o risco de perder tempo com tarefas desnecessárias e inúteis
.

4 – “Em 3 dias é impossivel!” – Crie e tente respeitar os prazos das tarefas

Após ter esclarecidas as prioridades, o passo seguintes é atribuir-lhes um prazo.
A tribuição de um prazo, nem que seja estimado, para as tarefas, dá-lhe a vantagem de poder ter uma visão de tempo. Do total do tempo disponível, tempo de trabalho, e, claro, tempo de lazer.

Tente cumprir esses prazos, mas tenha sempre em atenção, que devem ser prazos realistas. Não marque um prazo de 3 dias para uma tarefa que demora 2 semanas…

5 – “Olha… está a dar o Seinfeld…” – Concentre-se e mantenha-se concentrado

Se há coisas que não convivem muito bem juntas é trabalho e distração em simultâneo.
Desligue a televisão (se trabalha em casa ou num local que tenha uma), tente estipular horas específicas para ver o email, pois esta é outra grande distracção, assim como o Messenger ou programas similares.
Tudo isto são factores que podem fazer com o que o trabalho que faria em 2 horas, passe a fazê-lo em 4.

6 – “All work and no play, makes jack a dull boy!” – Guarde tempo para se desligar do trabalho

Como em tudo na vida, o que é demais, faz mal. E o trabalho não foge à regra.
É muito importante que mantenha uma vida social activa, seja com a família, amigos, namorada, etc.
Não só o distrai do trabalho, como dá-lhe a oportunidade de ver as coisas com maior clareza e objectividade.
Outra grande vantagem, é que, muitas vezes as próprias pessoas que o rodeiam, consciente ou inconscientemente, acabam por ajudá-lo a ter ideias novas ou abordagens diferentes às diversas situações que tem pela frente.

7 – “Já não vejo nada à frente…” – Durma bem e faça exercício

Dormir bem não é sinónimo de dormir muito.
Vários estudos já provaram que, basta dormir entre 6 a 9 horas por noite, para poder usufruir de toda a sua capacidade física e intelectual.
Desta forma poderá ter muito mais rendimento no trabalho.
O mesmo acontece, se fizer exercício. Está provado que é das melhores terapias que pode haver.
É claro que, se me derem a escolher, eu prefiro dormir :) mas isso é o meu lado preguiçoso a falar mais alto. Na realidade, o que acaba por aconterer, é que, mesmo quando posso dormir mais, muito raramente durmo mais de 7 ou 8 horas.
De qualquer forma, nem que seja uma pequena corrida de 20 minutos, verá que se vai sentir muito melhor.

E você, qual é a sua técnica para gerir o stress?

GOSTOU DESTE CONTEÚDO?
ASSINE GRATUITAMENTE E RECEBA TODOS DICAS NO SEU EMAIL!

A sua privacidade é garantida a 100%!
  • Oi João!
    Esse é um tema duro para mim, tento ao máximo organizar e planejar tudo o que tenho que fazer, mas acontece que não é fácil. Tenho um caderno, onde anoto tudo o que tenho que fazer e as idéias novas que vão surgindo, mas as vezes tenho é vontade de atirar o caderno longe, de tanta coisa! e acabo por não fazer é nada…
    Colocar prioridades ajuda e muito, sei porque fiz uma ou duas vezes, mas ultimamente não venho fazendo, preciso me policiar mais. Já a fazer exercícios…. esse é um grande problema, como você, prefiro dormir… detesto qualquer tipo de atividade física, mas sei que estou errada e deveria mudar… isso vai ser uma realização para o ano que vem, sem falta, pois mesmo não sendo tão velha assim, as vezes pareço que tenho 70 anos… rs…
    Mais um ótimo artigo!
    Um abraço!

