Google Lança Google Caffeine – O Novo Motor de Indexação

O Google lançou o Google Caffeine, que para os menos informados, é o novo motor de indexação de conteúdos da Google.

Isto para alguns pode não quere significar muito, mas pode vir a ser determinante no que respeita à forma como o seu site está ou pode vir a estar indexado no Google.

Fala-se que o lançamento neste momento estará relacionado com a crescente presença do Bing como alternativa ao Google. Não sei se será mesmo por isso ou não, mas é um facto que está aí.

Mesmo que não tenha muitos conhecimentos técnicos, é importante ter uma noção do impacto desta mudança.

google-caffeine

Carrie Grimes, Software Engineer da Google, diz que:

Caffeine provides 50 percent fresher results for web searches than our last index, and it’s the largest collection of web content we’ve offered.

Aparentemente, será um motor que indexará os conteúdos com uma velocidade superior em 50x ao motor actual.

Ela diz ainda:

We’ve built Caffeine with the future in mind. Not only is it fresher, it’s a robust foundation that makes it possible for us to build an even faster and comprehensive search engine that scales with the growth of information online, and delivers even more relevant search results to you. So stay tuned, and look for more improvements in the months to come.

Sinceramente, apesar de já ter lido bastante sobre este tema, não sei se isto tudo será bom se será mau, mas estaremos cá para ver. Isto porque, irá ter impacto nos rankings certamente, isto é, na forma como os conteúdos são indexados, logo terá impacto também, no posicionamento dos sites nos resultados das pesquisas.

Agora a questão que coloco é: Qual será o impacto?

Se for ligeiro, e apenas indexar conteúdos mais depressa, poderá apenas dizer que um determinado conteúdo pode estar menos tempo na primeira página do Google.

Mas se mais está para vir, ou se o impacto for maior…

caffeine-designPessoalmente, penso que não passará muito de uma rapidez maior na indexação de conteúdos, e que não terá grande impacto nos rankings. Isto porque, penso que a Google não estará para arriscar muito a sua posição, pelo mesno agora que tanto se fala que o Google começa a ser ultrapassado pelo YouTube e pelo Facebook.

Mas esta é apenas a minha opinião… O que é que você acha? Será mesmo assim?

  • Eu concordo com você, Joao, acho que, nessa altura do campeonato, o Google não iria querer briga com quem está bem rankeado, mudando-os de lugar ou coisas assim, acho sim que deve ajudar apenas para indexar mais rápido, mas temos que esperar para ver o que acontece.
    Um abraço!
    .-= O meu último artigo : Demorou mas o pagamento saiu! =-.

  • É mesmo Sandra.
    A Google ao introduzir esta mudança, não clarificou muito bem quais seriam os impactos, se é que os há, nos rankings… Vamos esperar para ver. Penso que brevemente haverá mais informação sobre este tema.
    Abraço,
    JR

  • Maxin

    O resultado para mim foi catastrófico. Tenho vários sites, que estão á tempo no ar, e em todos eu procuro tomar muito cuidado para não ter nada ilegal, nem incorreto perante as regras do Google.

    Dia 18/09, metade dos meus sites simplesmente sucumbiram na classificação dada pelo Google. Para ter uma idéia, um dos sites, que tinha média de 35.000 visitas por dia, passou á ter média de 4.500 visitas diárias !

    Resultado final: Minha renda com adsense caiu 70%, e só não estou desesperado porque os demais sites que possuo ainda estão normais, não caíram. Meu sonho de comprar um carro decente estão de molho, por enquanto vou continuar com meu Carrinho velho ano 84, é a vida, é o Google… :(

  • Olá Maxin,

    Aconteceu-me algo semelhante há uns meses atrás, mas no meu caso não está relacionado com o Instant, e, sinceramente, pelo que você descreveu, penso que no seu também não.

    Periodicamente o Google, avalia os sites no seu index (PR, rankings, etc), e eu creio que fui deliberadamente punido em alguns dos meus projectos, ficando com alguns sites reduzidos a menos de metade das visitas, sem qualquer razão aparente.
    São sites pequenos, mas que têm valor para quem procuram esses tópicos/serviços.

    Ainda hoje, passados 2 ou 3 meses, não recuperaram as visitas que tinham, mas vão sempre oscilando mais.

    Nenhum deles é o meu site principal, pelo que, a única preocupação foi somente a quebra de rendimentos de publicidade (adsense e publicidade directa) e de serviços em cerca de 20 a 30%.

    O que lhe posso dizer é que, pode sempre compensar promovendo mais activamente esses sites utilizando outros métodos (marketing de artigos, vídeo, redes sociais) até obter um número mais composto de visitas novamente.

    Boa sorte!
    JR

  • Maxin

    Pois é, João,

    Eu vou aguardar mais 1 mês, para ver se eles reconsideram meus sites que foram afetados, e melhorem a valiação deles.

    Se isso não ocorrer, vou pegar estes sites maiores e refazer eles, em plataforma wordpress, colocando todo o conteúdo como novos posts.

    Se o Google ama tanto os blogs e grandes redes sociais, e muitas vezes menospreza outros tipos de sites, esta pode ser uma saída, como última alternativa.

    Eles já foram feitos cuidando para serem sites em estilo SEO simples, totalmente light sem forçar nada, e o que era bom, do nada passou á ser algo inútil, na visão do Google.

    Realmente, depender deles é terrível.

    Enquanto isso refiz outros 3 sites pequenos meus, agora em wordpress bem leve e light, no formato de blogs mesmo, otimizados segundo o próprio Guia do Google sobre SEO: http://static.googleusercontent.com/external_content/untrusted_dlcp/www.google.com/pt-BR//intl/pt-BR/webmasters/docs/guia-otimizacao-para-mecanismos-de-pesquisa-pt-br.pdf

    Espere que, como resultado, ano que vem as coisas sejam diferentes.

  • “Realmente, depender deles é terrível.”

    Eu já disse isso várias vezes… Não vou ser hipócrita e dizer que não são a principal fonte de tráfego deste blog, por exemplo, mas isso porque fiz uma opção de apostar bastante em SEO neste projecto.
    Mesmo assim, já consegui reduzir a minha googledependência para apenas 65% de todo o tráfego.

    Veja também o Mini Curso de SEO que distribuo aqui no blog. Fui eu que o fiz com base em várias fontes de informação, e uma delas o Google.

    Além disso, também é preciso ter paciência e não desistir!

  • Maxin

    Concordo Plenamente, João!