O Encerramento do Yahoo GeoCities Pode Ter Impacto no Seu Ranking

Se ainda não teve conhecimento, o Yahoo decidiu encerrar a sua plataforma Yahoo GeoCities, encerrando com isso, todos os milhões de sites que nela estavam alojados.

O Yahoo GeoCities permitia aos seus utilizadores a criação de páginas web ou mini-sites gratuitos e que ficavam alojados no próprio domínio do GeoCities.

Não sei precisamente desde quando existia esta plataforma, mas posso dizer-lhe que me lembro de consultar sites da GeoCities nos meus primeiros contactos com a Internet, por isso já deve ter sido há algum tempo.

Seja como for, o encerramento de cerca 7,5 milhões de sites – sim leu bem, 7,5 milhões de sites – tem certamente impactos na web, até porque imagine a quantidade de conteúdo que se perde com este encerramento. Além do impacto que poderá ter em muitos outros sites.

geocities

Veja estes dados:

  • 7,5 milhões de sites
  • o GeoCities teve cerca de 10 milhões de visitantes em Setembro último
  • muitos sites do GeoCities tinham rankings no Top 20 do Google para cerca de 680.000 keywords

Começa a perceber o impacto?

Todos estes sites, com os seus conteúdos, textos, imagens e links desaparecem por completo a partir de 26 de Novembro.

Se pensarmos um pouco, vamos perceber que o “apagão” de todos estes conteúdos vão deixar como que um buraco negro na internet.

No meio disto tudo, a pior notícia, é que você poderá ter perdido muitos backlinks para o seu site que estavam alojados em sites do GeoCities. E se estes links eram de páginas com PageRank alto, poderá ter algum impacto nos seus rankings.

Se estou certo deste facto?

Honestamente, não. Mas é possível.

Posto isto, atrevo-me a pensar que, também é verdade que havia muito “lixo” no GeoCities, e nesse sentido até se podia pensar que a internet ficou mais “limpa”.

Mas isso até poderia ser bom, pois seria da forma que qualquer site com conteúdo de qualidade, sobressaía com facilidade perante estes.

No entanto, e seja como for que encara este facto, a verdade é que o GeoCities servia, na sua larga maioria, o público americano – confesso que não sei se no Brasil o GeoCities era utilizado – e pelo menos para a internet portuguesa, o impacto pode resumir-se a alguma perda de backlinks, e aos respectivos efeitos (caso hajam).

Qual é a sua opinião sobre este tema?

GOSTOU DESTE CONTEÚDO?
ASSINE GRATUITAMENTE E RECEBA TODOS DICAS NO SEU EMAIL!

A sua privacidade é garantida a 100%!
  • É realmente uma informação bombástica, ainda não tinha ouvido nada sobre o assunto!
    Por acaso vem ao encontro de algo que me estava a dar voltas a cabeça… a quantidade de informação que anda na internet, não é só actual…coisas com mais de 10 anos ainda estão disponíveis…vou continuar a pensar nisso

  • Essa é uma grande verdade!
    Agora a dificuldade não é tanto encontrar informação sobre algo, mas sim, separar o trigo do joio no meio de tantos resultados que os motores de busca nos apresentam.

    Abraço,
    JR

  • Eu há já bastantes meses que não visito sites que estejam alojados no geocities. Talvez não estejam nos nichos em que eu entro.
    Vamos a ver o que isto vai trazer mas com certeza vai abrir muito espaços na internet.

  • Concordo Nelson,

    A questão do “buraco negro” que tem o lado bom e mau parece-me certa, mas o que ainda não consegui perceber é se haverá outras consequências das que falei no artigo. Em princípio nao, mas…

    Abraço,
    JR

  • Que estranho, para eles tomarem uma decisão dessas devia ter muito lixo mesmo… Ou não estava trazendo retorno financeiro.
    Mas acho que será uma limpa, devia ter muito site abandonado também…
    Se eles sabem o que estão fazendo né…
    Um abraço!

  • Olá Sandra e bem-vinda ao WMPT!

