A Ferramenta Mais Importante Para o Sucesso

Normalmente quando se está a vender algo online, seja um produto, um serviço ou até mesmo uma subscrição, a prática mais utilizada é, simplesmente, fazer um site, colocar esse algo no site, e esperar que, por alma do Espírito Santo, alguém compre ou subscreva.

Esta é a grande técnica que muita gente implementa para terem sucesso com os seus sites. Fantástico, não é?

Com tanta técnica, não admira que muitos sites não vendam nada ou vendam mesmo muito pouco.

marketing-positivo

A verdade é que se você for a ver com mais atenção, vai encontrar sites bem construídos e preparados para converter visitantes em clientes ou subscritores, e outros, que simplesmente existem.

Aparentemente, e a olho nu, podem não ser absolutamente claras, ou tão evidentes as diferenças para quem não tem o conhecimento, ou o olho “treinado” para certos aspectos mais relacionados com marketing, mas que existem diferenças, e estas são consideráveis e importantes, é um facto!

Não é de esperar que todos percebam de marketing ao mesmo nível, e por isso mesmo, é que é importante lançar este alerta e não desistir do processo de aprendizagem, pois este é contínuo (para todos nós).

A verdade é que muitas pessoas e empresas continuam a pensar que marketing é um mero aspecto secundário, e mais tarde ou mais cedo, acabam por pagar esse erro muito caro.

O Marketing está em tudo o que vemos e fazemos no dia-a-dia. Em alguns aspectos, com uma presença mais óbvia, noutros com uma presença mais discreta ou subtil.

Seja qual for a tácica ou abordagem, esta é, concerteza, baseada em pressupostos e objectivos, e, se for uma “coisa bem feita”, há-de haver alguém a monitorar os resultados.

Quem pensa que as pessoas responsáveis pelos sites com muito sucesso fazem as coisas “por acaso”, pense novamente.

Tudo é pensado ao mais pequeno pormenor. Lembra-se do Marketing Funnel? (se ainda não leu, vale bem a pena ler)

Desde a localização da informação, à cor do texto e dos botões, passando naturalmente pelo copy (texto), tudo é minuciosamente feito e estudado, de forma a maximizar o resultado que se pretende atingir.

Há tempos, vi um case study em que o próprio tamanho do botão de “comprar” foi alvo de estudo e análise ao pormenor, até que concluíram que o tamanho do botão interfere no aumento das vendas.

Este é apenas um exemplo de como as pequenas coisas são importantes.

Mas como estas, há muitas.

Como já tive oportunidade de dizer aqui no Web Marketing, a prática mais importante de todas, é o TESTE!

Colocar “as coisas” online e não monitorar o seu desempenho, é como tentar acertar numa mosca com um alfinete.

Digamos que, a probabilidade de acertar é consideravelmente baixa.

Além destes aspectos, certifique-se que pratica um marketing positivo, isto é, não seja intrusivo nem na publicidade, nem por exemplo, nos comentários que faz em outros blogs ou fóruns. Por vezes vemos certos comentários que, como dizia uma leitora do Web Marketing (a Sandra do Info Macross) “Ninguém merece!”

Outras vezes, vemos banners que tem uma imagem que nada tem a haver com o conteúdo da página de destino… Isto, para terem muitos cliques, como se isso fosse fazer com que tivessem muitos clientes.

Enfim, só o simples facto de não respeitar esta regra pode prejudicá-lo bastante, em vez de lhe trazer retorno.

No caso da publicidade, já falei aqui no blog sobre técnicas para criar banners com sucesso.

Até pode fazer algo completamente diferente do que eu disse, mas certifique-se que tudo o que faz tem um objectivo claro e contribui para atingir esse objectivo. Mais uma vez, o Marketing Funnel em acção!

Como também já referi, acrescente valor nos comentários ou intervenções que faz noutros blogs ou sites, e o reconhecimento será visível da parte dos outros intervenientes de forma natural.

O marketing deve ser positivo, honesto, e verdadeiro, pelo menos para quem se preocupa com a sua imagem, do seu blog ou a da sua empresa.

Não se esqueça que, além de estar a tentar ganhar clientes ou subscritores, também está a construir uma imagem, e essa imagem será sua por muito tempo, para o bem e para o mal.

