Google Panda Update 2.2 – O Que é, Impactos e Dicas

O Google lançou uma atualização ao seu algoritmo que veio agravar/penalizar as penalizações aplicadas a determinados tipos de sites, conhecida como Google Panda Update 2.2.

Esta atualização foi inciada a meio de Junho e, como vem sendo hábito nestas atualizações, o Google revelou muito pouco ou nada sobre ela. De tal forma, que torna difícil falar um pouco mais sobre o que ela engloba.

O que é o Google Panda Update?

O Google Panda Update é/foi uma atualização que o Google realizou ao seu algoritmo, com o objetivo de penalizar sites que, estando bem posicionados nos rankings, não teriam, a seu ver, valor e qualidade para lá estar.

Houve sites que, na primeira atualização (Panda) do algoritmo, perderam até 80% do seu tráfego orgânico proveniente do Google.

Como em todos os caso verificados até agora, para se penalizar os maus, acabaram por apanhar alguns “bons” também.

Depois em Maio, foi lançada uma nova atualização Panda, chamada de Google Panda Update 2.1 que incidiu essencialmente (ou mesmo apenas) em sites de língua inglesa.

E agora em Junho, nova atualização – Google Panda Update 2.2 – que atinge site de todas as línguas (pelo menos tudo aponta nesse sentido) e que vem mais uma vez penalizar sites que o Google considera que não têm valor.

Em corrente contrária, está o Web Marketing, que todos os meses consecutivamente, bate records de tráfego, tendo cada vez mais visitas.

Para si que foi, ou que pode vir a ser alvo do faminto Panda, aqui ficam algumas dicas para não ser apanhado por ele:

1. Usabilidade

Este é talvez um pouco óbvio, mas a verdade é que um site que tenha a página carregada de banners, não providencia ao utilizador uma experiência positiva.

O mesmo acontece com menus escondidos ou de difícil acesso.

Tentar sempre ter em conta a usabilidade de um site é algo, que independentemente do Panda, para mim é fundamental. Já o disse várias vezes.

2. Conteúdo

Também como já disse, é fundamental publicar conteúdo com qualidade.

Cada vez mais a dificuldade na internet deixa de ser encontrar algo, mas encontrar algo de real valor.

Não interessa publicar todos os dias se os seus conteúdos são ocos e pobres. É preferível publicar menos frequentemente e com melhor qualidade.

Em qualquer situação, o conteúdo quando é bom, é reconhecido pelos utilizadores interessados no tema, seja ele qual for.

Mantém-se (por enquanto) o cliché: “Content is King!”

3. Atualizações

Um site desatualizado é um site que não recolhe pontos positivos para fugir ao Panda.

Obviamente, nem todos os sites têm a mesma natureza, mas é sempre possível fazer atualizações ou no próprio site ou num site ou blog de apoio a esse site.

Não quer dizer que, se não o fizer, será “apanhado”, simplesmente que, se o fizer aumenta a probabilidade de não ser, já que uma das coisas que o Google valoriza é a atualização de conteúdos.

4. Diversificação de Tráfego

Outro tema que já abordei, mas que vale a pena reforçar, é a diversificação das origens de tráfego do seu site.

Embora o Panda esteja dirigido para sites de qualidade inferior (pelo menos aos olhos do Google), foram muitos os sites que não estavam no target, que foram apanhados “nas malhas do Panda” – estava desejoso por dizer isto :).

E como tudo na vida, nenhum site está livre de ser apanhado. No entanto, se o tráfego do seu site se baseia no Google para sobreviver, cuidado que o Panda anda por aí…

Vale muito a pena diversificar e captar tráfego de outras origens, não apenas porque é sempre uma boa aposta, como também porque no caso do Panda voltar, o impacto que pode causar será minimizado.

 

Conclusão

Ninguém está livre de ser apanhado pelo Panda, mas podemos trabalhar no sentido de evitar que isso aconteça, ou que, se acontecer, o impacto não seja tão grande.

De plena consciência, também ninguém (à exceção do próprio Google) lhe pode garantir, que se cumprir estas dicas, nunca na vida será afetado pelo Panda, mas muito dificilmente isso aconteceria.

Até porque estas dicas, têm o resultado prático exatamente oposto, o que se traduz em melhorias para o seu site e uma experiência mais positiva para o utilizador, que é o que o Google tão ativamente defende.

O seu site foi “caçado” pelo Panda?

GOSTOU DESTE CONTEÚDO?
ASSINE GRATUITAMENTE E RECEBA TODOS DICAS NO SEU EMAIL!

A sua privacidade é garantida a 100%!
  • resumindo mas privações para os blogs!

  • @22863ea1b9ebad5fada047ed0a752edf:disqus Sim, penso que poderá passar um pouco por aí.Não é que as recomendações do Google sejam propriamente novas, mas penso que estão a apertar o cerco, sem dúvida.
    Lamentável são aqueles que são apanhados por algum pormenor que não terá sido previsto com 100% de exatidão.
    É que ainda são alguns casos assim…

  • Esta iniciativa evita que existam sites carregados de publicidade e que confundem o visitante, á algum tempo optei por escolher a publicidade que coloco nos meus sites e de preferência coloco no máximo 2 a 3 espaços de publicidade na homepage.