    Acho que você tocou num ponto chave.
    E muito provavelmente até terá sido o lixo aliado à falta ou escassez de retorno que terá originado isso… Honestamente não sei.
    No entanto que vai ser uma limpeza, vai!

    Abraço,
    JR

  • Bruno

    Não sabia que o GeoCities fechou, lembro-me de visitar bastantes sites, a nível de conteúdo eles eram no geral “podres” eram mais programas PTC,manualsurfs e similares mas suponho que devia haver sites de qualidade, 10 milhões de visitas é bastante, por alguma razão há conteúdo, enfim a Yahoo não é muito esperta deixa mais espaço de mercado para o blogspot.

    Conclusão, Yahoo não inova nem dinamiza, fecha os seus serviços e deixa mais espaço para o Google.

    Considero o Google é a melhor empresa a nível de Marketing, sempre a entrar em novos mercados a inovar, a comprar,a dominar…ainda hoje li que a Google poderá produzir telemóveis, os “Google Phones”

    Reparem que vai lançar o GoogleOS que vem com todos os seus serviços,Google,Google Crome e acredito que mais alguns,imagine lançamento de telemóveis Google com GoogleOS,Google Crome,etc…

    É o mercado completamente dominado,vai deitar abaixo uma bao parte da quota da Windows.

  • @Bruno – Concordo com muitas coisas que disseste, mas pessoalmente não sou muito fã de monopólios.
    Situações destas deixa muita gente na “mão” do Google, um pouco à semelhança da Microsoft no que respeita ao Windows.
    Um dos exemplos clássicos é o Google Slap, em que os webmasters veem os seus sites banidos do Google, porque não fazem tudo como eles querem.

    É claro que têm de haver regras e, neste caso é o Google que as dita, mas será assim tão boa ideia estar (tão) preso a um único motor de busca?
    Tenho algumas dúvidas…

  • Olá João.

    Estou a saber agora deste “despedimento colectivo”. Quer dizer: Os sites que estavam no Top 20, terão prejuízos muito significativos. E não só esses, mas muitos outros, deviam estar a ganhar bastante dinheiro.

    Provavelmente vai haver pedidos de indemnizações. Ainda estamos no campo da especulação, porque não se sabe mais pormenores, nem faço ideia se os donos dos sites/blogs, terão alguns direitos, dado que eram gratuitos.

    Aguardemos o desenvolvimento do caso.

    Um abraço

  • Bruno

    De certeza que nos termos de condições esta la que o blogue não lhes pertence, é como ter um blogspot esse blogue nunca nos pertence na verdade pertence á Google mas somos nos que o administramos, se o Google quiser apagar nosso blogue da sua base de dados pode apagar porque teoricamente esse blogue pertence á Google e eles podem fazer o que quiserem com ele…deve ser o mesmo com o GeoCities

  • José é o que o Bruno disse. Ao teres um blog num desses serviços gratuitos podes ficar sem eles a qualquer momento.

  • @ José,
    Eu também concordo com o Bruno.
    Estou convencido que será uma dessas situações, e por isso, não terão direito a nada.
    Esse é um risco das plataformas gratuitas. Nunca é, de facto, nosso!

    Abraço,
    JR

  • Obrigado ao Bruno ao Nelson e ao João pelos esclarecimentos. Acabam de me convencer que não é negócio estar no Blogger.:)

    Quer dizer que se eu estivesse a ter um rendimento da ordem de 5.000 € /mês e e o Google o mesmo que o GeoCities, eu não teria direito a uma indemnização, por perdas e danos?

    A verdade é que não li os Termos e Condições.

    Um abraço.

  • Bruno

    A Google nunca ira fazer isso(99% de certeza) mas sim o blogue que você tem no blogspot não lhe pertence, a Google reserva o direito de o excluir, isto pode acontecer, se existir um blogspot que só gera pirataria e um grande tribunal meta o Google em processo, o Google possivelmente elimina o blogue e não fica a dever nada a ninguém.