  • Olá Sandra,

    O “policiamento” é uma excelente estratégia para melhorar alguns hábitos.
    Eu próprio também o faço frequentemente, senão, o tempo passa e as coisas não dão resultado.
    Não tem de ser um regime nem nada que se pareça, mas alguma organização é fundamental para ter bons resultados (ou melhores).
    Abraço,
    JR

  • Acho que foco é a palavra que pode resumir bem este seu post.
    Atualmente vivemos no corre-corre e querendo fazer tudo ao mesmo tempo, somos seres 2.0, porém se não priorizarmos e focarmos em determinados objetivos, não dá pra fazer nada 100% certo..
    Muito boa suas dicas, vamos nos policiar e colocá-las em prática e NOSTRESS
    abcs

  • Como você diz e bem Marcos, o ritmo de vida hoje é muito acelerado e esse é, sem dúvida, um dos motivos da dispersão da nossa atenção.
    E se juntarmos a isso, a diversidade de fontes de informação, (TV, internet, mobile, etc), o cenário fica ainda mais difícil de manter o foco.
    Abraço,
    JR

  • Olá João,

    Esse é o grande problema do mundo de hoje, anda tudo estressado, Trabalham demais, a família ou a namorada começam a refilar, discute-se. Fica-se zangado e não dá para relaxar.

    Tem-se 2 ou 3 ocupações não contando com a Internet. A mãe tem alzeimer a mulher está debilitada pela quimioterapia.

    Espero que tenha percebido estas 2 linhas que acabei de escrever.
    É uma parte da minha vida actal. E explica o abandono a que condeno o blog.
    Um abraço.

  • Olá José,

    Sim, percebi.
    Infelizmente a vida não são só coisas boas, e conseguirmos dar a volta por cima, requer muita força interior e capacidade de ultrapassar os obstáculos que a vida nos reserva.

    Espero que nunca perca a capacidade de ver o lado bom da vida e que isso o ajude a manter uma visão o mais positiva possível no meio de todas as adversidades.

    Abraço,
    JR

  • Olá!
    Acho que fazer isso que estamos fazendo, discutir (no lado bom da palavra) aqui, ajuda a desestressar.
    Realmente temos milhares de coisas para fazer, e acabamos por não fazer nada direito.
    Pelo menos eu não sou a única!
    Um abraço!

  • Olá João e Sandra,

    Mas como dizia Camões: Não há mal que sempre dure nem bem que nunca acabe.

    Todos têm problemas, por esse motivo é muito difícil não andar estressado. :)

    Abraços

  • De facto, o Camões com essa acertou na “mouche”!

    Abraço,
    JR

  • É verdade sim, não sabem o quanto ando estressada também!
    Mas espero que essa semana consiga dar uma melhorada no humor.
    Um abraço!

  • Bruno

    Agora também as pessoas vão ter umas ferias de Natal e aliviam o stress 😀 Aproveite as ferias Sandra.

  • Este período que antecede o Natal, só por si, causa stress. Então às donas de casa nem se fala.

    Abraço

  • Obrigada Bruno!
    Mas infelizmente não vou tirar férias, só esses dias do Natal, estou adiantando o máximo possível de trabalho para poder descansar um pouco…
    Um abraço!

  • O Natal é um dia como os outros para quem trabalha pela internet.
    Tem as mesmas 24 horas lol.

  • Bruno

    Mas eu não me importo de trabalhar na Internet, faço por gosto não por esforço 😀

  • Claro. E quem trabalhar obrigado não vai ter grande sucesso.
    É preciso esforço e dedicação.

  • Bruno

    As vezes ate parece que custa mas da logo para perceber que eu gosto, se eu me levantar e ir para o quarto,etc… apetece-me voltar ao pc, da logo para perceber que gosto deste “part time”

    Se fosse um trabalho “comum” queria era levantar-me e sair…

  • Bruno é preciso gostar sempre do que se faz mas assim ainda mais.
    Não temos ninguém que nos obrigue a trabalhar e se fizermos muitas pausas não recebemos o mesmo.

  • Pois é, precisa gostar do que faz, é a primeira regra.
    Quem me dera poder trabalhar só com o que gosto, mas infelizmente ainda não posso.

  • Acho que todos nós sofremos do mesmo “bichinho virtual” :)
    Ás vezes é complicado conseguir gerir tudo em termos de tempo, mas vale a pena!

    Abraço,
    JR

  • Pois é João…
    O jeito é arranjar tempo e vontade para fazer tudo, pois as vezes temos coisas tão chatas, mas que precisam ser feitas…