    Assim espero não afastar o visitante…lets hope not!!!

    Cumprimentos

  • @080edf6941bc9984ef986549634c2092:disqus Pois é Soares, era bom que mais pessoas percebessem isso mesmo.Que não é por terem 50 banners num site que ganham mais dinheiro. Até pelo contrário…
    Pode não ser apenas isso que faz diferença, há outros aspetos, mas a meu ver esse é, sem dúvida, um dos mais importantes em termos de usabilidade!

  • Acho que fui atacado pelo Panda, mas me recuperei.
    Visualizações de Página:
    Março – 48.637
    Abril – 40.030
    Maio – 32.254
    Junho – 35.629
    Julho – 36.416
    Agosto (até dia 15) – 18.774

  • Olá Gilson e bem-vindo ao Web Marketing!
    Sinceramente não me parece, já que uma atualização foi feita a meio de Junho (dia 16 creio eu) e agora poderá ter sido feito um ajuste.
    Mas pelos dados que mostra aí, o mês de Junho, está “normal”.

    Se tivesse sido atacado pelo Panda, você ia notar, e de que maneira. Acredite no que lhe digo!

    :) 

  • Olá João.

    Com meu site tive uma baixa em mais de 70% do trafego. A proposta do site é de reunir em um só lugar os melhores videos do youtube. O site era o quinto com a busca “youtube” (atrás apenas do próprio Youtube) e agora está na segunda página.

    Todos os posts internos despencaram. Entendo que trabalho com conteudo “duplicado”, já que filtro tudo do youtube, mas as pessoas que frequentam o site ficam bastante tempo, o que prova que o site tem um conteúdo interessante. 

    Agora é remar tudo de novo para voltar a figurar entre os primeiros. Trabalhar ainda mais SEO.

    Gostei do seu post, bem esclarecedor.

    Grande abraço

  • Boas,

    Obrigado pelo comentário!

    Sites que se alimentam de outros sites é sempre uma área muito delicada.
    Eu acredito que esse tenha sido um dos fatores para a penalização, mas creio que se pode dar a volta com a inclusão de outros conteúdos secundários, de forma a dar ao site mais um argumento de valor.

    Não quer dizer que o site não tenha valor, até pelo contrário, mas será preciso fazer sobresair esse valor com outros argumentos, para que o Google perceba, que afinal não é apenas mais um feed de vídeos (neste caso).

    Abraço,
    JR

  • Andre

    Parabens pelo post bem completo, porém eu tenho um problema com o Google Panda e preciso de uma ajuda de alguém com conhecimento, não sei se pode me ajudar.
    O Google Panda foi lançado dia 12/08/11, Tenho um site http://migre.me/5Ewe4 que perdeu 70% das suas visitas após o Google Panda, eu imaginava que era por causa do número elevado de caixas de Adsense que por página que estava com uma média de 5 (uma das coisas que o Google Panda analisa é a proporção de Anuncios e conteúdo da página). Porém mesmo após eu tirar diversos anúncios do site e ter solicitado a reconsideração do Google o site ainda esta com a mesma perda de 70% dos acessos.
    Então vai minha pergunta!
    Qual mais problema poderia ter o meu site?

  • @743c8385bb6e099bb4d075849d6a0f1b:disqus Olá André.Obrigado pelo comentário.

    Logo de início, ocorrem-me algumas coisas:

    – O limite de caixas de adsense por página é 3, logo você estava muito acima do permitido.
    – A reconsideração do Google pode levar algum tempo e não lhe sei dizer quanto.
    – utilize o Google Webmaster Tools para ver se o site tem mais problemas que possam estar a causar dificuldades de acesso ou navegação.
    – utilize o Google Analytics para verificar onde foi a maior quebra e se pode adotar outra estratégia para captar tráfego, enquanto a situação não volta ao normal, se é que isso irá acontecer.

  • meu tráfico vinha aumentando, até dia 14 de agosto de 2011, perdi muito posicionamento no Google e algumas palavras-chave, e logo muitas visitas… porém meu conteúdo é tudo muito bem trabalhado e muitas coisas originais, não sei oq o Google viu de mal no meu site, se foi minha taxa de rejeição q é alta(mas depois nao mudou nada, e no google analytics está dentro da média do segmento pelo q me parece, média de 68%, mas sei q é alto, me incomoda sim), não sei se é excesso de atributos alt, bold, italic…
    estou tentando descobrir, se alguém souber me fale por favor! rs…meu site: http://dietasehabitos.com.br

  • @facebook-100000324602907:disqus 

    Olá Samuel e bem-vindo ao Web Marketing!
    Da breve análise que fiz, parece-me que o excesso de publicidade é algo que salta à vista como potencial motivo para ter causado esta situação.
    Você tem 4 e 5 blocos de Adsense em cada página, quando o máximo permitido são 3.

    E essa taxa de rejeição é altíssima. Merece certamente uma análise mais profunda. Talvez umas alterações no template para melhorar a usabilidade e navegação?…
    Não há como testar!