    Sabiam que o Google foi obrigado a quebrar os seus termos e condições…o Google nos termos e condições diz que nunca revelara informações dos seus utilizadores mas havia um blogspot que falava mal duma modelo, a Google foi a tribunal e foi obrigado a revelar a identidade do Blogger.

  • Não José não tinhas direito a isso.
    Retirado dos termos do blogspot:

    10. Encerramento e Suspensão. A Google pode, a critério próprio, em qualquer altura e por qualquer motivo, cessar o Serviço, rescindir o presente Acordo, suspender ou encerrar a sua conta. Em caso de cessação, a sua conta será desactivada e o utilizador não poderá ter acesso à conta ou a quaisquer ficheiros ou outro conteúdo da mesma, embora possam ser mantidas cópias residuais de informações no nosso sistema durante algum tempo para efeitos de cópia de segurança. As secções 2, 3, 5 – 8 e 10 – 15 do Acordo, juntamente com as disposições aplicáveis dos Termos do Serviço gerais (incluindo a secção relacionada com a limitação de responsabilidades), permanecerão vigentes após a expiração ou cessação.

    11. Indemnização. O utilizador concorda em desresponsabilizar e indemnizar a Google, e respectivas subsidiárias, empresas afiliadas, representantes, agentes e funcionários de e contra quaisquer reclamações de terceiros resultantes de ou de alguma forma relacionadas com a utilização do Serviço, incluindo qualquer obrigação ou despesa resultante de reclamações, perdas, danos (directos e consequentes), acções judiciais, sentenças, despesas processuais e honorários de qualquer tipo e natureza. Em tais casos, a Google notificará o utilizador por escrito dessas reclamações, acções judiciais ou processos.

  • @ José,
    A resposta está dada.
    E parabéns pela decisão. Quanto a mim é uma decisão acertada para ter um blog seu com segurança, independência e futuro.
    Talvez possa aproveitar um dos prémios do passatempo para começar a pensar no domínio que vai ser :), se ganhar um dos prémios claro!
    Boa sorte!

    @ Bruno,
    É curioso que isso tenha acontecido, mas para ser sincero não me espanta (infelizmente).

    Abraço,
    JR

  • Olá!
    O Google pode sim fazer o que quiser com os produtos deles, muitos deles, a maioria, está na versão beta, e ele diz claramente que os dados contidos nos sistemas podem ser, assim, perdidos, e eles não tem responsabilidades nenhuma. Aconteceu com o analytics uma vez, não sei quanto de dados foi perdido, mas muita gente ficou muito brava e não podia reclamar, afinal, é grátis!
    Mas concordo que esta é mais uma razão para usar wordpress em hospedagem paga. Com certeza.
    Um abraço!

  • Bruno

    O Google não só “manda em nos e não nos permite pedir indemnizações,etc…” como também guarda nossos dados o Google sabe o que tu pesquisas sabe a tua morada, actualmente o Google sabe os dados de toda a gente pois essas pessoas tenhem conta nos seus diversos serviços e o Google guarda cookies de todos que entrem nos seus serviços.

  • Bruno o Google diz que nunca revelará os dados dos seus utilizadores e isso é verdade excepto se receber uma ordem do tribunal. Nessa caso não pode fazer nada. As empresas que fornecem internet também não revelam os dados dos seus clientes mas se aparecer uma ordem do tribunal eles não têm outra hipótese. Até os próprios bancos.
    O google sabe tudo de nós. Se usamos adsense sabe quais os nossos sites, se usamos gmail ele sabe os emails que recebemos e do que falam, sabe o que pesquisamos e por ai fora.

  • Bruno

    Sim claro Nelson eu sei disso mas usam essa informação internamente e diponhem dessa informação, sei que não a podem revelar sem a nossa autorização o Google tem boas politicas de privacidade é claro.

  • Olá,

    O Bruno já referiu um “furo”, nos termos e condições do Google. Aos poucos vão surgir outros casos. Estou mesmo convencido que existem cláusulas abusivas, que em tribunal não valem.Claro que quem tem poder é que domina. Vamos aguardar para ver.Obrigado ao Ségio pela transcrição que fez.

