Google Lança Google+ a Sua Nova Rede Social

O Google lançou (finalmente) o Google+, a sua rede social.

O projeto Google+, é algo que, não sendo uma surpresa, confirma a importância que o social media tem para o Google, e que segundo o seu blog oficial, a forma de partilha de conteúdos na internet não corresponde às expetativas das pessoas, e foi esse o desafio que lançaram a si próprios foi resolver este “problema”.

 

Veja aqui os vídeos de apresentação do Google+:

+Circles

Segundo o Google, e talvez com alguma razão, a forma como partilhamos conteúdos numa rede social é sempre feita de forma igual, seja a partilha com família, colegas, amigos, etc, o que na realidade não faz muito sentido, pois não só a natureza dos conteúdos como os conteúdos em si e as formas de partilha devem ser completamente diferentes.

É aqui que entram os Circles. Circles, como o próprio nome diz (círculos), é uma funcionalidade do Google+ que permite ao utilizador criar círculos de pessoas consoante a natureza da sua relação com eles, de forma a que seja possível ao utilizar partilhar conteúdo de forma mais seletiva e direcionada.

 

 

+Sparks

Sparks, são nada mais nada menos que, interesses.

Através desta funcionalidade o Google+ permite a fácil pesquisa e acesso a informação organizada por interesse ou tema.

Nem todos gostamos do mesmo ou estamos interessados na mesma informação. Há quem goste de futebol, há quem goste de marketing, há quem goste de cozinha, etc, logo faz sentido facilitar o acesso a informação, que está dispersa pela internet e organizá-la de forma a que permita um acesso e leitura simples e descomplicado.

 

+Hangouts

Hangouts é uma funcionalidade que também me parece interessante.

Na realidade, o Google está a tentar (vamos ver se resulta) dar um passo à frente, na forma como comunicamos uns com os outros. Na realidade, em vez que disponibilizar uma funcionalidade de Chat, à semelhança de tantas outras que existem, seja integradas em redes sociais como o Facebook, seja em regime autónomo, como é o caso do Skype, o Google está a tentar uma nova abordagem.

Com o Hangouts, o Google pretende tornar a forma de comunicar em tempo real diferente. Isto porque, quando utilizamos uma destas ferramentas, o que acontece é que quando estamos “disponíveis”, estamos disponíveis para todos, o que poderá não corresponder à realidade. Da mesma forma, quando mandamos uma mensagem a alguém e esse alguém não responde, pode ser por não querer, ou por simplesmente não estar em frente do ecrãn.

Segundo o Google, isso não acontecerá com o Hangouts, já que será uma funcionalidade que permitirá que estes encontros aconteçam com vídeo e de forma diferente e em conjunto com os Circles.

 

+Mobile

Como seria de esperar, dada a rápida evolução e crescimento da utilização de dispositivos móveis para aceder e navegar e utilizar a internet, o Google+ tem uma vertente mobile, que se pretende que venha permitir uma utilização fácil e simplificada do Google+ através de dispositivos móveis.

+Localização

No Google+ será possível adicionar a nossa localização a cada post. Esta funcionalidade não é obrigatória. Ser sempre o utilizador a definir se quer partilhar a sua localização ou não em cada post.

+Instant Upload

Todos nós tiramos fotos com os nossos telemóveis. E para que servem as fotos que tiramos, se não as pudermos partilhar com outras pessoas?

Logo, faz sentido que a partilha seja feita de forma facilitada, sem ter de recorrer a bluetooth, ligações wireless ou outras aplicações que sirvam para o efeito.

Desta forma, o Google+ criou o Instant Upload, que é uma funcionalidade que faz com que as fotos que você tira com o seu telemóvel sejam automaticamente adicionadas a um album privado na cloud, com a autorização do utilizador (claro), e desta forma ficam facilmente acessíveis a partir de qualquer dispositivo para serem partilhadas com outras pessoas.

 

+Huddle

Huddle é uma funcionalidade que permite a um utilizador, mandar uma mensagem em tempo real e a partir de um dispositivo móvel, para um determinado Circle (grupo de pessoas).

Para já, o Google+ já se encontra disponível para o Android (como já seria de esperar), e estará disponível para outras plataformas muito brevemente.

 

Conclusão

Nesta fase o Google+ ainda está em fase de Trial, pelo que ainda só se pode aderir através de convite. Esta fase será naturalmente aproveitada para limar algumas arestas, antes de tornar a rede aberta a todos.

Na minha opinião (ainda muito prematura), parece-me que existem aqui inovações que podem realmente potenciar uma adesão em massa, e com isso, criar uma base de utilizadores de volume considerável.

Fará frente ao Facebook?

Sem dúvida que sim. Pelo menos tem argumentos para isso, já que não me parece apenas “mais uma rede social”, mas sim algo que foi pensado e implementado com vista a fazer algo realmente diferente do que já existe, o que, para mim, é algo fundamental quando se entre num mercado, como já tive oportunidade de dizer várias vezes aqui no Web Marketing.

Em que é que isto nos beneficia?

Em tudo o que tenha a haver com redes sociais. Isto porque, como já disse várias vezes, bem como outros leitores, quem ganha com a concorrência é sempre o utilizador, SEMPRE!

Agora, o que eu realmente gostaria de ver, era o Facebook criar um motor de busca. Isso sim, acho que seria uma verdadeira inovação que certamente traria uma mudança de hábitos na utilização da internet, já que o Facebook atinge hoje uma expressão verdadeiramente notável com cerca de 750 Milhões de utilizadores.

Por esse motivo o Facebook seria a opção lógica para avançar para este mercado, já que o monopólio do Google no mercado dos motores de busca, dificilmente tem outro concorrente que lhe consiga fazer frente.

E quem é que ficaria a ganhar se isso acontecesse?

Pois é: Todos NÓS!

Vamos ver…

URL do Google+ : https://plus.google.com/

GOSTOU DESTE CONTEÚDO?
ASSINE GRATUITAMENTE E RECEBA TODOS DICAS NO SEU EMAIL!

A sua privacidade é garantida a 100%!