  • Bruno

    Exacto se estamos a tentar vender uma bimba(custa quase 1000€) se nao tivermos uma pagina optimizada que transmita crediblidade ninguem vai gastar quase 1000€ nessa pagina.

    O problema é que eu nao percebo, Joao como é que voce sabe quais as cores que combinam melhor?

  • Bruno as cores têm significados.
    Por exemplo:
    O branco associa-se à ideia de paz, de calma, de pureza. Também está associado ao frio e à limpeza. Significa inocência e pureza.

    O Azul é a cor do céu, do espírito e do pensamento. Simboliza a lealdade, a fidelidade, a personalidade e subtileza. Simboliza também o ideal e o sonho. É a mais fria das cores frias.

    e por ai fora.

  • Como o Nelson disse (e bem!), as cores em si têm o seu impacto visual dada a sua própria natureza, e além disso, têm também influências comportamentais que podem ser induzidas ou conduzidas por ela (pela cor).
    Isto é, em determinadas situações uma cor forte pode levar a um melhor desempenho de alguma parte específica de um site, no seu contexto claro, enquanto noutras, poderá ser uma cor suave a levar a melhor.

    Por estes motivos, e por outros, é que os testes são tão importantes.
    Uma simples mudança de cor, pode significar uma melhoria do desempenho.

    Quanto a chegar a uma conclusão, sobre quais as melhores combinações, é através do melhor exercício que existe: o tão simples e tão ignorado TESTE! :)

  • Bruno

    Pois mas Nelson como é que tu sabes que o branco significa isto ou aquilo, certamente nao foste tu que inventaste, eu queria saber onde voces encontram essa informacão?

  • Bruno para saberes o significado das cores pesquisa no Google por “significado das cores”.
    Algumas tu já sabes com certeza: Vermelho cor do amor, preto associado à morte etc.

  • Olá Pessoal, tudo bem?!

    O João nos ensina neste post o básico para quem deseja sucesso com um negócio na Internet.

    Todo o projeto do site deve ser planejado com foco no usuário, descobrindo suas necessidades, problemas, medos e oferecendo soluções em forma de produto ou serviço.

    Quem entender isto terá dado um grande passo rumo ao sucesso.

    Abraços!

  • Olá Claudio e bem-vindo ao WMPT!

    Como você diz, eu abordei o básico, isto é, algo sem o qual dificilmente se consegue ter um bom desempenho.
    De facto, é muito importante que se tenha a noção do quão importante e poderoso o marketing pode ser, quando bem aplicado.
    Conheço uma pessoa que diz:
    Você pode ter o pior produto do mundo, se tiver um marketing forte, você consegue vender. Ao contrário, é muito mais difícil.

    Abraço,
    JR

  • Olá João!
    Eu não entendo nada de marketing, e o pouco que estou aprendendo é aqui no seu blog.
    Concordo plenamente com o Claúdio:
    “Todo o projeto do site deve ser planejado com foco no usuário, descobrindo suas necessidades, problemas, medos e oferecendo soluções em forma de produto ou serviço.”
    Se pensarmos sempre nas necessidades do usuário, acho que fica mais fácil conseguir mais leitores, mais visitas, mais vendas, e mais satisfação dos clientes, a pessoa precisa se sentir a vontade em seu site, e ter em ‘mãos’ tudo o que precisa, seja isso o caminho para uma compra, o botão de pesquisa, como assinar os feeds e por aí a fora…
    Um abraço!

  • O marketing, deve ser usado, como em tudo na vida, q.b. (ou seja quanto baste), e deve permitir adequar o que falamos e escrevemos com o que promovemos. De outra forma estamos a deturpar não só a nossa imagem, mas a defraudar os potenciais consumidores que depois virão reclamar junto de nós porque os induzimos em erro.
    E isso é mesmo : a morte do artista!

  • @ Sandra,
    É verdade Sandra, como já tive oportunidade de dizer, temos sempre de considerar o nosso target ou publico-alvo quando tomamos decisões sobre o nosso site ou blog.

    @ Pedro,
    Além de q.b, eu diria bem utilizado, exactamente por esse motivo: Nunca induzir as pessoas em erro. Sem dúvida que essa é a pior prática que se pode dar ao marketing e isso certamente se reflete depois nos resultados.

    Abraço,
    JR

  • Sac

    Tenho muito que aprender

  • Todos nós temos :)
    É por isso é que a evolução da internet e temas anexos gera tanto interesse…