    Um abraço

  • É verdade, ele sabe tudo sobre todos. Dá até medo se parararmos para pensar. Porém, não vivemos sem ele. Eu não consigo fazer pesquisa em outro buscador, ou usar outro e-mail que não seja o gmail. Também já acostumei tanto com o Chrome que o firefox parece uma tartaruga , o IE então nem se fala. Eles acertaram em muitas coisas, e o intenção é deixar tudo interligado. Você usa uma mesma conta, para tudo. Mas é rastreado e monitorado o tempo todo.
    E quanto a abrir os dados, só se for em tribunal, como o Nelson falou. Se não acho que eles são bem corretos nesse ponto.
    Um abraço!

  • Bruno

    Mas o Google merece ele realmente tem sucesso e faz um marketing colossal(Muito mas muito bom) a cada semana vê-se uma noticia Google vai lançar telemóvel, Google lançou add-ons para o Chrome,Google lança Dashboard, mas a Microsft e a Yahoo andam caladinhas 😀

  • Vai lançar até um sistema operacional, não é?! Daqui a pouco tem até geladeira do Google! Rs…

  • @ Sandra,
    Já há a geladeira do Google! Ninguém lhe disse? :)

  • Sério?! Ninguém merece!
    E ela faz o que? Avisa quando a comida acabou e já acessa o google para pesquisar o menor preço do produto? Rs…

  • Era uma boa ideia…
    Agora um pouco mais a sério, pessoalmente, tenho sempre o pé atrás com situações de empresas que têm monopólios ou posições de grande peso no seu mercado.
    A história tem provado que não é benéfico para os consumidores.
    Quanto a esta situação, o futuro o dirá.

    Abraço,
    JR

  • João tens toda a razão. Se uma empresa tem o monopólio pode fazer o que quer. Neste momento como motor de busca o google já tem um concorrente. Neste momento o concorrente (bing) ainda tem muito a desenvolver para que possa efectivamente concorrer com o google mas está devagarinho a ganhar o seu espaço necessário para que depois possa crescer.

  • Sim, é muito ruim para nós, mas o Google é praticamente um monópolio, pois tudo o que ele vê que deu certo vai e compra. E o bing, coitado, ainda falta muito mesmo…

  • Sandra ainda falta mas a verdade é que começa a ganhar o seu espaço. Já se recebe visitas vindas do bing.

  • Eu recebo muito poucas, cerca de 1 a cada 2, 3 dias, até do yahoo vem mais…
    E você?

  • Sim eu também recebo mais do yahoo do que do bing mas ainda recebo à volta de 1 por dia. Não é muito mas é um começo.

  • Que bom saber, achava que eu era a única que não recebia muitas visitas vindas de outros buscadores. :-)

  • Sandra e nisso acho que estamos a falhar.
    Temos de tentar que visitantes de outros motores de busca venham ter connosco senão o google ainda se chateia connosco e la vamos nós lol.

  • Eu cá por mim não sou esquisito, venham de lá as visitas, seja qual for o motor de busca. :)

    Abraço

  • José isso claro.
    Desde que venham são sempre bem vindas.

  • Sim Nelson, mas a impressão que tenho é que 90% das pessoas usam google, por isso poucas visitas vindas de outros buscadores. Mas não sei se é assim, porque o google se chateia conosco?

  • O google tem a grande maioria do mercado e vai continuar a ter por muitos anos.
    O bing ainda tem muito para se desenvolver para se aproximar do valor do google.
    Sandra sei lá mas já houve alguns casos assim é melhor prevenir do que remediar.

  • Bruno

    Por exemplo Sandra imagine que 90% das suas visitas vem do Google e você é banida, tem que estar preparada para arranjar visitas de outros meios.

  • Ah sim, eu sei muito bem o que é isso, Bruno…

  • Bruno se o valor for de 90% é mesmo muito mau.
    Não se deve deixar chegar a tanto.

  • Achas mesmo Nelson? Também fico perto disso, qual a sua taxa? De onde mais recebe visitas?